WhatsApp Twuitter

Segunda, 19 de junho de 2017, 11h39

Deputados escondem votos sobre denúncia


Na iminência de receber uma denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer, a maioria dos membros da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara omite posicionamento diante de um pedido de abertura de uma ação penal no Supremo Tribunal Federal (STF).

Dos 67 integrantes, 30 não declararam voto. Entre os oposicionistas, 16 disseram que votarão a favor da denúncia da PGR. Apenas três governistas informaram antecipadamente que votarão contra. Dezoito não foram localizados.

Em enquete feita pelo jornal O Estado de S. Paulo, o discurso oficial dos governistas foi de que é preciso aguardar a denúncia ser confirmada. ‘Não vou me manifestar agora, não conheço o teor da denúncia‘, disse Carlos Bezerra (PMDB-MT). ‘Sem saber como vem, é difícil saber‘, afirmou o líder da bancada do PP, Arthur Lira (AL).

Em meio ao cerco do governo para monitorar o comportamento da base governista na CCJ, os titulares sabem que, ao expor os votos com antecedência, podem ser substituídos na comissão. Sob reserva, alguns parlamentares admitem que querem evitar a pressão do governo e da sociedade. Outros alegam que a omissão do voto pode abrir uma frente de negociações com o governo por cargos na administração federal.

A maioria dos que evitaram responder à enquete integra partidos da base, como PP, PR, PTB, DEM, PRB e até mesmo o PMDB de Temer.
Dos favoráveis à denúncia, alguns integram a base aliada, como os tucanos Rocha (AC) e Fábio Souza (GO), e o deputado Major Olímpio (SD-SP). ‘Bandido não tem partido, não tem ideologia. Bandido é bandido‘, disse Olímpio.

Condenado pela Primeira Turma do Supremo por lavagem de dinheiro, o deputado Paulo Maluf (PP-SP) anunciou que votará contra. ‘Eu voto contra qualquer medida que impeça o governo Temer de trabalhar‘, disse. 



// matérias relacionadas

Quarta, 28 de junho de 2017

08:14 - Denúncia contra Temer reforça onda de pressão no PSDB pelo desembarque

Terça, 27 de junho de 2017

12:41 - Lula pede renúncia de Temer e antecipação de eleições presidenciais

11:20 - Pacote de R$ 55 bi influi apoio de prefeito e Alckmin a Temer

10:00 - 'Corrupção é violação de direitos humanos', diz secretária de Temer

08:30 - Base aliada pressiona por escolha de relator alinhado com o Planalto

Segunda, 26 de junho de 2017

15:01 - Temer defende reformas e diz que 'não há plano B'

11:39 - Barroso rebate Gilmar e defende investigações que atingem Temer

11:36 - Líderes veem risco para Temer em denúncia

Domingo, 25 de junho de 2017

12:13 - Base aliada de Michel Temer teria 60% de fundo eleitoral

Sexta, 23 de junho de 2017

12:06 - Gravíssimo, diz FHC sobre denúncia de Temer


// leia também

Quarta, 28 de junho de 2017

15:11 - Renan vai deixar liderança do PMDB no Senado com discurso crítico a Temer

14:39 - STF retoma julgamento sobre validade de delações da JBS

10:36 - MPF abriu procedimento para investigar Miller a respeito da JBS

10:35 - Pena de Duque mais que dobra e chega a 43 anos na Lava Jato

10:33 - Renan e Jucá divergem sobre reforma trabalhista

10:33 - Deputados aprovam oito emendas da MP da regularização fundiária

10:32 - Temer sufoca a PF, afirma procurador após suspensão de passaportes

10:31 - Começa sessão da CCJ do Senado para votar parecer da reforma trabalhista

10:29 - Senadores discutem restrições de entrada em sessão para votar parecer de reforma

08:21 - Supremo retoma caso JBS e discute revisão de acordos de delação premiada