WhatsApp Twuitter

Segunda, 19 de junho de 2017, 15h30

Lava Jato

Defesa de Andrea Neves pede que acusações não sejam julgadas pelo STF


BBC Brasil

Andrea Neves é acusada de intermediar pagamento de R$ 2 milhões feito por Joesley Batista

A defesa de Andrea Neves, irmã do senador Aécio Neves (PSDB-MG), recorreu nesta segunda-feira (19) ao STF (Supremo Tribunal Federal) para que as acusações não sejam julgadas pela Corte. Em petição enviada no início da tarde ao ministro Marco Aurélio, relator do caso, os advogados de Andrea pedem o desmembramento do processo e o envio da investigação para a primeira instância da Justiça.

Na investigação aberta no STF, a irmã do senador é acusada de intermediar o pagamento de R$ 2 milhões feito pelo empresário Joesley Batista, dono da empresa JBS. Em depoimento de delação, o empresário também afirmou que Andrea teria solicitado R$ 40 milhões para a compra de um apartamento.

A defesa argumenta que Andrea Neves não tem foro privilegiado, e, por isso, não pode ser julgada pelo Supremo. Os advogados ainda reiteraram novo pedido para que a irmã de Aécio, que está presa há um mês, em Belo Horizonte (MG), seja libertada.

Na semana passada, por 3 votos a 2, a Primeira Turma da Corte decidiu manter a prisão da irmã de Aécio. Durante o julgamento, sem contestar o mérito das acusações, a defesa de Andrea pediu a substituição da prisão por medidas cautelares. Segundo os advogados, Andrea já foi denunciada pela PGR e, por isso, não há necessidade da manutenção da prisão para garantir o andamento das investigações, conforme sustenta a procuradoria. 



// matérias relacionadas

Sexta, 18 de agosto de 2017

18:10 - Lava Jato investiga empresas estrangeiras envolvidas em fraudes

15:48 - Moro manda bloquear R$ 6 milhões das contas de Vaccarezza

14:34 - Prisão tem base em delações contraditórias, diz defesa de Vaccarezza

14:03 - PF acha R$ 122 mil em dinheiro na casa de Vaccarezza

08:46 - Ex-gerente da Petrobrás acusado de propinas chora a Moro por liberdade

08:18 - Ex-deputado Cândido Vaccarezza é preso em nova fase Lava Jato

Quinta, 17 de agosto de 2017

19:48 - Decisão do STF sobre impeachment de Temer sai até próxima semana

15:16 - Lula pede a Moro que suspenda interrogatório de setembro

13:55 - OAB pede ao STF que obrigue Maia analisar impeachment de Temer

08:33 - PF não vê corrupção por Valdir Raupp em um inquérito da Lava Jato


// leia também

Domingo, 20 de agosto de 2017

18:30 - Temer diz que reunião com Aécio foi para tratar da Cemig

15:30 - Temer e presidente do Paraguai discutem segurança na fronteira e Mercosul

14:20 - Partido Novo sofre para atrair 'medalhões'

14:05 - Aliados de Temer minam pretensão de Meirelles por 2018

08:36 - Ministros do PSDB minimizam mal-estar com Temer

Sábado, 19 de agosto de 2017

15:39 - Doria defende que ministros do PSDB continuem no governo

12:23 - 'Crítico de ladrão deve entrar na política', diz Lula

12:06 - Após decisão de Gilmar Mendes, Barata Filho e Lélis Teixeira deixam presídio

Sexta, 18 de agosto de 2017

21:44 - PF indicia ex-governadores do DF por superfaturamento de Estádio

21:15 - Gilmar Mendes derruba decisão de juiz e manda soltar Jacob Barata