WhatsApp Twuitter

Segunda, 19 de junho de 2017, 16h21

Ministério Público apresenta nova denúncia contra Sergio Cabral e Adriana Ancelmo


O MPF-RJ (Ministério Público Federal do Rio de Janeiro) apresentou nova denúncia contra o ex-governador do Rio Sergio Cabral (PMDB), a ex-primeira-dama Adriana Ancelmo e mais dois assessores. A acusação é de crime de lavagem de dinheiro. Cabral já é réu em 9 processos, e na semana passada foi condenado a 14 anos e 2 meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro em um deles.

A nova acusação, de lavagem de dinheiro, foi apresentada pelos procuradores na sexta-feira (16). Os procuradores se basearam em documentos apresentados pela joalheria H.Stern, que firmou acordo de leniência.

O MPF-RJ sustenta que o casal adquiriu 189 joias e pedras preciosas em joalherias, ao custo de R$ 11 milhões. Segundo o MPF-RJ, as peças seriam prova de crime. Uma delas chegou a custar R$ 1,8 milhão. Do total de joias, contudo, apenas 40 foram encontradas. A procuradoria agora quer saber onde foram parar as outras 149.

 

No mesmo processo em que condenou Cabral, o juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, absolveu a ex-primeira-dama dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro sob a alegação de não haver "prova suficiente de autoria ou participação" da mulher do ex-governador do Rio de Janeiro em desvios do Comperj (Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro),da Petrobras. 



// matérias relacionadas

Quarta, 28 de junho de 2017

20:20 - Senador atesta que atuou de forma republicana

14:39 - STF retoma julgamento sobre validade de delações da JBS

10:37 - Fagundes combina reunião com 'homem da mala'

10:35 - Pena de Duque mais que dobra e chega a 43 anos na Lava Jato

10:32 - Temer sufoca a PF, afirma procurador após suspensão de passaportes

Terça, 27 de junho de 2017

18:35 - Janot defende denúncia e diz que ninguém está acima da lei

17:46 - Temer classifica denúncia de 'ficção', critica Janot e cobra provas concretas

15:51 - 'Denúncia é grave, mas não é condenação', ameniza Alckmin

14:50 - Eunício diz que denúncia contra Temer cabe ao STF e à Câmara

13:20 - Reunidas as assinaturas para recurso contra arquivamento


// leia também

Quarta, 28 de junho de 2017

15:11 - Renan vai deixar liderança do PMDB no Senado com discurso crítico a Temer

10:36 - MPF abriu procedimento para investigar Miller a respeito da JBS

10:33 - Renan e Jucá divergem sobre reforma trabalhista

10:33 - Deputados aprovam oito emendas da MP da regularização fundiária

10:31 - Começa sessão da CCJ do Senado para votar parecer da reforma trabalhista

10:29 - Senadores discutem restrições de entrada em sessão para votar parecer de reforma

08:21 - Supremo retoma caso JBS e discute revisão de acordos de delação premiada

08:14 - Denúncia contra Temer reforça onda de pressão no PSDB pelo desembarque

Terça, 27 de junho de 2017

18:06 - Nicolao Dino é o mais votado por procuradores para suceder Janot na PGR

12:49 - No dia seguinte da denúncia, Temer passa a manhã no Jaburu