WhatsApp Twuitter

Quinta, 12 de outubro de 2017, 17h40

decisão do STF

Parlamentares estão sob suprema proteção, diz procurador da Lava Jato


 O procurador da República Deltan Dallagnol, da Operação Lava Jato, declarou em sua página no Facebook que os políticos, agora, têm uma ‘nova proteção‘. Ele comentou o julgamento do Supremo Tribunal Federal nesta quarta-feira, 11, que decidiu, por seis votos a cinco, que medidas cautelares impostas aos deputados e senadores terão de passar pelo crivo do Legislativo.

‘Não surpreende que anos depois da Lava Jato os parlamentares continuem praticando crimes: estão sob suprema proteção‘, ironizou o procurador.

‘Parlamentares têm foro privilegiado, imunidades contra prisão e agora uma nova proteção: um escudo contra decisões do STF, dado pelo próprio STF‘, postou Deltan.

O julgamento, que se arrastou por quase 12 horas, vale também em relação a medidas determinadas contra vereadores e deputados estaduais.

O procurador ressalvou a atuação de alguns ministros, como Edson Fachin e Luís Roberto Barroso, vencidos na votação. ‘Fica o reconhecimento à minoria (no Supremo) que vem adotando posturas consistentes e coerentes contra a corrupção, especialmente M. Fachin e Barroso.‘



// matérias relacionadas

Quarta, 20 de junho de 2018

08:32 - STF absolve Gleisi por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro

Terça, 19 de junho de 2018

11:59 - Após reação negativa, deputados retiram apoio à criação de CPI contra Lava Jato

08:49 - PF indicia Marcelo Miller, Joesley Batista e mais três por corrupção

08:45 - Senadora Gleisi Hoffman será julgada hoje no STF por corrupção

Segunda, 18 de junho de 2018

16:18 - Conselho de Ética da Câmara deve instaurar processo contra Nelson Meurer

09:11 - Ministro do TCU vê 'carteirada' de Moro ao limitar provas da Lava Jato

Sábado, 16 de junho de 2018

11:34 - Justiça Federal aceita 24ª denúncia contra ex-governador Sérgio Cabral

Quarta, 13 de junho de 2018

13:18 - Em carta a prefeitos, Lula diz que PEC do teto inviabilizará gestão das cidades

12:40 - Ações cíveis da Lava Jato tramitam em ritmo lento

10:41 - PT e MDB também vão responder por improbidade


// leia também

Quarta, 20 de junho de 2018

08:47 - Supremo retoma julgamento sobre poder de delegados para negociar delações

Terça, 19 de junho de 2018

19:00 - Rosa Weber arquiva inquérito contra deputado federal Paes Landim

18:30 - Governador da Bahia adia anúncio de chapa majoritária

18:00 - Advogado de Gleisi diz que acusações são 'frágeis' e 'contraditórias'

17:03 - Sem citar Temer, Kassab defende legado do governo

17:02 - Ciro Gomes é vaiado e deixa evento para prefeitos de Minas Gerais

15:47 - Garotinho é condenado a prestar serviços à comunidade

13:46 - Em vídeo, Gleisi afirma que denúncia no STF é perseguição contra PT

13:36 - Em nova campanha, Temer vincula impopularidade à crise de governos passados

12:00 - Procurador aponta 9 itens que incriminariam Capez na Máfia da Merenda