WhatsApp Twuitter

Sexta, 09 de fevereiro de 2018, 14h23

eleições 2018

FHC confirma proximidade com Huck, mas reafirma apoio a Alckmin


O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso comentou nesta sexta-feira, 9, a proximidade dele com apresentador de TV Luciano Huck, cogitado como pré-candidato à Presidência da República. Em entrevista à Rádio Guaíba, FHC confirmou que jantou com Huck, na noite da quinta-feira, 8, mas reafirmou que vai apoiar o governador Geraldo Alckmin (PSDB), mesmo que o comunicador tenha boas ideias e empatia da população.

Divulgação

‘Eu vi nos jornais que ele esteve comigo, ontem, e de fato ele esteve e jantou comigo. Ele de vez em quando janta comigo, eu vou na casa dele, o padrasto dele é meu amigo, a mãe dele é minha amiga, nós somos amigos de família e eu converso com Luciano. Eu não sei que decisão ele vai tomar. Agora, eu tenho partido, eu sou do PSDB, que terá o seu candidato. Então, uma coisa não implica na outra. Eu acho que ele é uma pessoa bem intencionada que tem contato com o povo e pode trazer algumas ideias para o País. Mas, eu vou seguir a linha do meu partido‘, afirmou.

Segundo FHC, o comunicador ainda não bateu o martelo em torno de uma possível candidatura. ‘Ele está considerando a possibilidade, mas ele trabalha na Globo, tem um contrato e tem que pesar essas coisas todas. Ele tem que ver por qual seria o partido e como vai ser. Que eu saiba, não há uma decisão por parte dele e não é uma decisão fácil. É uma decisão que tem que ser dele. Eu não vou imaginar que eu possa influir, pois ele sabe a minha posição‘, disse.

No rastro dos elogios do ex-presidente ao empresário, alas do PSDB têm externado desgosto com atual situação. ‘Não é só com o Luciano Huck, eu falo com muita gente. Por exemplo, eu recebi recentemente o governador do Espírito Santo, que é meu amigo e é do PMDB. Estive com Rodrigo Maia e por aí vai. Eu acho que a democracia exige que você tenha uma relação aberta com os outros. Jantei com Fernando Haddad, que foi prefeito de São Paulo e é do PT, então quer dizer que estou apoiando Haddad? Não, quer dizer que somos civilizados e trocamos ideias a respeito do País‘, afirmou.

FHC reforçou que o governador de São Paulo será o nome defendido durante a corrida eleitoral. ‘Quando Geraldo Alckmin foi designado para ser presidente do PSDB, eu apoiei. Eu sabia e não sou uma pessoa ingênua, que isso seria uma pré-condição para ele ser candidato. Então, eu apoiei com consciência isso. Claro que eu apoio Geraldo‘, afirmou. 



// matérias relacionadas

Quinta, 22 de fevereiro de 2018

15:00 - Meirelles admite 'contemplar' candidatura à Presidência

11:25 - Saída de Blairo da eleição não interfere em candidatura de Taques, avalia Mendes

10:31 - Com saída de Blairo, Mendes avalia disputar Senado

Quarta, 21 de fevereiro de 2018

18:34 - Temer é 'elegível' e tem todas as condições de disputar reeleição, diz Marun

14:23 - Antônio Joaquim prorroga decisão sobre candidatura

Terça, 20 de fevereiro de 2018

09:46 - Blairo Maggi deve recuar de disputa no Senado e deixar a política

Sábado, 17 de fevereiro de 2018

08:22 - Segurança vai para o centro do debate eleitoral

Sexta, 16 de fevereiro de 2018

15:46 - PTB faz apelo para Antonio Joaquim manter filiação e candidatura em MT

Quarta, 14 de fevereiro de 2018

18:58 - PSL quer Rossato candidato e visita de Bolsonaro a MT

13:49 - CNBB diz que não irá apoiar candidatos que 'promovam ainda mais a violência'


// leia também

Quinta, 22 de fevereiro de 2018

19:40 - MP acusa Picciani de lavar dinheiro com venda subfaturada de gado

19:00 - Câmara cria Observatório para fiscalizar intervenção federal no Rio de Janeiro

17:07 - Temer 'prova' que está vivo e volta a receber aposentadoria

17:06 - Assessor da Casa Civil de Richa que recebeu R$ 2 mi diz que empresa não foi ativa

13:50 - Câmara vai trabalhar em projeto de lei para discutir despesas obrigatórias

13:22 - Maia volta defender redução de ministérios em lugar de criação de impostos

11:34 - Candidatura Temer enfrenta resistência no próprio MDB

11:32 - Eleições motivam críticas de Maia e Eunício ao Planalto

11:31 - Ciro e Haddad avaliam união da esquerda

11:25 - Plenário do STF julga no dia 22 de março auxílio-moradia a juízes