WhatsApp Twuitter

Domingo, 11 de março de 2018, 08h46

política nacional

Temer se reúne com Cármen Lúcia para discutir Segurança no Rio


A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, recebeu o presidente Michel Temer em sua casa neste sábado (10) para discutir segurança pública, especificamente a intervenção federal no Rio de Janeiro, e a situação dos presídios brasileiros.

A reunião foi marcada por Temer na quinta-feira (8), durante seminário de 25 anos da Advocacia-Geral da União (AGU). Em sua fala no evento, o presidente defendeu a necessidade de respeito às liberdades individuais, previsto na Constituição.

Temer, que tem se queixado de que o texto constitucional foi desrespeitado ao ter seu sigilo bancário quebrado pelo ministro do Supremo Luís Roberto Barroso, disse no evento da AGU que "a Constituição revela, em seu texto, as regras basilares do Estado de Direito".

O encontro deste sábado com Cármen foi mais uma oportunidade para Temer apresentar uma defesa contra a inclusão de seu nome nesse inquérito, que apura suspeitas de repasses de propinas da Odebrecht para campanhas eleitorais do MDB em troca de favorecimento à empresa.

Marcos Correa/PR

Na semana passada, Temer enviou uma carta à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, com artigos contrários à investigação de presidentes por fato estranho ao mandato. Entre eles, um parecer do professor Ives Gandra da Silva Martins, em que o jurista argumenta, interpretando o artigo 86 da Constituição, que "o Presidente da República, na vigência de seu mandato, não pode ser responsabilizado por atos estranhos ao exercício de suas funções".

Meirelles. Neste sábado (10), o presidente também está reunido com os ministros Henrique Meirelles (Fazenda) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) no Palácio do Jaburu. O chefe da Fazenda chegou hoje de Nova York, onde reuniu-se com investidores para falar sobre programa de concessões do Brasil. Temer viaja amanhã (11) ao Chile para acompanhar a posse do presidente eleito do país, Sebastián Piñera. 



// matérias relacionadas

Terça, 19 de junho de 2018

13:36 - Em nova campanha, Temer vincula impopularidade à crise de governos passados

12:00 - Temer vincula impopularidade à crise de governos passados

Segunda, 18 de junho de 2018

13:30 - Cármem Lúcia assume a Presidência da República

11:04 - Temer está no Paraguai para participar de reunião de cúpula do Mercosul

Sexta, 15 de junho de 2018

11:54 - Temer vai ao Paraguai e Cármen Lúcia deve assumir Presidência na segunda

Quarta, 13 de junho de 2018

17:31 - Meirelles diz que não é necessário descolar sua imagem do governo Temer

13:58 - Tribunal aprova com ressalvas contas do governo Temer

Segunda, 11 de junho de 2018

17:00 - Solucionamos e estamos voltando à normalidade, diz Temer, sobre greve

16:47 - Temer sanciona lei que cria Sistema Único de Segurança Pública

Domingo, 10 de junho de 2018

18:00 - Reprovação de Temer bate recorde e chega a 82%, diz Datafolha


// leia também

Quinta, 21 de junho de 2018

13:30 - Decisão do Supremo vai destravar delações fechadas com a polícia

13:00 - Alvo de ação da PF em SP, foi diretor da Kroll e presidente da Dersa

12:30 - PF pega R$ 100 mil em dinheiro vivo com alvo de fraudes no Rodoanel de SP

12:09 - Cautelar pedida por Lula pode suspender efeito da Ficha Limpa, afirma advogado

12:08 - PT de Minas cogita Dilma como plano B a Pimentel

11:59 - Eleição pode ser anulada caso resultado seja influenciado por fake news, diz Fux

11:27 - Polícia deflagra Operação Greenwich, 52ª fase da Operação Lava Jato

11:19 - Cármen Lúcia critica demonização da política e excesso de siglas partidárias

10:02 - Procurador diz que autorizar PF a firmar colaboração ajuda criminosos

09:59 - PF inicia operação que investiga desvio de recursos no Rodoanel