WhatsApp Twuitter

Segunda, 16 de abril de 2018, 13h43

Política Nacional

Segunda Turma do STF julga nesta terça-feira o caso de Demóstenes Torres


A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) analisa nesta terça-feira, 17, a liminar do ministro Dias Toffoli que afastou a inelegibilidade de Demóstenes Torres (PTB) e abriu caminho para que ele concorra nas próximas eleições. A decisão, de 27 de março, foi dada em uma reclamação ajuizada pelo ex-senador contra o presidente do senado, Eunício Oliveira (MDB-CE). Também está pautado para amanhã o recurso da Procuradoria-Geral da República (PGR) que pede a anulação da liminar de Toffoli.

Reprodução

Demóstenes foi afastado do cargo cautelarmente pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) em outubro de 2012, após a abertura de processo administrativo. Ele foi cassado pelo Senado em julho daquele ano por quebra de decoro parlamentar, sob acusação de envolvimento com o empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, que foi denunciado por exploração de jogos ilegais e corrupção.

Em dezembro do ano passado, a Segunda Turma do STF anulou a decisão do CNMP, que determinou a abertura de processo administrativo disciplinar contra Demóstenes e o afastou do cargo de procurador.

Naquele julgamento, os ministros entenderam que o processo administrativo disciplinar contra Demóstenes foi baseado em interceptações telefônicas no âmbito das operações Vegas e Montecarlo, que haviam sido declaradas nulas pelo mesmo colegiado em 2016. Dessa forma, o processo administrativo também deveria ser anulado.

Demóstenes alegou ao STF que, mesmo com o procedimento administrativo do CNMP e as provas das operações declaradas nulas, ainda persistiram os efeitos da decisão do Senado Federal que decretou a perda de seu mandato e, consequentemente, a sua inelegibilidade.

Quanto ao retorno ao cargo de senador, Toffoli destacou não haver ‘plausibilidade jurídica‘ para que Demóstenes reassuma o mandato e ressaltou existir jurisprudência reiterada no STF sobre a ‘independência entre as instâncias para afirmar a legitimidade da instauração do processo pelo Senado Federal‘. Portanto, o pedido de Demóstenes foi parcialmente atendido.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, enviou na última quinta-feira, 12, uma manifestação ao Supremo em que pediu prioridade pela Segunda Turma da Corte no julgamento do caso. Além de Toffoli, compõem o colegiado os ministros Edson Fachin, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Celso de Mello. 



// matérias relacionadas

Quinta, 19 de julho de 2018

18:30 - STJ concede prisão domiciliar para grávida condenada por tráfico

08:43 - Análise de prisão após 2ª instância deve ficar para 2019

Quarta, 18 de julho de 2018

09:00 - Mesa Diretora da Câmara decide em agosto se Maluf deve perder mandato

Segunda, 16 de julho de 2018

20:30 - Cármen Lúcia assume Presidência da República nesta terça e quarta-feira

11:26 - Supremo Tribunal Federal suspende cobrança extra em planos de saúde

Sábado, 14 de julho de 2018

11:24 - Alvos da Odebrecht pedem fim de inquéritos ao Supremo Tribunal Federal

Sexta, 13 de julho de 2018

20:00 - Condenações por importação ilegal de anabolizantes somam 553 anos de prisão

13:22 - Em ofício, STF pediu que proibição ao reajuste saísse da LDO

Quinta, 12 de julho de 2018

16:30 - Habeas corpus no plantão foi 'chicana canhestra e acintosa', diz procurador

09:40 - Dodge afirma que Rogério Favreto pressionou PF para soltar Lula


// leia também

Sexta, 20 de julho de 2018

19:04 - DEM da Bahia pede ajuda a Alckmin para resolver impasse com PSDB

18:37 - Lula pede tempo para Sepúlveda decidir sobre saída da defesa

15:32 - Programa do PT propõe implantação de renda básica e reforma do Judiciário

14:33 - PDT lança candidatura de Ciro Gomes a presidente

13:43 - Josué Gomes diz que candidatura deve ser programática

13:15 - Paulo Rabello de Castro oficializa candidatura à Presidência pelo PSC

12:47 - Kassab diz que Josué Alencar é um 'excelente nome' para ser vice de Alckmin

11:51 - PDT deve oferecer ao PSB vaga de vice de Ciro Gomes

11:17 - PF prende ex-governador de Mato Grosso do Sul André Puccinelli

Quinta, 19 de julho de 2018

14:50 - Favreto, Gebran e Moro são intimados pelo CNJ após decisões sobre soltura de Lula