WhatsApp Twuitter

Quarta, 30 de maio de 2018, 08h22

Política Nacional

PF desarticula organização que frauda registros sindicais


A PF (Polícia Federal) iniciou nesta quarta-feira (30) ação com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que concede registros sindicais fraudulentos junto ao Ministério do Trabalho.

João Vieira

As investigações apontam o envolvimento de servidores públicos, lobistas, advogados, dirigentes de centrais sindicais e parlamentares. O esquema acontecia dentro da Secretaria de Relações de Trabalho do Ministério do Trabalho.

Batizada de operação Registro Espúrio, a ação envolve 320 policiais federais. Estão sendo cumpridos 64 mandados de busca e apreensão, oito de prisão preventiva e 15 de prisão temporária nos Estados de São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina, Minas Gerais e Distrito Federal.

Os mandados foram expedidos pelo STF (Supremo Tribunal Federal) e investigados podem responder pelos crimes de organização criminosa, corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro.

 



// matérias relacionadas

Sábado, 30 de junho de 2018

08:50 - Relatório da PF empresa de coronel Lima atendeu a demandas de Temer

Segunda, 18 de junho de 2018

10:37 - PF faz diligências em factoring de delator

Quinta, 14 de junho de 2018

09:38 - Polícia Federal cumpre 24 mandados em três Estados brasileiros

Quarta, 13 de junho de 2018

10:02 - PF desarticula rede de contrabando de cigarros com atuação no Sul e Uruguai

Terça, 12 de junho de 2018

09:59 - Depois de mais de três horas, PF deixa gabinete de deputada estadual investigada

09:01 - Polícia Federal faz operação contra deputada Cristiane Brasil

Quarta, 06 de junho de 2018

11:34 - Operação Dominus, da PF, investiga crime eleitoral no RS

Terça, 05 de junho de 2018

10:10 - Polícia investiga origem de repasses no Ministério do Trabalho

Sexta, 01 de junho de 2018

17:57 - PF deve agitar Cuiabá com duas novas operações

Quinta, 24 de maio de 2018

09:23 - Operação da Polícia Federal e do Ibama ataca fraudes em madeireiras


// leia também

Quarta, 15 de agosto de 2018

13:30 - Temer exonera superintendente da Sudene

13:20 - Meirelles declara patrimônio de R$ 377 milhões ao TSE

13:00 - Bolsonaro defende superministério, sob alegação de que criação evitará conflitos

12:40 - Senado recorre contra aplicação de medida cautelar a parlamentares

10:51 - Supremo rejeita denúncia contra senador Ciro Nogueira na Lava Jato

10:29 - PT registra Lula, mas já planeja sua substituição nas eleições de 2018

08:57 - Termina hoje às 19h prazo para registro de candidaturas à Presidência

Terça, 14 de agosto de 2018

19:00 - Vamos isentar de IR quem ganha até cinco salários mínimos, diz Haddad

17:21 - Em programa de governo, Bolsonaro propõe ministério único na economia

16:30 - Presidente Michel Temer sanciona lei geral de proteção de dados