WhatsApp Twuitter

Segunda, 11 de junho de 2018, 17h00

Solucionamos e estamos voltando à normalidade, diz Temer, sobre greve


O presidente Michel Temer voltou a defender a atuação do governo durante a greve dos caminhoneiros, avaliando que a paralisação, que durou dez dias, foi solucionada ‘em breve tempo‘. Ele usou a greve como exemplo para justificar que o governo atua com ‘autoridade aliada ao diálogo‘. ‘Solucionamos e estamos voltando à normalidade‘, declarou durante cerimônia de sanção da lei que cria o Sistema ·nico de Segurança Pública (Susp).

‘Combatemos e superamos esta questão momentosa de duas semanas atrás, de um acontecimento, de uma greve - se pudermos chamar assim - dos caminhoneiros que, na verdade, quase paralisou e paralisou o País por um período. E vozes disseram que o governo tinha que sair espancando as pessoas, mas utilizamos precisamente o diálogo num primeiro momento. Logo depois, a autoridade conectada ao diálogo e chamamos as forças federais. Utilizamos instrumentos jurídicos. Nós cuidamos de aplicar o direito‘, disse Temer.

Durante sua fala, o presidente também defendeu uma atuação mais dura do governo contra o crime organizado, mas ponderou que tudo deve ocorrer dentro da legalidade. ‘A tortura é inadmissível, mas não se pode tratar a criminalidade com rosas na mão‘, afirmou. 



// matérias relacionadas

Terça, 19 de junho de 2018

13:36 - Em nova campanha, Temer vincula impopularidade à crise de governos passados

12:00 - Temer vincula impopularidade à crise de governos passados

Segunda, 18 de junho de 2018

13:30 - Cármem Lúcia assume a Presidência da República

11:04 - Temer está no Paraguai para participar de reunião de cúpula do Mercosul

Sexta, 15 de junho de 2018

11:54 - Temer vai ao Paraguai e Cármen Lúcia deve assumir Presidência na segunda

Quarta, 13 de junho de 2018

17:31 - Meirelles diz que não é necessário descolar sua imagem do governo Temer

13:58 - Tribunal aprova com ressalvas contas do governo Temer

Segunda, 11 de junho de 2018

16:47 - Temer sanciona lei que cria Sistema Único de Segurança Pública

Domingo, 10 de junho de 2018

18:00 - Reprovação de Temer bate recorde e chega a 82%, diz Datafolha

Quinta, 07 de junho de 2018

17:21 - Fachin nega pedido de quebra de sigilo telefônico de Temer


// leia também

Quinta, 21 de junho de 2018

13:30 - Decisão do Supremo vai destravar delações fechadas com a polícia

13:00 - Alvo de ação da PF em SP, foi diretor da Kroll e presidente da Dersa

12:30 - PF pega R$ 100 mil em dinheiro vivo com alvo de fraudes no Rodoanel de SP

12:09 - Cautelar pedida por Lula pode suspender efeito da Ficha Limpa, afirma advogado

12:08 - PT de Minas cogita Dilma como plano B a Pimentel

11:59 - Eleição pode ser anulada caso resultado seja influenciado por fake news, diz Fux

11:27 - Polícia deflagra Operação Greenwich, 52ª fase da Operação Lava Jato

11:19 - Cármen Lúcia critica demonização da política e excesso de siglas partidárias

10:02 - Procurador diz que autorizar PF a firmar colaboração ajuda criminosos

09:59 - PF inicia operação que investiga desvio de recursos no Rodoanel