WhatsApp Twuitter

Quinta, 14 de junho de 2018, 08h55

liderando todas pesquisas

Líderes do PT defendem sondagens de cenários sem Lula


Setores influentes do PT têm defendido em conversas internas que o partido aproveite o período de relativa tranquilidade política durante a Copa do Mundo para fazer pesquisas e sondar cenários para o caso de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ser impedido de disputar as eleições.

Condenado a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), Lula cumpre pena em Curitiba e pode ser barrado pela Lei da Ficha Limpa - o petista lidera todas pesquisas de intenção de votos.


Eraldo Peres/Associated Press

Os defensores das pesquisas têm tomado o cuidado de dizer que o objetivo é apenas preparar o partido para o caso de Lula ser barrado e em hipótese alguma representaria algum tipo de questionamento à estratégia petista de manter a candidatura do ex-presidente até o fim.

O argumento é saber qual é o perfil preferido pelos eleitores, testar nomes e a capacidade de transferência de votos do líder petista preso em Curitiba.

Apesar do esforço da presidente do PT, Gleisi Hoffmann, de interditar o debate, as conversas sobre estratégias sem Lula na disputa eleitoral têm sido inevitáveis. Na segunda-feira, o tema veio à tona em reunião de uma espécie de conselho político informal criado por Gleisi. Integram o grupo membros da Executiva do PT e ex-ministros, como Franklin Martins, Fernando Haddad, Aloizio Mercadante e Paulo Vannuchi, e petistas históricos como Rui Falcão e José Genoino.

Em conversas reservadas, vários deles admitem que a candidatura de Lula é um ativo político precioso mas inviável do ponto de vista legal e, por isso, o PT precisa sondar cenários e, no tempo certo, iniciar o processo de substituição.

Vice

Um dos temas da reunião foi a escolha do vice na chapa petista. Na semana passada, Lula disse a governadores que deseja um vice de fora do PT. Com isso, o ex-presidente barrou o movimento de governadores petistas que defendiam um vice do partido, que, confirmado o impedimento de Lula, assumiria a cabeça de chapa.

O plano do ex-presidente, no entanto, esbarra nos nomes disponíveis. Josué Gomes da Silva, filho do ex-vice-presidente José Alencar, é o nome dos sonhos, mas está filiado ao PR, com aval do ex-presidente. Setores do PR apoiam a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) e o senador Magno Malta (PR-ES) chegou a ser sondado para vice. 



// matérias relacionadas

Sexta, 10 de agosto de 2018

12:54 - Em debate presidencial morno, candidatos evitam confrontos

12:18 - Ausência do PT no debate reforça inelegibilidade de Lula, dizem analistas

Quinta, 09 de agosto de 2018

15:10 - PT confirma 'debate paralelo' com Haddad e Manuela pela internet

14:22 - Amoêdo evita falar em apoio a Bolsonaro em caso de segundo turno com o PT

07:20 - Coligação da Rede e PPL indica 42 às proporcionais - veja nomes

Terça, 07 de agosto de 2018

08:31 - Eleição presidencial terá o maior número de candidatos em 29 anos

Sexta, 03 de agosto de 2018

18:48 - Para ACM Neto, Ana Amélia sempre foi preferida para ser vice de Alckmin

16:59 - Gleisi e Haddad vão para Curitiba discutir com Lula quem será o vice do PT

16:10 - Ciro Gomes diz que PT engana população para apresentar 'poste' à Presidência

13:34 - Partidos já aprovaram 7 candidatos a presidente da República


// leia também

Quinta, 16 de agosto de 2018

08:39 - Lacerda registra candidatura ao governo e PSB pedirá impugnação

08:24 - Temer veta aumento aos ministros do STF e não envia reajuste ao Congresso

Quarta, 15 de agosto de 2018

20:00 - Lava Jato quer proibir Lula de usar cela na PF como comitê de campanha

17:32 - STF decide que MP pode entrar com ação para obrigar Estado a fornecer medicamento

17:30 - Mobilização pela candidatura de Lula reúne 10 mil pessoas em Brasília

17:13 - Lula declara patrimônio de R$ 7,9 milhões e Haddad, de R$ 428,4 mil

17:09 - Organizações cobram e Marina Silva assume compromisso com crianças

16:30 - Alckmin depõe por uma hora no MP-SP em inquérito sobre suposto caixa 2

14:26 - Bolsonaro não acredita em elevada transferência de votos de Lula para Haddad

14:23 - Haddad rebate Rosa Weber e quer que TSE cumpra rito normal ao julgar Lula