WhatsApp Twuitter

Quarta, 10 de janeiro de 2018, 10h58

James Franco se pronuncia sobre acusações de assédio


Na terça-feira, 9, o ator negou as acusações durante a entrevista a Colbert. Ele foi criticado por aderir à causa Time’s Up (O Tempo Acabou), apesar dos rumores de ser um assediador. "O que eu li está incorreto", argumentou Franco. "Eu não tenho as respostas para esse tipo de situação", disse. "Não quero calar as pessoas, de maneira alguma".

As acusações de assédio sexual em Hollywood voltaram a chamar a atenção após o ator James Franco vencer a categoria de melhor ator no 75 º Globo de Ouro, evento marcado pelo protesto de mulheres contra o abuso sexual. Como resposta à volta dos rumores, ele afirmou que não leu as acusações. "Apenas fiquei sabendo", disse em entrevista ao The Late Show with Stephen Colbert, talk-show norte-americano.

Há um tempo o ator tem sido acusado de assédio pela também atriz e escritora Ally Sheedy, já fora das câmeras. Em um tuíte já apagado, segundo a publicação People, ela teria voltado a reclamar do assédio após a premiação de Franco. "Eu não tenho ideia porque de Ally está chateada", falou. 



// matérias relacionadas

Terça, 18 de outubro de 2016

11:04 - James Franco é processado por agredir fotógrafo


// leia também

Domingo, 21 de janeiro de 2018

09:57 - Gusttavo Lima anuncia que será pai pela segunda vez

09:53 - Dwayne 'The Rock' Johnson vai ganhar seu próprio musical

09:49 - Faturamento de Marília Mendonça chega a R$ 10 milhões por mês

Sábado, 20 de janeiro de 2018

17:30 - Instrumentos musicais de Caetano Veloso são recuperados na Bahia

15:30 - Empresa anuncia que não vai mais usar Photoshop em propagandas de beleza

12:00 - Dorothy Malone, atriz vencedora do Oscar, morre aos 93 anos nos EUA

11:41 - Tatá Werneck exibe aliança de noivado nas redes

11:34 - 'Se eu brinco, falam que eu to arrogante', diz Anitta após resposta irônica a internauta

11:27 - Kim Kardashian escolhe nome inusitado para filha

Sexta, 19 de janeiro de 2018

16:22 - Ex-funcionária relata assédio sexual de Michael Douglas