WhatsApp Twuitter

Segunda, 12 de março de 2018, 11h53

DEU NO APARTE

Voto para reprovar contas de Taques não passa na AL


Divulgação

Apesar da pressão que deputados, até então, aliados ao governo do Estado vêm fazendo contra a gestão Pedro Taques (PSDB), continua sendo improvável que o voto-vista do deputado Zeca Viana (PDT), que pede a reprovação das contas do governo referente a 2016, seja aprovado na Assembleia Legislativa.

O pedetista parece saber disso e tem aproveitado para expor como pode todos seus argumentos contra o balancete.



// matérias relacionadas

Quinta, 14 de junho de 2018

15:35 - Deputados aprovam criação do fundo fiscal para arrecadar R$ 183 milhões

12:21 - Deputados aprovam Fábio Calmon para presidência da Ager

09:10 - AL pediu investigação em estacionamento milionário

Terça, 12 de junho de 2018

17:53 - Estacionamento da AL foi superfaturado em R$ 16 mi

Quinta, 07 de junho de 2018

17:58 - Botelho admite boicote e Taques vence na canseira

16:08 - Ex-petista surpreende ao virar apoiador de Taques

14:58 - Atraso para aprovar contas de Taques foi pressão por emendas, admite Botelho

Quarta, 06 de junho de 2018

20:17 - Contas de Taques são aprovadas na AL; apenas 2 votam contra

19:36 - Deputado pede vista e adia votação para criar Fundo de Estabilização

15:40 - Contas do governo e criação de fundo serão votadas hoje na Assembleia


// leia também

Sexta, 15 de junho de 2018

18:53 - Taques rebate críticas, fala em fake news e dá recado

18:12 - Jayme e Mauro percorrem o interior em avião

16:33 - Casal que ajudou fundar a Rede pede desfiliação

Quinta, 14 de junho de 2018

18:35 - Júlio Modesto pede demissão da Casa Civil

16:03 - TJ volta adiar julgamento contra o juiz Flávio Miraglia

11:20 - TCE marca julgamento das contas de Pedro Taques

Quarta, 13 de junho de 2018

17:51 - Ararath completa 5 anos e ainda causa terror

16:08 - Vídeos antigos contra Mendes voltam a circular

11:22 - Poderes mudam expedientes por causa de jogos

Terça, 12 de junho de 2018

19:22 - Fórum Sindical lança 8 servidores como candidatos