WhatsApp Twuitter

Quarta, 10 de janeiro de 2018, 06h30

MPE denucia ex-prefeito e mais 9 por improbidade administrativa

Cristina Gomes, repórter MP/MT


O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de Peixoto de Azevedo, ingressou com ação de improbidade administrativa com pedido de ressarcimento ao erário contra 10 servidores públicos, entre eles, o ex-prefeito do município Sinvaldo Santos Brito. Eles são acusados de receberem irregularmente adiantamentos sem a devida prestação de contas dos valores pagos pelos cofres municipais.

Reprodução

Sinvaldo Santos

De acordo com a promotora de Justiça Daniele Crema da Rocha de Souza, a ação é resultado de uma busca e apreensão realizada pela Promotoria de Justiça na Prefeitura de Peixoto de Azevedo no ano de 2016, oportunidade em que se constatou inúmeras despesas referentes a adiantamentos desacompanhadas de prestação de contas ou com prestações de contas instruídas com notas fiscais falsas.

Segundo ela, o prejuízo ao erário estimado no valor total de R$ 162.9 mil foi decorrente do total descontrole na concessão de adiantamentos a servidores municipais, sendo o gestor e os órgãos de controle interno absolutamente omissos no cumprimento do dever de fiscalizarem a prestação de contas dos valores pagos por meio de adiantamentos.

No decorrer do Inquérito Civil instaurado pelo Ministério Público foi também expedida notificação ao atual gestor recomendando rigor na concessão de despesas por meio de adiantamentos e orientada a fiscalização efetiva das prestações de contas apresentadas pelos servidores públicos.

Na esfera extrajudicial, o Ministério Público empreendeu medidas que asseguraram o ressarcimento do dano ao erário no valor de R$ 84.4 mil e ajuizou medida para obter o ressarcimento do valor restante estimado no importe de R$ 78.5 mil além da aplicação das sanções previstas na Lei nº8.429/92 pela prática dos atos de improbidade administrativa pelos servidores envolvidos. 



// matérias relacionadas

Terça, 10 de julho de 2018

17:00 - Fagundes é condenado por improbidade por se autopromover com obras

Terça, 19 de junho de 2018

14:00 - Juíza dá prazo para produção de provas contra Wilson Santos

Terça, 12 de junho de 2018

13:30 - Luiz Soares reverte condenação no TJ e dispara críticas ao Ministério Público

Quinta, 07 de junho de 2018

19:24 - TJ nega recurso de Wilson Santos e mantém sentença que o torna inelegível

Segunda, 04 de junho de 2018

15:23 - Juíza impõe multa de R$ 200 mil e põe Doria no banco dos réus por 'Acelera SP'

Quinta, 24 de maio de 2018

07:30 - Juiz rejeita prescrição e torna empresário e servidor réus por fraudes na SES

Terça, 22 de maio de 2018

14:03 - MPE denuncia prefeito de Alta Floresta por dispensa indevida de licitação

Segunda, 21 de maio de 2018

13:52 - Justiça decide suspender direitos políticos de César Maia

Sexta, 18 de maio de 2018

17:15 - Policiais militares são afastados por causa de sexo e bebida com menores

Quarta, 09 de maio de 2018

10:07 - Justiça acata pedido do MP e afasta agente penitenciário em Aripuanã


// leia também

Terça, 17 de julho de 2018

15:57 - Com dívidas de R$ 48 milhões, Grupo Engeglobal entra em recuperação

13:37 - Policial que matou adolescente por engano é liberado da prisão

09:42 - Desembargador arquiva queixa-crime de Wellington Fagundes contra Wilson Santos

Segunda, 16 de julho de 2018

19:26 - Juiz manda Taques retirar publicidade em seu Instagram em 3 dias

16:01 - Ministra nega HC a ex-servidor da Seduc acusado de ameaçar Permínio

15:10 - Juiz manda Estado garantir incentivo fiscal concedido à cervejaria

15:08 - Juiz confirma recebimento de denúncia contra ex-presidente do MT Saúde

14:13 - João Emanuel e filho de desembargador são condenados por desvios na Câmara

12:06 - Juiz condena ex-servidores da Sefaz por fraudes de R$ 2,1 milhões

Sábado, 14 de julho de 2018

08:30 - Juiz Jorge Tadeu remarca audiências contra réus por fraude de R$ 7 milhões