WhatsApp Twuitter

Segunda, 22 de janeiro de 2018, 15h51

MPE pede sequestro de bens de prefeito de Nova Bandeirantes

Andréia Medeiros, repórter do MPE


O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da Promotoria de Justiça de Nova Monte Verde, ingressou com ação civil pública, com pedido liminar, por ato de improbidade administrativa contra o prefeito do Município de Nova Bandeirantes, Valdir Pereira dos Santos (PSB), por uso de recursos públicos para promoção pessoal. Ele teria contratado empresa gráfica para estampar nos prédios e veículos públicos a logomarca de sua gestão “Todos por Bandeirantes Gestão 2017/2020”.

Reprodução

Na ação, a promotora de Justiça Fernanda Alberton requereu a indisponibilidade de bens do prefeito na ordem de R$ 32.669,19 mil. De acordo com a denúncia feita ao Ministério Público, a publicização de sua logomarca em veículos oficiais, prédios, placas ocorreu logo após o gestor ter assumido o cargo de prefeito.

Todo o gasto com a publicidade foi custeado pelo erário municipal conforme constatado no extrato disponível no sistema Aplic Cidadão do Tribunal de Contas do Estado. O cartório eleitoral após ser oficiado informou ao Ministério Público que o slogan "Todos por Bandeirantes" foi o nome da coligação pela qual o requerido concorreu nas eleições de 2016.

Além da condenação por ato de improbidade administrativa, o MP requereu ainda ao Poder Judiciário que após a ação ser julgada procedente, o prefeito também seja responsabilizado por enriquecimento ilícito, dano ao erário e violação aos princípios da administração pública; além da perda da função pública. 



// matérias relacionadas

Segunda, 16 de abril de 2018

17:42 - Zeca Viana aciona Taques e secretário de saúde no MPF por improbidade

08:54 - Ação contra Mendes que pode suspender direitos políticos segue parada desde 2016

Terça, 10 de abril de 2018

15:20 - Juíza condena ex-servidor e comparsa a devolverem R$ 1,6 mil ao Estado

Quinta, 22 de março de 2018

10:10 - Juiz manda bloquear R$ 1,5 milhão de ex-vereador

Terça, 06 de março de 2018

10:11 - Conselheiros afastados não serão mais ouvidos em ação contra Riva e Silval

Segunda, 26 de fevereiro de 2018

07:00 - Juiz inocenta ex-prefeito e advogada em processo por desvio de bens

Segunda, 05 de fevereiro de 2018

14:42 - Juíza aceita denúncia e Kleber Lima vira réu por assédio sexual e moral

Quinta, 01 de fevereiro de 2018

18:03 - Juiz nega bloquear R$ 7,4 milhões de Silval e outros 4

08:10 - MP intima prefeito de Itiquira para anular doação ilegal de terrenos

Domingo, 28 de janeiro de 2018

07:30 - Justiça bloqueia bens de ex-prefeito por prejuízo de R$ 600 mil aos cofres


// leia também

Sábado, 21 de abril de 2018

08:30 - Juiz anula estabilidade de servidor da Assembleia efetivado sem concurso

Sexta, 20 de abril de 2018

17:17 - TJ autoriza protesto de R$ 5,5 mi contra cooperativa que foi presidida por Eraí

15:49 - Farmacêuticos estão proibidos de aplicar botox e outros procedimentos estéticos

15:35 - Justiça libera R$ 1,8 milhão aos trabalhadores de Hospital Regional de Sinop

12:13 - Empresário Zezo Malouf é alvo de penhora de R$ 3,6 milhões - veja fac-símile

11:15 - Wilson Santos é condenado em R$ 12 milhões e perda direitos políticos

11:00 - Investigações do Gaeco avançam em outros contratos no Detran

08:31 - Mauro Mendes sofre bloqueio de R$ 300 mil em ação por fraude em leilão

08:01 - Cidinho quer testemunha do Maranhão em ação por desvio de rendas públicas

07:43 - STF desmembra processo de Henry na Lava Jato por crimes de R$ 29 bilhões