WhatsApp Twuitter

Segunda, 22 de janeiro de 2018, 15h51

MPE pede sequestro de bens de prefeito de Nova Bandeirantes

Andréia Medeiros, repórter do MPE


O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da Promotoria de Justiça de Nova Monte Verde, ingressou com ação civil pública, com pedido liminar, por ato de improbidade administrativa contra o prefeito do Município de Nova Bandeirantes, Valdir Pereira dos Santos (PSB), por uso de recursos públicos para promoção pessoal. Ele teria contratado empresa gráfica para estampar nos prédios e veículos públicos a logomarca de sua gestão “Todos por Bandeirantes Gestão 2017/2020”.

Reprodução

Na ação, a promotora de Justiça Fernanda Alberton requereu a indisponibilidade de bens do prefeito na ordem de R$ 32.669,19 mil. De acordo com a denúncia feita ao Ministério Público, a publicização de sua logomarca em veículos oficiais, prédios, placas ocorreu logo após o gestor ter assumido o cargo de prefeito.

Todo o gasto com a publicidade foi custeado pelo erário municipal conforme constatado no extrato disponível no sistema Aplic Cidadão do Tribunal de Contas do Estado. O cartório eleitoral após ser oficiado informou ao Ministério Público que o slogan "Todos por Bandeirantes" foi o nome da coligação pela qual o requerido concorreu nas eleições de 2016.

Além da condenação por ato de improbidade administrativa, o MP requereu ainda ao Poder Judiciário que após a ação ser julgada procedente, o prefeito também seja responsabilizado por enriquecimento ilícito, dano ao erário e violação aos princípios da administração pública; além da perda da função pública. 



// matérias relacionadas

Terça, 10 de julho de 2018

17:00 - Fagundes é condenado por improbidade por se autopromover com obras

Terça, 19 de junho de 2018

14:00 - Juíza dá prazo para produção de provas contra Wilson Santos

Terça, 12 de junho de 2018

13:30 - Luiz Soares reverte condenação no TJ e dispara críticas ao Ministério Público

Quinta, 07 de junho de 2018

19:24 - TJ nega recurso de Wilson Santos e mantém sentença que o torna inelegível

Segunda, 04 de junho de 2018

15:23 - Juíza impõe multa de R$ 200 mil e põe Doria no banco dos réus por 'Acelera SP'

Quinta, 24 de maio de 2018

07:30 - Juiz rejeita prescrição e torna empresário e servidor réus por fraudes na SES

Terça, 22 de maio de 2018

14:03 - MPE denuncia prefeito de Alta Floresta por dispensa indevida de licitação

Segunda, 21 de maio de 2018

13:52 - Justiça decide suspender direitos políticos de César Maia

Sexta, 18 de maio de 2018

17:15 - Policiais militares são afastados por causa de sexo e bebida com menores

Quarta, 09 de maio de 2018

10:07 - Justiça acata pedido do MP e afasta agente penitenciário em Aripuanã


// leia também

Quarta, 18 de julho de 2018

17:17 - TJ mantém rescisão de contrato para obras no Aeroporto Marechal Rondon

14:35 - Juiz marca audiência para formar conselho contra tenente acusada por morte de aluno

14:14 - Taques aguarda nova decisão sobre duodécimo e seguirá PEC do Teto de Gastos

12:00 - Audiências em ação penal da Operação Seven são retomadas

12:00 - Advogada de médico diz que é cedo para julgar conduta

11:25 - Postagens de Pedro Taques, Mauro Mendes e Fagundes são alvos do TRE

09:00 - PGR é contra pedido do Estado para evitar pagar duodécimo atrasado

Terça, 17 de julho de 2018

15:57 - Com dívidas de R$ 48 milhões, Grupo Engeglobal entra em recuperação

13:37 - Policial que matou adolescente por engano é liberado da prisão

09:42 - Desembargador arquiva queixa-crime de Wellington Fagundes contra Wilson Santos