WhatsApp Twuitter

Quarta, 14 de fevereiro de 2018, 11h08

MPE notifica Nova Bandeirantes e cobra transporte escolar seguro

Andréia Medeiros, repórter do MPE


O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da Promotoria de Justiça de Nova Monte Verde, emitiu notificação recomendatória ao prefeito de Nova Bandeirantes, Valdir Pereira dos Santos, para que forneça transporte escolar regular e seguro a todas as crianças e adolescentes do município. O documento também requer ao município que seja proibido o transporte de alunos em pé e sem cinto de segurança.

Divulgação

Em relação ao uso do cinto de segurança, o órgão ministerial propôs ao município a realização de um trabalho de conscientização junto às escolas, reuniões com pais e discentes, monitor e câmaras. Outro problema a ser resolvido refere-se a disponibilização de veículos reservas para atender os alunos em caso de problemas mecânicos nos ônibus que estejam rodando.

No inquérito instaurado, o Ministério Público acompanhou a situação de 10 crianças, algumas delas se deslocavam por mais de três quilômetros para terem acesso à escola, outras enfrentavam horários irregulares da passagem do transporte, além dos problemas diante das péssimas condições dos veículos. As linhas investigadas foram: linhas 2 e 3 até a escola Marco Azul; linha um (cordilheira) até a escola Marco Azul e a linha escondidinho até Paraíso do Norte.

Na notificação, expedida no dia 7 de fevereiro, a promotora de Justiça Fernanda Alberton, fixou o prazo de 30 dias, após o recebimento, para que o município informe o acatamento ou não dos termos da presente notificação, sob pena de serem tomadas as medidas judiciais cabíveis. 



// matérias relacionadas

Quarta, 31 de janeiro de 2018

17:03 - Transporte escolar tem empresas fantasmas atuando em 18 cidades de MT

Quarta, 11 de janeiro de 2017

16:07 - Vans escolares de Cuiabá não renovam alvarás

Quarta, 07 de dezembro de 2016

16:23 - Campanha combate vans escolares clandestinas


// leia também

Domingo, 20 de maio de 2018

14:02 - Delação de Alan Malouf é homologada no STF e deve complicar Taques

Sábado, 19 de maio de 2018

10:58 - Justiça retira estabilidade de mais um servidor da Assembleia

Sexta, 18 de maio de 2018

19:08 - TJ livra gestora de pagar R$ 1 milhão por aluguel do Hospital Jardim Cuiabá

17:15 - Policiais militares são afastados por causa de sexo e bebida com menores

16:31 - Supremo nega recurso do conselheiro Novelli e mantém afastamento do TCE

15:30 - Chefe do MP é contra votação na Assembleia para tirar Savi da cadeia

10:34 - TJ pede restituição de valor pago indevidamente à juíza Selma Arruda

10:21 - Ninguém é denunciado sem que haja elementos mínimos, rebate Curvo

09:51 - Desembargador Sebastião Barbosa fica responsável por ação da Bereré

08:26 - Justiça nega fim de tornozeleira para político que queria passear por Florais