WhatsApp Twuitter

Terça, 13 de março de 2018, 10h36

Grampolândia pantaneira

Cabo preso por grampos tenta afastar coronéis de comissão julgadora

Arthur Santos da Silva, repórter do GD


Gerson Corrêa Júnior, cabo da Polícia Militar envolvido no esquema de grampos telefônicos clandestinos, recorreu ao desembargador Orlando de Almeida Perri, atuante na 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), buscando afastar dois coronéis da comissão julgadora responsável pelo processo contra ele que tramita na 11ª Vara de Justiça Militar.

Chico Ferreira

O pedido de suspeição pede o afastamento dos coronéis Luiz Claudio Monteiro da Silva e Valdemir Benedito Barbosa.

Gerson afirma que os juízes militares agiram com excesso de linguagem e antecipação do juízo de mérito durante a fase de instrução processual, quando testemunhas são ouvidas.

O cabo é o único dos acusados no esquema que continua preso em consequência da suspeita de interceptações. O juiz Murilo Moura Mesquita é o responsável por comandar a comissão julgadora, seguido por 4 coronéis convidados para atuarem como juízes militares.

A Vara de Justiça Militar, também conhecida como 11ª Vara Criminal de Cuiabá, segue dando continuidade às audiências no processo criminal contra 5 policiais militares acusados de participação no esquema interceptações que ficou conhecido como grampolândia pantaneira.

No processo são réus os coronéis Zaqueu Barbosa, Evandro Alexandre Ferraz Lesco, Ronelson Jorge de Barros, o tenente-coronel Januário Antônio Batista e o cabo Gerson Luiz Ferreira Corrêa Júnior.

O desembargador Orlando Perri não possui prazo para julgar a suspeição.
 



// matérias relacionadas

Sexta, 18 de maio de 2018

20:25 - Presidente do PSDB passa integrar staff de Taques

18:42 - Trincheira do Santa Rosa é entregue ao custo final de R$ 30,6 milhões

Quinta, 17 de maio de 2018

19:10 - Pedro Taques rebate Neurilan e nega dívida com os municípios

18:00 - Taques prepara artigo para questionar ex-gestores

15:00 - Repasses aos municípios é obrigação e não favor, afirma presidente da MM

12:49 - Estado diz que renovará contratação que trouxe melhorias para rodoviária

Sexta, 11 de maio de 2018

17:05 - Caso dos grampos ilegais completa 1 ano e processo segue 'parado' no STJ

Quarta, 09 de maio de 2018

15:18 - Governo paga aposentados e pensionistas nesta quarta-feira

09:42 - Governo indica secretário adjunto da Sinfra para assumir presidência da Ager

Terça, 08 de maio de 2018

19:05 - Pedro Taques indica Fábio Calmon para presidir Ager


// leia também

Quinta, 24 de maio de 2018

07:30 - Juiz rejeita prescrição e torna empresário e servidor réus por fraudes na SES

Quarta, 23 de maio de 2018

20:01 - Presidente do TJ concede escolta policial à juíza Selma Arruda por mais 24 horas

14:11 - Mulher que se feriu em ônibus deverá receber DPVAT

12:15 - Justiça anula estabilidade de servidora efetivada sem concurso

11:30 - Empresa de transportes é condenada por jornada exaustiva de motoristas

10:07 - Justiça condena grupo em R$ 2,2 milhões por irregularidades em hidrelétrica

08:55 - Ministério Público é contra revogação de prisões da Bereré

08:39 - Silval está inconformado com pena de 14 anos de prisão e apela de condenação

08:14 - Ex-assessora de Selma Arruda confirma prioridade em 'processos midiáticos'

07:42 - Juiz nega pedido do MPE para prender João Arcanjo até 2027