WhatsApp Twuitter

Quinta, 17 de maio de 2018, 08h51

Política de MT

MPE espera processos civil, na Receita e na OAB por fraudes de R$ 30 milhões no Detran

Arthur Santos da Silva, repórter do GD


A denúncia criminal do Ministério Público de Mato Grosso (MPE) contra os alvos das Operações Bereré e Bônus, por fraudes de aproximadamente R$ 30 milhões em contratos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), assinala que os réus serão acionados em ao menos mais três frentes: processos na Receita Federal, ações cíveis e processos disciplinares na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Otmar de Oliveira

Segundo o MPE, ao todo foram denunciadas 58 pessoas. Entre elas, 7 deputados estaduais, um ex-governador e seu chefe de gabinete, um ex-deputado federal, um ex-secretário de Estado e um ex-chefe de Autarquia. O grupo inclui ainda parentes dos gestores denunciados e empresários.

Na denúncia, o Ministério Público pede que “seja deferido compartilhamento integral das provas dos autos com a Receita Federal do Brasil para conhecimento e tomada de eventuais medidas de sua alçada; seja deferido compartilhamento integral das provas dos autos com o Núcleo de Ações de Competência Originária Cível - NACO Cível para conhecimento e tomada de eventuais medidas de sua alçada; seja deferido compartilhamento integral das provas dos autos com a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional de Mato Grosso, para conhecimento e tomada de eventuais medidas disciplinares”.

Da Assembleia Legislativa, foram denunciados: o presidente do Parlamento Estadual, José Eduardo Botelho e os deputados Mauro Luiz Savi, José Domingos Fraga Filho, Wilson Pereira dos Santos, José Joaquim de Souza Filho, Ondanir Bortolini e Romoaldo Aloisio Boraczynski Júnior.

João Vieira

Também figuram como réus o ex-governador Silval da Cunha Barbosa; o ex-deputado federal Pedro Henry; o ex-chefe da Casa Civil, Paulo Taques; o ex-presidente do Detran, Teodoro Moreira Lopes; o ex-chefe de gabinete do Poder Executivo, Sílvio Cézar Correia de Araújo.

De acordo com o MPE, os fatos vieram à tona a partir de colaborações premiadas com o ex-presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Teodoro Moreira Lopes, vulgo “Doia”, indicação do deputado estadual Mauro Luiz Savi; e com os sócios proprietários da empresa FDL, atualmente EIG Mercados.

O esquema girou em torno da contratação da empresa responsável pela execução das atividades de registros junto ao Detran dos contratos de financiamentos de veículos com cláusula de alienação fiduciária, de arrendamento mercantil e de compra e venda com reserva de domínio ou de penhor. Na ocasião, para obter êxito na contratação, a empresa se comprometeu a repassar parte dos valores recebidos com os contratos para pagamento de campanhas eleitorais.

Conforme os autos, mais de R$ 30 milhões foram desviados. Veja a lista dos outros denunciados:

- ANTONIO DA CUNHA BARBOSA FILHO
- PEDRO JORGE ZAMAR TAQUES
- JOSÉ KOBORI
- CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS
- ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA
- MARCELO DA COSTA E SILVA
- RAFAEL YAMADA TORRES
-ROQUE ANILDO REINHEIMER
- MERISON MARCOS AMARO
- DAUTON LUIZ SANTOS VASCONCELLOS
- HUGO PEREIRA DE LUCENA
-JOSÉ HENRIQUE FERREIRA GONÇALVES
-JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO
-JOÃO ANTONIO CUIABANO MALHEIROS
-MARILCI MALHEIROS FERNANDES DE SOUZA COSTA E SILVA
-CLEBER ANTONIO CINI
-ODENIL RODRIGUES DE ALMEIDA
- TSCHALES FRANCIEL TSCHA
-CLAUDINEI TEIXEIRA DINIZ
- MARCELO HENRIQUE CINI
- VALDIR DAROIT
-JORGE BATISTA DA GRAÇA
- ELIAS PEREIRA DOS SANTOS FILHO
- LUIZ OTAVIO BORGES DE SOUZA
- WILSON PINHEIRO MEDRADO
- VALDEMIR LEITE DA SILVA
- JURANDIR DA SILVA VIEIRA
- TIAGO VIEIRA DE SOUZA DORILEO
- ANTONIO FERNANDO RIBEIRO PEREIRA
- ADRIANA ROSA GARCIA DE SOUZA
-JOVANIL RAMOS DOS SANTOS
- RAFAEL BADOTTI
-FRANCISCO CARLOS FERRES
-SILVANA BADOTTI FERRES
-VINICIUS PINCERATO FONTES DE ALMEIDA
-ANDREO DARCI MENSCH LEITE
-SONIA REGINA BUSANELLO DE MEIRA
-DASAYEVIS SEBASTIAO MIRANDA DE LIMA SILVA
-LUCIANO DE FREITAS AZAMBUJA
-ROBERTO ABRAO JUNIOR
-IVANILDA SANTOS HENRY
-WALTER NEI DUARTE RAMOS
-ONEIDA FERREIRA DE FREITAS E SILVA
-DULCINEIA RUFO CAVALCANTE CINI
-GONÇALO JOSÉ DE SOUZA
-MARCELO SAVI
 



// leia também

Quinta, 16 de agosto de 2018

15:35 - MPF processa prefeito de Cáceres e pede bloqueio de R$ 630 mil

14:18 - Ministério Público é contra revogação de cautelares de Chico Lima

11:55 - Pai do coronel Novacki é condenado a 3 anos de reclusão por fraudes na gestão Maggi

10:55 - Juíza manda periciar áudios de processo por assédio sexual contra Kleber Lima

10:00 - Cabo pede que governador e primo sejam ouvidos como testemunhas dos grampos

08:10 - Denúncia por morte de personal é alterada pelo Ministério Público

Quarta, 15 de agosto de 2018

19:44 - Ex-servidor da Seduc acusado de ameaçar Permínio Pinto ganha liberdade

17:27 - Juiz declara inelegibilidade de ex-secretário e anula eleições da Fiemt

15:55 - MPF investiga atraso de repasse da saúde na gestão Taques - veja portaria

15:24 - Juiz impede Taques de fazer propaganda do 'Pró-família' durante campanha