WhatsApp Twuitter

Terça, 12 de junho de 2018, 09h05

processo da ararath

José Riva e família têm R$ 55 milhões bloqueados

Janaiara Soares, repórter de A Gazeta


Na lista dos investigados da Operação Ararath, o ex-deputado José Riva se tornou alvo de uma ação por sonegação fiscal. Uma medida cautelar do Grupo de Operações Especiais de Combate à Fraude Fiscal Estruturada (Goeff) em parceria com a Procuradoria da Fazenda Nacional no Estado de Mato Grosso (PFN/MT) foi deferida e resultou no bloqueio de R$ 55 milhões em bens dele e de membros de sua família.

A investigação está sob sigilo, mas informações obtidas pela reportagem revelam que o imposto não declarado advinha de recursos recebidos supostamente por meio do esquema apurado do Ministério Público Federal (MPF) e Polícia Federal desde 2014.

João Vieira

Na Ararath, políticos e empresários são acusados de criar um sistema de bancos clandestinos para lavar dinheiro de origem ilícita, em sua maioria desviado de cofres públicos.

O próprio ex-deputado confirmou o bloqueio e, sem se estender sobre o assunto, disse que sua defesa já trabalha para reverter a situação. Em nota, o advogado Rodrigo Mudrovitsch disse que a medida cautelar foi deferia pela 4ª Vara Federal de Cuiabá, mas que recorrerá ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região, “por meio do recurso de Agravo de Instrumento”.

Mudrovitsch pontuou ainda que as questões fiscais discutidas na cautelar (a suposta sonegação) “ainda se encontram controvertidas na esfera administrativa, sendo certo que os processos lá analisados estão pendentes de julgamento junto ao Conselho Administrativo de Recursos Fiscais”.

Segundo dados do processo, os tributos decorrem da omissão de valores identificados pela Receita Federal através de depósitos de origem não comprovada pelo ex-parlamentar. Boa parte dos valores teria sido fruto de supostos contratos com factorings e empresas de fomento mercantil.

Uma das empresas da família Riva teria sido utilizada para movimentar dinheiro sem origem comprovada, adquirindo um imóvel rural equivalente a mais de 66 mil campos de futebol, no valor de R$ 18,6 milhões.

Além de Riva, tido como gestor da empresa, seus filhos, que figuram como sócios e para quem teria sido destinado parte considerável dos bens, foram alcançados pelo bloqueio. A reportagem não teve acesso aos nomes dos familiares.

No bojo da Operação Ararath, a Polícia Federal apreendeu uma lista com 70 empresas que teriam utilizado recursos oriundos do esquema fraudulento de empréstimos. 



// matérias relacionadas

Sexta, 10 de agosto de 2018

13:45 - Novacki nega tentativa de obstrução e pede para depor na Ararath

Quarta, 08 de agosto de 2018

14:53 - Colunista social que divulgou áudios de 'cobranças' tenta conciliação com Riva

Sexta, 03 de agosto de 2018

13:57 - Justiça nega absolvição de empresário réu na Ararath

Quarta, 01 de agosto de 2018

11:38 - Sócio da São Benedito tem 10 dias para responder ação da Ararath

Terça, 31 de julho de 2018

13:58 - Juiz rejeita incidente de insanidade mental e mantém empresário como réu

Domingo, 22 de julho de 2018

10:44 - Defesa de conselheiro afastado do TCE pede investigações

Sexta, 13 de julho de 2018

16:43 - Janaina tem salário liberado, mas R$ 55 mi da família Riva seguem bloqueados

Quinta, 12 de julho de 2018

09:43 - Justiça bloqueia R$ 1,2 milhão de deputado, Silval e mais 3

Segunda, 09 de julho de 2018

09:55 - Delegado da PF envia pacote surpresa para o STF

07:15 - Polícia Federal encaminha provas de pessoas com foro ao STF


// leia também

Quinta, 16 de agosto de 2018

10:55 - Juíza manda periciar áudios de processo por assédio sexual contra Kleber Lima

10:00 - Cabo pede que governador e primo sejam ouvidos como testemunhas dos grampos

Quarta, 15 de agosto de 2018

19:44 - Ex-servidor da Seduc acusado de ameaçar Permínio Pinto ganha liberdade

17:27 - Juiz declara inelegibilidade de ex-secretário e anula eleições da Fiemt

15:55 - MPF investiga atraso de repasse da saúde na gestão Taques - veja portaria

15:24 - Juiz impede Taques de fazer propaganda do 'Pró-família' durante campanha

13:36 - STF mantém apreensão para recuperar mensagens em celular de Maggi

13:06 - PF repassa 9 depoimentos em investigação contra Ezequiel Fonseca

10:48 - MP denuncia Dr. Bumbum e mais 3 por homicídio após morte de bancária

10:10 - José Medeiros consegue liminar no TSE e continua senador