WhatsApp Twuitter

Quarta, 13 de junho de 2018, 09h23

NO PLENO

Desembargadores retomam julgamento que tenta 'sustar' prisão de Savi

Arthur Santos da Silva, repórter do GD


O Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) retoma nesta quinta-feira (14) pedido de sustação e revogação da prisão preventiva do deputado estadual Mauro Savi (DEM), preso acusado de participação no esquema de desvios de recursos operado no Departamento de Trânsito (Detran).

Marcos Lopes/ALMT

No dia 24 de maio, o julgamento foi parcialmente encerrado com 16 votos contrários a soltura do deputado e 2 votos a favor.

O adiamento da conclusão ocorreu em razão do pedido de vista do processo feito pelo desembargador Marcos Machado.

Savi alega que não participou dos atos e que há incongruência nas afirmações no processo, segundo ele, baseado exclusivamente em depoimentos de colaboradores premiados.

O parlamentar diz ainda que as condutas ilícitas a ele atribuídas se encerraram em agosto de 2014, portanto, inexiste o requisito da contemporaneidade para justificar a manutenção da prisão.

O deputado foi preso em 9 de maio durante a Operação Bônus, 2ª fase da Operação Bereré, deflagrada pelo Grupo de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e pelo Núcleo de Ações de Competência Originária (Naco) Criminal.

O parlamentar foi acusado de intermediar o acordo que deu origem ao esquema de fraude, desvio e lavagem de dinheiro na ordem de R$ 30 milhões no Detran.

A prisão foi decretada pelo desembargador José Zuquim, que determinou ainda o cumprimento de 5 mandados de prisão preventiva e 5 de busca e apreensão em Cuiabá, São Paulo e Brasília.

Além de Mauro Savi, foram presos preventivamente o ex-chefe da Casa Civil, Paulo Taques, seu irmão, Pedro Zamar Taques, e os empresários Roque Anildo Reinheimer, Claudemir Pereira dos Santos, vulgo “Grilo” e José Kobori.

Recurso

Além de tentar sustar o efeito da prisão, Mauro Savi impetrou seguido habeas corpus no Tribunal de Justiça e no Superior Tribunal de Justiça, em Brasília. Todos foram negados. 



// matérias relacionadas

Segunda, 18 de junho de 2018

09:30 - Mauro Savi completa 40 dias na cadeia

Sexta, 15 de junho de 2018

16:03 - Ministra do STJ nega mais um pedido de liberdade ao deputado Mauro Savi

10:38 - Ministra do STJ mantém prisão do ex-secretário Paulo Taques

08:05 - Assembleia suprime instância para tentar soltar deputado Mauro Savi

07:41 - Irmãos Taques pedem que ministra reavalie necessidade de prisões

Quinta, 14 de junho de 2018

17:29 - Tribunal de Justiça nega recurso e mantém prisão de Mauro Savi

13:55 - TJ retoma julgamento sobre prisão do deputado Mauro Savi - acompanhe

08:09 - Deputado Mauro Savi cita colega Gilmar Fabris para sair da cadeia

06:30 - EIG demite 120 funcionários do Detran após governo atrasar salários

Terça, 12 de junho de 2018

11:00 - Nome de Mauro Savi nem é citado em reunião do DEM


// leia também

Segunda, 18 de junho de 2018

17:30 - Ex-deputado confirma ter recebido R$ 50 mil gravado em vídeo de delator

14:16 - PF sugere 144 novos inquéritos por delações de família Barbosa

11:15 - Emanuel diz à PF que aliado de Silval o gravou para fazer chantagem

08:29 - Juiz suspende escolta concedida à juíza Selma Arruda e não afasta Taques

08:01 - Empresário acusado de lavar dinheiro da Bereré pede liberdade no STJ

06:00 - Perícia da PF confirma mensagens apagadas do celular de Blairo após apreensão

Domingo, 17 de junho de 2018

11:40 - Metalúrgica de Alta Floresta é condenada por trabalho infantil

11:31 - Menor que trabalhava como mecânico de automóveis receberá R$ 10 mil em indenização

11:21 - Rede de supermercados é condenada em R$ 5 milhões por descumprir normas

11:19 - Ex-gerente consegue rescisão indireta após excesso em cobrança de metas