WhatsApp Twuitter

Sexta, 16 de junho de 2017, 16h40

LIGAÇÃO

Maggi rechaça ter mandado emissário para falar com Silval

Alcione dos Anjos, repórter do GD


O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi (PP), rechaça que tenha enviado emissário ao Centro de Custódia de Cuiabá (CCC) para conversar com o ex-governador Silval Barbosa (PMDB) enquanto ele esteve preso preventivamente por um ano e nove meses.

Divulgação

De acordo com nota encaminhada ao Gazeta Digital pela assessoria jurídica de Maggi, o ministro nunca teria procurado o ex-governador pelo simples fato de não existir motivo para isso. Para ele, a divulgação de informações inverídicas têm o claro propósito de prejudicar o bom andamento processual.

A nota rebate as declarações feitas pelo advogado criminalista Marcos Dantas, que faz a defesa do ex-secretário de Estado de Fazenda, Marcel De Cursi, que continua cumprindo prisão preventiva no CCC.

Ao comentar uma das alegações da defesa de Silval Barbosa para conseguir substituir a prisão preventiva para domiciliar, Dantas disse que as pressões sofridas pelo ex-governador partiram de pessoas que foram visitar Silval no Centro de Custódia e não de quem estava preso.

Entre os visitantes do local o criminalista citou o senador Wellington Fagundes (PV), que confirma as visitas e diz que a ação foi solidaria ao companheiro da política, e um emissário de Maggi, que teria sido escorraçado do local por Silval.  Maggi não havia se manifestado ainda sobre o assunto.

Confira a nota na integra

Nota de esclarecimento

Sobre as declarações feitas pelo advogado Marcos Dantas, responsável pela defesa do ex-secretário estadual de Fazenda, Marcel de Cursi, de que o ministro Blairo Maggi teria enviado emissário ao Centro de Custódia de Cuiabá (CCC), vimos a público rechaçar esta afirmação.

Em nenhum momento Blairo Maggi teria procurado o ex-governador Silval Barbosa e, muito menos, enviado emissário, por não existir motivos para isso. Entendemos, por fim, que essas informações inverídicas têm o claro propósito de prejudicar o bom andamento processual.

Assessoria jurídica do ministro Blairo Maggi



// matérias relacionadas

Quarta, 21 de fevereiro de 2018

09:51 - Ex-secretário reafirma delação e consegue se livrar de tornozeleira

Terça, 20 de fevereiro de 2018

10:27 - Apartamento de R$ 470 mil do delator Pedro Nadaf é arrematado em leilão

Sexta, 16 de fevereiro de 2018

19:05 - Nadaf quer o perdão após roubar e delatar comparsas

Terça, 30 de janeiro de 2018

16:38 - Juíza cancela sequestro de casa em nome de coronel preso por corrupção

Quinta, 25 de janeiro de 2018

15:47 - Chefe da PGR prefere ver aliado de Silval na cadeia

Quarta, 24 de janeiro de 2018

13:27 - Silval e mais 9 são alvos de bloqueio de R$ 15,8 milhões

Quarta, 17 de janeiro de 2018

15:30 - Depoimentos de Silval à CGE respingam em 106 empresas e vários servidores

07:45 - Silval Barbosa aconselha novo governador a não cometer crimes

Terça, 26 de dezembro de 2017

14:34 - Ex-diretora da Fecomércio é condenada a 3 anos e 8 meses de prisão

Sexta, 22 de dezembro de 2017

15:33 - Juíza destaca lealdade de comparsa de Silval em condenação


// leia também

Sexta, 23 de fevereiro de 2018

17:36 - Prefeitura de VG acata decisão do TCE e lançará nova licitação

16:11 - Riva e Daltinho são citados e serão convocados a depor na CPI do Paletó

12:42 - MBL organiza congresso estadual em MT com palestras e debates

12:10 - TCE barra licitação de escola em VG no valor de R$ 8,3 milhões

10:35 - Silval entrega deputados estaduais que o extorquiram na Copa; confira os nomes

09:32 - Dinheiro recebido por Emanuel era de extorsão para não atrapalhar obras, diz Silval

08:21 - Esquema de propina no Detran envolve 68 servidores da Assembleia

Quinta, 22 de fevereiro de 2018

15:10 - Senador Wellington Fagundes depõe à PF em inquérito contra Temer

11:54 - Controladoria recomenda intervenção no Detran após 'devassa' do Gaeco

11:25 - Saída de Blairo da eleição não interfere em candidatura de Taques, avalia Mendes