WhatsApp Twuitter

Terça, 27 de junho de 2017, 17h32

consenso

Governo e sindicatos fazem últimos ajustes no projeto da RGA nesta 4ª

Karine Miranda, repórter do GD


O Governo do Estado e o Fórum Sindical se reúnem na quarta-feira (28) para “bater o martelo” no projeto de pagamento da Revisão Geral Anual (RGA) de 2017 e 2018. Faltaria apenas definir sobre alegadas perdas salariais provenientes dos parcelamentos das RGAs anuais.

A reunião acontecerá às 10 horas, na Casa Civil, oportunidade em que o Governo vai apresentar os cálculos e o comportamento da arrecadação e das despesas atuais e projetadas para demonstrar de que modo será feito o pagamento. A previsão é de que participem da reunião o secretário-chefe da Casa Civil, José Adolpho Vieira, o secretário de Fazenda, Gustavo Oliveira, além de representantes dos servidores.

Mayke Toscano/Gcom-MT

Governo e Fórum fazem últimos ajustes do projeto do RGA

“A reunião estava agendada para ocorrer na quinta-feira, mas nós antecipamos. O Governo vai apresentar como vai pagar os retroativos. Falta apenas isso para a gente fechar o pacote do pagamento. Depois é só levarmos para as nossas bases”, disse o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde e do Meio Ambiente do Estado de Mato Grosso (Sisma), Oscarlino Alves.

Após definido o pagamento dos retroativos, a proposta será colocada para aprovação dos sindicatos de servidores para posterior envio à Assembleia Legislativa, de modo a substituir o projeto de lei n° 243/2017, primeiro documento enviado pelo Governo do Estado para tratar da RGA.

“Depois de fechado esse cronograma de pagamento, o governo vai fazer um substitutivo integral ao projeto com todos os ajustes. Acredito que será tudo rápido, pois já fechamos todos os outros pontos”, afirmou o sindicalista.

Além do pagamento das perdas salariais, faz parte do projeto o pagamento da RGA 2017 e 2018, cujos índices são estimados em 6,58% e 4,19%, respectivamente, e serão pagos até o final do próximo ano.

O índice de 6,58% será pago em três parcelas, sendo duas de 2,19% e a terceira de 2,20. A primeira será paga no dia 10 de dezembro deste ano. As outras duas parcelas serão pagas para abril e setembro de 2018, porém poderão ser antecipadas conforme o comportamento da arrecadação própria do Executivo.

Se a receita do segundo semestre de 2017 tiver incremento de 10% em relação à lei orçamentária, a parcela de abril será antecipada para março. E no caso de a arrecadação registrar crescimento de 15%, a parcela de setembro será adiantada para maio.

Já a RGA de 2018, estimada em 4,19%, deverá ser paga em duas parcelas de 2% e 2,19%. A primeira ficou para outubro e a segunda para dezembro do próximo ano.

O Gazeta Digital também está no Facebook, Twitter, YouTube e Instagram   



// matérias relacionadas

Terça, 22 de maio de 2018

12:18 - TCE mantém suspenso pagamento da RGA aos servidores

07:30 - Sindicato de servidores quer defender RGA e organiza protesto no TCE

Quinta, 17 de maio de 2018

16:10 - Governador Pedro Taques 'não tem pressa' para decidir sobre RGA

Quarta, 16 de maio de 2018

11:14 - Sindicalista diz que vai aguardar atuação do governo sobre suspensão

Terça, 15 de maio de 2018

17:43 - TCE suspende RGA após governo ultrapassar limites da LRF; Estado recorre

Quinta, 15 de fevereiro de 2018

10:20 - Cancelamento da RGA promete nova 'guerra'

Segunda, 30 de outubro de 2017

18:53 - Servidores ocupam prédio da Sefaz em protesto por reajuste salarial

15:36 - Servidores de Tangará cruzam os braços por RGA

Quinta, 06 de julho de 2017

11:55 - Assembleia vota lei da RGA antes do recesso parlamentar

Quarta, 28 de junho de 2017

20:51 - Fase 'tapas e beijos' entre governo e servidores já era


// leia também

Terça, 22 de maio de 2018

18:17 - Câmara cassa vereador acusado por sexo com menor e dinheiro falso

Segunda, 21 de maio de 2018

18:46 - Prefeitura de Cuiabá paga reajuste de 1,69% aos servidores

11:52 - Controladoria faz auditoria em gestão financeira e contábil do Estado

11:14 - Progressista descarta aliança e declara oposição a Taques

Domingo, 20 de maio de 2018

15:00 - Jayme rompe com Taques, fala em 'estelionato' e quer Mendes para governo

08:30 - Governador vai exigir que hospitais comprovem prestação de serviços

08:00 - PSD vai punir 'desobedientes' que apoiarem Taques, afirma Neurilan Fraga

Sábado, 19 de maio de 2018

15:13 - Democracia Cristã lança pré-candidatura de Roberto Barra ao Senado

08:35 - Não vou discutir o passado, diz senador ao rebater Pedro Taques

08:30 - Neurilan Fraga recua de candidatura a deputado federal e fica na AMM