WhatsApp Twuitter

Quinta, 11 de janeiro de 2018, 17h57

próxima semana

Deputados fazem sessão extra para votar contas de Taques

Karine Miranda, repórter do GD


Os deputados estaduais vão dar uma pausa ao recesso parlamentar para participar de uma sessão extraordinária a fim de votar as contas do governador Pedro Taques (PSDB) referentes ao ano de 2016. O retorno ocorre na próxima terça-feira (16).

A previsão é de sejam realizadas até três sessões na própria terça-feira para apreciar as contas e votar ainda projetos do Executivo, como a criação de uma conta específica para a arrecadação do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab).

Otmar de Oliveira

Deputados fazem sessão extra para votar contas de Taques

O objetivo é que o recurso do Fethab seja usado exclusivamente para atender a demanda de construção de moradias e manutenção das rodovias estaduais. Isto porque o Governo do Estado chegou a usar os recursos para a Saúde, por causa da crise financeira.

Por este motivo, o projeto deve ser aprovado sem dificuldades. Já as contas do Governo têm causado preocupação na base governista, uma vez que a oposição pode pedir vista do projeto e protelar sua votação.

Até o momento, o relator das contas, deputado Jajah Neves (PSDB), ainda não apresentou o relatório final, o que deve ocorrer na própria terça. Apesar disso, as contas do Governo tiveram parecer favorável no Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), mesmo com 20 recomendações.

Leia mais - TCE aponta 13 falhas nas contas de Taques, mas recomenda aprovação

Na ocasião, o relator do processo, conselheiro Valter Albano, examinou o desempenho fiscal, econômico e social do Estado, apontando resultados, dados e indicadores. Ele teve voto acolhido por unanimidade e em consonância com o parecer emitido pelo Ministério Público de Contas (MPE).

Após a aprovação das contas e projetos, os parlamentares retornam às férias no dia seguinte, uma vez que o início deste Ano Legislativo está previsto somente para 1º de fevereiro. 



// leia também

Segunda, 18 de junho de 2018

18:12 - Auditor de carreira assume a Controladoria Geral do Estado

16:20 - Taques diz que vai cancelar escolta de Selma, mas nega ilegalidade

15:43 - CPI da Saúde terá vereadores da base do prefeito como relator e membro

13:30 - Selma Arruda ganha escolta de empresa de segurança privada

07:22 - Leitão corre atrás de assinaturas para diminuir deputados e senadores

07:15 - Emanuel quer base unida para eleição da Mesa Diretora na Câmara

Domingo, 17 de junho de 2018

08:58 - Pré-candidata Margareth Buzetti não se apega a cargo e quer destravar economia - vídeo

Sábado, 16 de junho de 2018

15:15 - Gustavo de Oliveira descumpre estatuto da FIEMT e pode sofrer impugnação

11:17 - Ex-reitora da UFMT admite dificuldade na disputa ao Senado

10:51 - Vereador propõe que cargo de chefia só pode ser exercido por servidor efetivo