WhatsApp Twuitter

Sábado, 13 de janeiro de 2018, 09h47

política de MT

Servidores do Tribunal de Justiça ameaçam processar Governo

Renan Marcel, especial para A Gazeta


Otmar de Oliveira

O Sindicato dos Servidores do Judiciário de Mato Grosso (Sinjusmat) ameaça ingressar com uma ação judicial contra o governo do Estado por conta dos atrasos no repasse do duodécimo para o Tribunal de Justiça. Na próxima segunda-feira (15), o presidente da entidade, Rosenval Rodrigues dos Santos, deve protocolar um pedido formal para que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) inicie procedimentos cabíveis quanto ao assunto.

Ele afirma que a iniciativa se faz necessária porque a irregularidade dos repasses estaria prejudicando os direitos dos servidores junto ao TJ. Para o sindicalista, o desembargador Rui Ramos, presidente do Judiciário, “já deveria ter tomado medidas mais drásticas”. No TCE, será pedida uma tomada de contas e reclamado o descumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público em 2016 e que teve os prazos reajustado 2017.

Segundo ele, os atrasos têm prejudicado o pagamento dos salários e dos créditos que os servidores têm com o Tribunal.O TJ recebeu R$ 149,8 milhões em dezembro, mas, segundo a Secretaria de Fazenda (Sefaz) ainda há uma dívida de R$ 89,8 milhões. Judicialmente, o governo já foi alvo de uma cobrança para a regularização do repasse do duodécimo.

A ação foi proposta pela Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep) junto ao Supremo Tribunal Federal (STF). A Defensoria afirma ter R$ 14,9 milhões a receber de 2017. No processo, é pedido o bloqueio das contas do Estado até o pagamento integral da dívida.



// leia também

Domingo, 21 de janeiro de 2018

10:32 - Desafio de Taques é reconstruir base e vencer eleição no 1º turno, diz Wilson

Sábado, 20 de janeiro de 2018

15:30 - Presidente do TJ nega complacência com Taques

13:45 - Baracat e Jayme deixam secretariado de Várzea Grande

12:30 - Fávaro quer disputar governo e conversa com oposição, revela Fagundes

08:30 - Wilson nega indicação ao TCE e afirma que vai à reeleição

08:07 - Preso em casa, ex-governador Silval faz faculdade de Teologia - veja vídeo

Sexta, 19 de janeiro de 2018

16:20 - Marrafon diz que conversa com Percival sobre filiação no PPS

12:06 - Prefeito sanciona 13º de vereadores

11:03 - 'É preciso transparência', diz líder do governo sobre CPI do Fundeb e Fethab

10:10 - Wilson será investigado após áudio de Jajah sobre verba indenizatória