WhatsApp Twuitter

Domingo, 11 de fevereiro de 2018, 09h00

voto em separado

Viana cita irregularidades gravíssimas e vota para reprovar contas de Taques

Karine Miranda, repórter do GD


O deputado estadual Zeca Viana (PDT) afirmou que vai apresentar um voto em separado pedindo a reprovação das contas de gestão do governador Pedro Taques (PSDB) referentes ao ano de 2016. Segundo ele,  existem 8 irregularidades gravíssimas nas contas do governador.

Marcos Lopes

Em voto separado, opositor propõe reprovar contas de Taques

Viana é membro titular da Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária e já havia pedido vistas da peça, em janeiro. Com isso, a votação em plenário foi protelada.

De acordo com o deputado, existe uma série de irregularidades nas contas de Taques, sendo que algumas são consideradas graves. Entre elas, o atraso no repasse do ICMS aos municípios, o não repasse integral do duodécimo aos Poderes, além do não repasse de valores para Saúde e Educação.

Somente na área da Saúde, o Estado teria deixado de repassar cerca de R$ 18,7 milhões às prefeituras em 2016. O valor seria referente ao repasse da atenção básica da saúde.

Ainda segunda Viana, houve uma “apropriação indevida de recursos” do ICMS por parte do Estado, uma vez que o governador teria excluído da base de cálculo do imposto alguns recursos. Com isso, segundo o deputado, houve a redução nos valores repassados aos municípios e à Educação.

“Ao excluir valores da base de cálculo do ICMS altera os repasses devidos, cabendo a esta Casa de Leis, corrigir tamanha afronta à legislação com a consequente reprovação das contas de governo referente o ano de 2016 ora em análise", diz trecho do voto do deputado.

Marcus Vaillant

Viana criticou também a gestão Taques e lembrou que as contas tiveram parecer favorável no Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), porém com 20 recomendações. Uma delas aponta que o Governo não observou os princípios responsáveis da gestão fiscal, que são exigidos na condução das finanças públicas.

"Pela ótica político-administrativa no cenário da Gestão Pública é também pela reprovação das Contas Anuais de Governo relativas ao Exercício de 2016, eis que o 'Estado Transformação' não melhorou a Saúde dos indivíduos, não aprimorou e tampouco aplicou os recursos necessários à qualidade da Educação, bem como não investiu o suficiente em Infraestrutura e Segurança Públicas", diz trecho do voto.

O voto de Viana ainda será apresentado na Assembleia Legislativa e submetido ao plenário. Além de Viana, fazem parte da comissão os deputados Jajah Neves (PSDB), que é o relator das contas, José Domingos Fraga (PSD), Silvano Amaral (MDB) e Wagner Ramos (PSD).
 



// matérias relacionadas

Sábado, 19 de maio de 2018

10:58 - Justiça retira estabilidade de mais um servidor da Assembleia

Sexta, 18 de maio de 2018

18:48 - Vaga do deputado Savi permanece sem suplente

Quinta, 17 de maio de 2018

19:22 - Sumiço de 4 carros faz AL investigar servidor

Quarta, 16 de maio de 2018

17:59 - Vereador Adevair Cabral vira 'deputado tampão'

10:02 - ONG Moral aciona comissão de Ética da Assembleia para investigar deputados

Quarta, 09 de maio de 2018

11:24 - Deputados votam 11 vetos, 10 mantidos e um derrubado

10:43 - Deputados aprovam contas do governo Pedro Taques do exercício 2016

Terça, 08 de maio de 2018

18:55 - Após feriadão, deputados retomam trabalhos

Segunda, 07 de maio de 2018

16:17 - TJ nega pedido de Viana para anular sessão que aprovou contas de Taques

Quarta, 02 de maio de 2018

17:36 - Marcrean vai de vereador cassado a deputado


// leia também

Terça, 22 de maio de 2018

07:30 - Sindicato de servidores quer defender RGA e organiza protesto no TCE

Segunda, 21 de maio de 2018

18:46 - Prefeitura de Cuiabá paga reajuste de 1,69% aos servidores

11:52 - Controladoria faz auditoria em gestão financeira e contábil do Estado

11:14 - Progressista descarta aliança e declara oposição a Taques

Domingo, 20 de maio de 2018

15:00 - Jayme rompe com Taques, fala em 'estelionato' e quer Mendes para governo

08:30 - Governador vai exigir que hospitais comprovem prestação de serviços

08:00 - PSD vai punir 'desobedientes' que apoiarem Taques, afirma Neurilan Fraga

Sábado, 19 de maio de 2018

15:13 - Democracia Cristã lança pré-candidatura de Roberto Barra ao Senado

08:35 - Não vou discutir o passado, diz senador ao rebater Pedro Taques

08:30 - Neurilan Fraga recua de candidatura a deputado federal e fica na AMM