WhatsApp Twuitter

Segunda, 12 de fevereiro de 2018, 09h35

justiça eleitoral

TRE funcionará na quarta-feira de cinzas; saiba como fica o atendimento ao eleitor

Andréa Martins, repórter TRE/MT


O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso informa que haverá expediente na quarta-feira de cinzas (14), das 13h às 18 horas, na sede do Tribunal e nas 57 zonas eleitorais.

Veja abaixo como ficará o atendimento aos eleitores nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande e Sinop, onde acontece a revisão do eleitorado com cadastro de dados biométricos.

Otmar de Oliveira/Agência F5


Cuiabá

A Casa da Democracia e os postos de atendimento instalados nos shoppings 3 Américas e Goiabeiras e no Ganha Tempo do CPA 1 funcionarão das 13h às 18h.

Não haverá atendimento nos postos avançados instalados na Assembleia Legislativa e no Fórum de Cuiabá, visto que nessas instituições o expediente será suspenso.

Várzea Grande


As duas centrais de atendimento ao eleitor funcionarão das 13h às 18h. Uma unidade está situada na Avenida Castelo Branco, n. 47, Centro; e a outra na Avenida Gonçalo Botelho de Campos, número 2367, bairro Cristo Rei.

Sinop

As duas centrais de atendimento ao eleitoral funcionarão das 13h às 18h. Uma unidade está situada na Rua das Grevíleas, nº 442, Setor Comercial Sul e outra na Rua das Figueiras, nº 980, Setor Comercial Norte.

Prazo se encerra em 30 de março 

O prazo para que os eleitores de Cuiabá, Várzea Grande e Sinop façam a revisão termina no dia 30 de março. Quem não comparecer a um dos postos ou centrais de atendimento terá o título cancelado

Em outros municípios do Estado, o cadastramento biométrico também está acontecendo, porém, na rotina dos trabalhos, conforme a procura. Ou seja, nos demais municípios de Mato Grosso, o eleitor não é obrigado a comparecer.

Resolução fixou horário de atendimento para quarta-feira (14). O funcionamento da Justiça Eleitoral na quarta-feira (14) está disciplinado na Resolução nº 2100/2018 aprovada pelo Pleno do TRE na sessão plenária desta sexta-feira (09/02).

De acordo com o normativo, os prazos que porventura iniciar-se ou completar-se no dia 14/02 ficam automaticamente prorrogados para o primeiro dia útil subsequente. 



// matérias relacionadas

Terça, 20 de março de 2018

13:30 - Revisão do eleitorado de Cuiabá e Várzea Grande é prorrogada até novembro

Terça, 13 de março de 2018

16:05 - TRE inaugura mais postos e unifica revisão biométrica entre Cuiabá e VG

Quinta, 08 de março de 2018

11:16 - TRE abre posto de atendimento da biometria na Univag

11:06 - Eleitora de 98 anos comparece à Justiça Eleitoral para a biometria

Segunda, 05 de fevereiro de 2018

10:22 - Posto de biometria começa a operar no Fórum de Cuiabá

Sexta, 02 de fevereiro de 2018

17:18 - Distrito da Guia terá posto para revisão e cadastramento biométrico

Segunda, 29 de janeiro de 2018

10:42 - Câmara de VG terá posto de cadastro biométrico

10:02 - TRE e Assembleia inauguram posto da biometria nesta segunda

Quinta, 25 de janeiro de 2018

07:00 - Atendimento para cadastro biométrico na Assembleia começa dia 29

Segunda, 22 de janeiro de 2018

16:06 - Posto da biometria no Ganha Tempo do CPA 1 já está funcionando


// leia também

Domingo, 22 de abril de 2018

08:58 - 'Vamos votar para tirar políticos indesejáveis do Estado', propõe Zeca Viana

08:00 - Após condenação, Wilson se diz surpreso, vai recorrer e disputará eleições

Sábado, 21 de abril de 2018

20:36 - Pivetta dispara contra Taques e o chama de 'vagabundo, mentiroso e mau caráter' - ouça

16:23 - Governo 'esquece' convênio e reabertura da Salgadeira é adiada outra vez

08:00 - Estado deve R$ 100 milhões à Assembleia de duodécimo atrasado

Sexta, 20 de abril de 2018

16:25 - Procuradoria emite 2 pareceres contraditórios sobre vereador presidir Intermat

12:12 - Fundo emergencial será destinado para a saúde, diz Botelho

Quinta, 19 de abril de 2018

15:56 - Diego deixa presidência do Intermat um dia após posse

13:10 - Mauro Mendes rebate Taques e diz que citação bíblica é para 'aparecer'

11:01 - Com problemas de saúde, Carlos Bezerra cogita deixar vida política