WhatsApp Twuitter

Domingo, 15 de abril de 2018, 08h00

Pivetta diz que Mauro é candidato e logo terá plano de governo - veja vídeo

Karine Miranda, repórter do GD


O ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT), garantiu que o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), é candidato na disputa pelo governo do Estado nas eleições deste ano. Inclusive, segundo Pivetta, um plano de governo denominado “Mato Grosso que Queremos” já estaria em elaboração.

Marcus Vaillant

Pivetta diz que Mendes é candidato ao Governo de MT

Pivetta já se colocou à disposição para ser o coordenador da campanha de Mendes.  Ele também foi o coordenador da campanha vitoriosa de Pedro Taques (PSDB) em 2014. Apesar da confirmação por parte do pedetista, Mendes ainda não se pronunciou oficialmente sobre a candidatura.

“Mauro Mendes é candidato. Se não fosse ele não estaria se filiando a partido, participando e liderando o movimento. Ele não é obrigado a dizer que é candidato. Na hora certa ele vai se pronunciar”, disse Pivetta, em entrevista ao Jornal do Meio Dia da TV Vila Real.

A candidatura de Mendes, segundo Pivetta, está sendo construída junto aos partidos “simpáticos” ao modelo de governança do Estado, que seria contrário ao que vem sendo feito pelo governador Pedro Taques, classificado por Pivetta como “perdulário” e “desgovernado”.

“Estou nessa pra corrigir o grande erro que cometemos há 4 anos: de eleger a pessoa errada para o Executivo de Mato Grosso. Estou relendo todo o projeto que tínhamos, para extrair dele o que foi feito e o que não foi feito. Percebi que temos que começar do zero, porque não foi feito nada", afirmou.

Ainda segundo Pivetta, em 10 dias estará pronto um plano de governo para Mato Grosso, que será colocado para análise dos partidos de oposição. Articulam uma candidatura contra Taques os partidos DEM, PP, Pros, PSD, PDT, PRB, PCdo B, PTB e PHS. Além de Mendes, são aventados os nomes do senador Wellington Fagundes (PR) e do ex-senador Jayme Campos (DEM) como possíveis candidatos.

Leia mais - Frustrados com a gestão Taques, 9 partidos se reúnem por projeto de oposição

“Esse projeto vai ser discutido no cenário entre os partidos que se propõem a ser oposição. A oposição, no momento certo, vai convergir para um ponto comum e daí vai sair a aprovação do projeto Mato Grosso que Queremos”, assegurou.

Questionado sobre a possibilidade de ser o vice de Mendes, cenário aventado nos bastidores, Otaviano Pivetta afirmou que “não faz questão”, mas se colocou à disposição do partido. No entanto, ele destacou que tal decisão só será tomada após a aprovação do plano de governo. “Aí na sequência vamos começar a definir nomes. Nós temos diversos candidatos bons e eu não faço questão de ser vice. Temos bons nomes pra fazer isso. Me coloquei à disposição pra qualquer função”.

Somente com muita conversa e diálogo, segundo Pivetta, é que a construção da candidatura será feita, a fim de evitar o que ocorreu com a gestão do governador. “Taques é especialista em se vingar, ameaçar, achar que ninguém gosta dele, é um mal-amado e quer contaminar o Estado com isso. Nós temos que ter a grandeza de discutir política da maneira que tem que ser discutida”, encerrou.

              Assista a entrevista no vídeo abaixo

            



// matérias relacionadas

Segunda, 23 de julho de 2018

07:30 - Fagundes mira nas lideranças partidárias que estão insatisfeitas com alianças

07:30 - Taques aposta em 'outsider' na busca pela reeleição - entrevista

Domingo, 22 de julho de 2018

11:51 - PSDB defende Taques em guerra virtual e eleitoral

11:14 - Governador reage e manda recado aos adversários

10:55 - Mendes detona Taques e cita mentiras sobre crise

Sexta, 20 de julho de 2018

15:46 - Prazo para convenções partidárias vai até 5 de agosto; confira o calendário

14:49 - Juiz vê propaganda ilegal e manda Taques retirar posts do Facebook

10:40 - Apoio do PP a Alckmin não deve interferir em Mato Grosso, garante Ezequiel Fonseca

09:34 - DEM marca convenção para oficializar Mendes e Jayme

08:06 - Composição entre MDB e DEM não agrada as bases


// leia também

Segunda, 23 de julho de 2018

07:09 - Proposta aprovada na ALMT 'sucateia' processo licitatório

Domingo, 22 de julho de 2018

20:28 - Sachetti rejeita convite de Taques e buscará chapa com Mauro Mendes

13:24 - Disputa ao governo une antigos 'adversários' políticos

12:25 - Cartilha orienta agentes públicos sobre condutas em período de campanha

11:28 - Campanha eleitoral de 3 pré-candidatos já têm coordenadores definidos

Sábado, 21 de julho de 2018

11:27 - Chapa de Taques para reeleição se define com Leitão, Sachetti e Selma

Sexta, 20 de julho de 2018

08:00 - Eu não faço isso, diz governador sobre negociação entre DEM e MDB

07:51 - PSL de Selma é liberado para coligar com PSDB de Taques

Quinta, 19 de julho de 2018

11:18 - OAB, Mendes, Fávaro e MDB negam negociação por indicação e falam em ilação

08:15 - Pedro Taques compara corrupção no governo Silval e na sua gestão