WhatsApp Twuitter

Sexta, 13 de abril de 2018, 15h11

política de mt

Taques tenta se aproximar de Jayme de todas as formas, diz Júlio Campos

Celly Silva, repórter do GD


Assumidamente na oposição ao governador Pedro Taques, o ex-governador Júlio Campos (DEM) disse que o agora adversário tenta “de todas as formas possíveis” se aproximar de seu irmão, o também ex-governador Jayme Campos (DEM), com medo de uma possível disputa nas urnas, em outubro deste ano.

Chico Ferreira

Ex-governador Júlio Campos

“Nós temos dois grandes nomes para a disputa majoritária, que é o do Jayme Campos e do Mauro Mendes, que sem dúvida alguma causa temor no atual governador, que faz de todas as formas possíveis para tentar aproximar-se do Jayme pra ver se consegue segurar alguma coisinha, algum respaldo do DEM junto a ele”, disse Júlio, em entrevista concedida à Rádio Capital FM, na manhã desta sexta-feira (13).

Leia também - Líder aponta 'disputa' entre Mendes e Jayme ao Executivo

Mas o democrata afirmou que seu partido já definiu que lançará candidatura majoritária própria, ou seja, contra Taques, o que vem sendo noticiado há algumas semanas pelo Gazeta Digital, com declarações do ex-presidente da legenda, o deputado estadual Dilmar Dal Bosco. “Isso já está definido! No dia em que o Dilmar Dal Bosco, nosso ex-presidente e novo tesoureiro do partido, deixou a liderança do governo, era sinal de que o DEM estava fora da administração estadual e não havia possibilidade de voltarmos a fazer composição com o PSDB, com o Pedro Taques, nas eleições deste ano”, atestou Júlio.

Marcus Vaillant

Governador Pedro Taques

O membro da diretoria do DEM em Mato Grosso afirmou que o partido já está articulado com outros partidos para enfrentar Taques e criticou o fato do governador não aceitar a situação. “Nós estamos reunindo, preparando o partido para a disputa eleitoral e conversando com outros partidos. É pensamento do DEM e o governador tem que entender isso, que nós temos condição de crescer majoritariamente em Mato Grosso”, afirmou.

Campos também criticou o governador por tentar minimizar a força dos Democratas, reduzindo o partido ao nome de Jayme Campos. “Ele finge de morto. Ele quer menosprezar a minha figura, como de outros grandes líderes. Embora o Jayme Campos seja a grande estrela nossa para um dos cargos majoritários de 2018, o DEM hoje já tem um novo controle, dirigentes, nós somos uma comissão provisória de 8 membros ilustres”, destacou.  



// matérias relacionadas

Quarta, 18 de julho de 2018

13:54 - Dinheiro vivo declarado na eleição será fiscalizado

Terça, 17 de julho de 2018

15:30 - Líder do PR diz que bancada está dividida entre Lula e Bolsonaro

11:22 - Marina lança site para arrecadar recursos e financiar campanha eleitoral

Segunda, 16 de julho de 2018

11:37 - MBL pede que TSE declare Lula inelegível antes de registro de candidatura

Domingo, 15 de julho de 2018

11:01 - Justiça manda governador Pedro Taques explicar gastos em reuniões com servidores

Sexta, 13 de julho de 2018

15:52 - Flávio Rocha desiste de candidatura à Presidência

14:29 - Marun diz que ano eleitoral influencia pauta do Congresso

Quinta, 12 de julho de 2018

13:38 - Collor volta a falar que é pré-candidato e que Lula é vítima de injustiça

Quarta, 11 de julho de 2018

14:37 - PRB mantém candidatura de Flávio Rocha e se diz 'usado' pelo 'Centrão'

Segunda, 09 de julho de 2018

17:00 - Datena desiste de candidatura ao Senado e volta à TV


// leia também

Quarta, 18 de julho de 2018

15:41 - PSL veta PSDB e mais 8 siglas dificultando candidaturas de Selma e Galli - veja documento

13:55 - Disputado por todos, Adilton Sachetti diz que anunciará aliança na 2ª

09:35 - 'É o caminho natural', diz Galli sobre aliança com o governador Pedro Taques

07:48 - União de partidos considerados nanicos caminha para ruptura

07:36 - Wellington Fagundes mantém candidatura de oposição

07:15 - Já tem político tentando me calar, afirma Taques

Terça, 17 de julho de 2018

16:20 - Taques diz que ex-aliados já o conheciam e terão que explicar rompimento

13:55 - Zé do Pátio assume coordenação da campanha de Pedro Taques

10:00 - MDB fecha com Mauro e 'culpa' Wellington Fagundes por mudança de palanque

09:16 - Ninguém consegue enganar tanta gente por muito tempo, diz Pivetta sobre governador