WhatsApp Twuitter

Segunda, 07 de maio de 2018, 16h17

TJ nega pedido de Viana para anular sessão que aprovou contas de Taques

Celly Silva, repórter do GD


A desembargadora Maria Erotides Kneip, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) indeferiu o mandado de segurança impetrado pelo deputado estadual Zeca Viana (PDT) contra o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) Eduardo Botelho (DEM) e o presidente da Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária, deputado Wilson Santos (PSDB), que realizaram sessão extraordinária, no dia 17 de abril, e aprovaram o relatório a favor da aprovação das contas do governador Pedro Taques (PSDB), referentes a 2016.

Chico Ferreira

Desembargadora Maria Erotides Kneip

Na liminar, Viana pedia que Botelho fosse proibido de incluir as contas de governo na pauta de votação do plenário da Assembleia. Ele argumentou que houve ofensa ao regimento interno da ALMT pois a matéria não poderia ter tramitado sob o regime urgência.

Porém, a desembargadora entendeu que “não houve ofensa às normas regimentais” e negou o pedido. A decisão foi proferida na última sexta-feira (4).

Leia também - O Zeca queria estar apreciando as contas de 1500!, dispara Wilson Santos

Apesar da decisão da Justiça, o próprio deputado Wilson Santos, que preside a comissão de fiscalização do orçamento, enviou ofício para os demais membros, marcadando uma reunião para a próxima quarta-feira (9), para deliberar sobre a anulação ou não da sessão ocorrida no dia 17 de abril e também já agendou outra reunião para a quinta-feira (10), onde consta como pauta a apreciação do parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE) sobre as contas de gestão de Pedro Taques, referente a 2016, ou seja, voltando novamente todo o processo.

Apesar dos ofícios terem sido enviados com a data desta segunda-feira (7), a assessoria de Wilson Santos informou que não há mais confirmação das novas reuniões para tratar das contas de gestão, uma vez que a decisão judicial somente foi publicada agora.  



// matérias relacionadas

Sábado, 19 de maio de 2018

10:58 - Justiça retira estabilidade de mais um servidor da Assembleia

Sexta, 18 de maio de 2018

18:48 - Vaga do deputado Savi permanece sem suplente

Quinta, 17 de maio de 2018

19:22 - Sumiço de 4 carros faz AL investigar servidor

Quarta, 16 de maio de 2018

17:59 - Vereador Adevair Cabral vira 'deputado tampão'

10:02 - ONG Moral aciona comissão de Ética da Assembleia para investigar deputados

Quarta, 09 de maio de 2018

11:24 - Deputados votam 11 vetos, 10 mantidos e um derrubado

10:43 - Deputados aprovam contas do governo Pedro Taques do exercício 2016

Terça, 08 de maio de 2018

18:55 - Após feriadão, deputados retomam trabalhos

Quarta, 02 de maio de 2018

17:36 - Marcrean vai de vereador cassado a deputado

11:40 - Após feriadão de 11 dias, Assembleia Legislativa realizará sessões duplicadas


// leia também

Terça, 22 de maio de 2018

18:17 - Câmara cassa vereador acusado por sexo com menor e dinheiro falso

07:30 - Sindicato de servidores quer defender RGA e organiza protesto no TCE

Segunda, 21 de maio de 2018

18:46 - Prefeitura de Cuiabá paga reajuste de 1,69% aos servidores

11:52 - Controladoria faz auditoria em gestão financeira e contábil do Estado

11:14 - Progressista descarta aliança e declara oposição a Taques

Domingo, 20 de maio de 2018

15:00 - Jayme rompe com Taques, fala em 'estelionato' e quer Mendes para governo

08:30 - Governador vai exigir que hospitais comprovem prestação de serviços

08:00 - PSD vai punir 'desobedientes' que apoiarem Taques, afirma Neurilan Fraga

Sábado, 19 de maio de 2018

15:13 - Democracia Cristã lança pré-candidatura de Roberto Barra ao Senado

08:35 - Não vou discutir o passado, diz senador ao rebater Pedro Taques