WhatsApp Twuitter

Terça, 08 de maio de 2018, 09h00

nada decidido

Possibilidade de Mauro ser vice de Pivetta não agrada Jayme Campos

Celly Silva, repórter do GD


Após o ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (DEM) sinalizar para a possibilidade de ser candidato a vice-governador na chapa do ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT), o ex-senador Jayme Campos (DEM), disse que essa postura do correligionário ainda não foi apresentada ao partido. “Eu desconheço esse assunto, até porque o Mauro falou que ele coloca o nome dele à disposição para ser vice do Pivetta. Tanto Mauro quanto Pivetta são 2 grandes cidadãos. Agora, é um assunto que nós não podemos atropelar o processo. Esse assunto tem que ser levado para o partido”, disse o democrata.

João Vieira

Jayme Campos

Leia também - Viana aposta em chapa Pivetta-Mendes e tentará apoio de Fagundes

Jayme reconheceu que colocar-se como disponível para ser vice é um “direito líquido e certo” de Mendes enquanto cidadão, porém, defendeu que o partido, enquanto instituição ao qual o ex-prefeito é filiado, deve participar dessa decisão. “Não só o colegiado, que representa através de 8 pessoas pela comissão provisória, mas se possível também ouvir os diretórios municipais. O partido tem dito reiteradas vezes que gostaria de ter candidatura própria não só para governador, mas a senador”, destacou Jayme.

O ex-senador deu sinais de que não gostou da declaração do ex-prefeito de Cuiabá. “O fato do Mauro querer ser vice na chapa de Pivetta é uma decisão de foro íntimo e pessoal dele, não é uma decisão partidária”, acrescentou. 

No entanto, o democrata ponderou que não pode chamar Mauro Mendes de precipitado pois este é “preparado, vacinado, maior de idade” e “sabe muito bem o que está querendo”. “Não seria eu que ia falar pra ele que ele não pode ser candidato a vice”. Mesmo assim, Jayme Campos afirmou que o prazo de 20 de maio, que Mauro Mendes pediu para dizer se será ou não candidato nas eleições deste ano, ainda está de pé para que o ex-prefeito anuncie sua decisão.  



// matérias relacionadas

Sexta, 17 de agosto de 2018

19:49 - MPE barra candidatura de Miguelão a deputado

19:35 - TRE define tempo de propaganda no rádio e TV

18:31 - Pecival Muniz declara apoio a Jayme Campos para o Senado

16:21 - TRE nega pedido de Mendes para exonerar 20 assessores do governo

16:15 - Fagundes promete não ficar 'preso' no Palácio se for eleito governador

15:20 - Rui Prado rebate Fávaro e lembra que papel de vice é de ajudar o governo

13:03 - Tenente-coronel manda recado a Mauro Mendes por criticar escala de policiais - veja vídeo

11:46 - Selma Arruda consegue autorização judicial para acessar dados de pesquisa

09:54 - Justiça condena Juca do Guaraná a retirar gabinete itinerante de circulação

07:26 - Burocracia reduz campanha em circulação


// leia também

Sexta, 17 de agosto de 2018

07:15 - Estado faz contraproposta ao projeto de reajuste do FEX

Quinta, 16 de agosto de 2018

19:23 - Deputado Baiano Filho desiste de reeleição e deve apoiar Mendes ao governo

17:29 - Mauro Mendes é gravado criticando escala de PMs e depois fala em fake news - ouça áudios

16:57 - Jayme aponta vantagem de Mauro Mendes em relação a adversários

14:14 - Câmara de Cuiabá institui sessão única durante período eleitoral

13:25 - Ex-secretária de Saúde confirma que nepotismo a fez deixar gestão de Emanuel

13:00 - Mendes inicia campanha criticando gestão Taques e atrasos de repasses

09:55 - Juiz manda retirar outdoor favorável a Bolsonaro em Alta Floresta

07:22 - Candidatos já podem começar a pedir votos

Quarta, 15 de agosto de 2018

19:00 - Taques só entende de grampos ilegais, reage advogado do senador Medeiros