WhatsApp Twuitter

Sábado, 26 de maio de 2018, 11h52

SAÚDE

Diretor de hospital faz alerta sobre situação dos filantrópicos a Carlos Fávaro

De Cuiabá, por assessoria


O presidente regional do PSD, Carlos Fávaro, visitou na sexta-feira (25), o Hospital Santa Helena, em Cuiabá. Ele foi conhecer a realidade da instituição, que é referência, no Estado, em maternidade, UTI neonatal e atendimento a bebês prematuros. Em média, mais de mil gestantes são atendidas, mensalmente, com 25 partos realizados por dia.

Divulgação

Carlos Fávaro e Marcelo Sandrim

Só na UTI neonatal o Santa Helena dispõe de 35 leitos, sendo 25 deles destinados a pacientes do SUS. Mas esse atendimento está ameaçado, por falta de recursos. O diretor do Hospital, Marcelo Sandrin, diz que o deficit mensal nos atendimentos do SUS chega a R$ 700 mil. Além disso, segundo ele, a verba que deveria ter custeado as despesas do mês de fevereiro só foi repassada agora, na metade do mês de maio.

Sandrin cobrou de Carlos Fávaro o empenho da bancada do PSD, na Assembleia Legislativa, para aprovação do Fundo Emergencial destinado a atender ao setor da Saúde. “Além do Santa Helena, outros hospitais beneficentes também enfrentam dificuldades em manter o atendimento, por falta de dinheiro”, afirmou.

O médico fez ainda um alerta de que se a situação dos hospitais filantrópicos não for sanada, muitas pessoas poderão morrer, por falta de atendimento. Carlos Fávaro assegurou o compromisso da bancada do partido em aprovar o projeto, na Assembleia. “A Saúde precisa de uma solução e isso tem que ser rápido. Vamos conversar com a bancada para acelerar este processo”, afirmou.

Hospital-Geral

Com 51 anos de existência, o Hospital Santa Helena é referência em Maternidade há 10 anos. Com um corpo clínico de 160 médicos e 500 funcionários, atende como um hospital geral, com todas as especialidades médicas, além de 26 vagas de UTI para pacientes adultos.

Das cerca de 1.300 pessoas que recebem alta, todo mês, 1.000 são pacientes do SUS. Na busca de alternativas econômicas, para compensar a falta de recursos oficiais, o hospital possui, há mais de 20 anos, a própria usina de produção de Oxigênio, gerando uma economia de 92% nesse quesito.

Além disso, atualmente, cerca de 20% da energia elétrica consumida vem de painéis fotovoltaicos, instalados nos telhados do prédio. Um investimento que deverá ser ampliado, em breve, através de parcerias firmadas com o setor privado. 



// matérias relacionadas

Terça, 19 de junho de 2018

09:06 - Governador afirma que equipamentos do Pronto Socorro já estão sendo negociados

Segunda, 18 de junho de 2018

08:31 - Número de obesos entre jovens mais que dobra em uma década

Sexta, 15 de junho de 2018

11:29 - Prefeitura tem aval do Estado para alugar equipamentos hospitalares

Quinta, 14 de junho de 2018

21:00 - Pelo menos 1,6% da população brasileira doa sangue; jovens são maioria

17:20 - Mulher aguarda 13h para ser atendida na UPA e marido se revolta

Quarta, 13 de junho de 2018

09:56 - Três em cada quatro idosos que fraturam o fêmur têm osteoporose

Sexta, 08 de junho de 2018

13:20 - Fundo emergencial de R$ 183 milhões não está atrelado à saúde, diz Botelho

Terça, 05 de junho de 2018

09:22 - Menina com hipotireoidismo ganha liminar, mas não consegue exame em hospital

Segunda, 04 de junho de 2018

12:52 - ANS suspende comercialização de 31 planos de saúde por reclamações

Quinta, 31 de maio de 2018

08:52 - Em Mato Grosso, 11 mortes estão confirmadas por Influenza


// leia também

Domingo, 24 de junho de 2018

09:30 - Wilson Santos apresenta cronograma para votação da LDO na Assembleia

09:00 - Taques tenta reaproximação e oferece vaga de vice ao PSD

08:30 - Deputado alerta que candidatos devem estar dispostos a ter vida vasculhada

07:30 - Rui Prado defende parlamentarismo no Brasil para evitar 'traumas políticos'

Sábado, 23 de junho de 2018

08:30 - Emanuel sanciona lei que o autoriza fazer empréstimo de R$ 51 milhões

08:15 - Ninguém quer ver bate boca de lavadeira, diz Jayme Campos

08:00 - Taques vê complô entre Mendes e Fagundes e não aceitará ser 'esculhambado'

Sexta, 22 de junho de 2018

13:15 - PSB quer eleger 2 deputados e busca aliança com grupo de Pedro Taques

10:15 - Guerra de CPIs na Câmara pode atingir a campanha de Mauro Mendes

07:25 - Pedro Taques se prepara para receber verba do PSDB e iniciar campanha