WhatsApp Twuitter

Quarta, 06 de junho de 2018, 20h17

Contas de Taques são aprovadas na AL; apenas 2 votam contra

Karine Miranda, repórter do GD


Os deputados estaduais aprovaram, em sessão plenária nesta quarta-feira (6), as contas de gestão do governador Pedro Taques (PSDB) referentes ao ano de 2016. A votação ocorreu após as contas serem colocadas em pauta por várias vezes e a votação sempre adiada em razão da falta de quórum. Foram 17 votos a favor da aprovação e 2 contra.

Otmar de Oliveira

Por unanimidade, AL aprova contas de Taques

As contas tiveram parecer favorável da Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária mesmo com a promessa do deputado estadual Zeca Viana (PDT) de apresentar voto em separado pela reprovação das contas.

Leia mais  - Deputado quer apresenta voto em separado para reprovar contas de Taques

Na tribuna, o deputado José Domingos Fraga (PSD), presidente da Comissão, explicou que o voto de Viana não poderia ser colocado para análise do plenário, uma vez que não foi apresentado e discutido no âmbito da comissão, que deveria votar o parecer paralelo.

“Ele perdeu a oportunidade de apresentar seu parecer separado quando ele não discutiu seu voto lá na comissão. Então, ele perdeu a oportunidade de apresentar seu voto em separado aqui”, esclareceu.

Ao ler o parecer feito pela comissão, Fraga citou várias irregularidades das contas, como o não repasse integral do duodécimo aos Poderes, o não repasse dos valores relacionados à atenção básica da saúde aos municípios, bem como o atraso no repasse do ICMS aos municípios.

Ele afirmou ainda que as irregularidades foram apontadas pelo Ministério Público de Contas (MPC) e são alvos de 20 recomendações do Tribunal de Contas do Estado (TCE), mesmo com o parecer favorável do órgão. Apesar disso, Fraga confirmou que o parecer era pela aprovação das contas.

“Rezo para que irregularidades tão graves como essas não aconteçam de forma recorrente nas contas de 2017. Mas em função da minha coerência e experiência, recomendo o voto ‘sim’ para que o Governo possa se aperfeiçoar e monitorar, para que irregularidades tão graves como essa não sejam discutidas nas contas de 2017”, disse.

Apenas os deputados Allan Kardec (PDT) e Valdir Barranco (PT) votaram pela reprovação das contas. “Estou muito tranquilo em fazer meu voto contrário acompanhando o entendimento do deputado Zeca Viana e também a recomendação do Ministério Público de Contas”, justificou Allan Kardec.



// matérias relacionadas

Terça, 14 de agosto de 2018

15:24 - Botelho devolve 2 pedidos de abertura de CPI e deputada promete ir à justiça

Sábado, 11 de agosto de 2018

10:05 - AL deve cumprir regimento ao conceder títulos

Quarta, 08 de agosto de 2018

13:20 - Botelho trata CPI dos Grampos como assunto 'melindroso' na AL

Terça, 07 de agosto de 2018

16:30 - TCE bloqueia R$ 16,6 milhões de Romoaldo, Savi e mais 5 por superfaturamento

14:35 - Gilmar Fabris é ouvido no Gaeco sobre abastecimento com cartões da AL

13:30 - Suplente aciona AL para assumir vaga de Savi, preso há 3 meses

10:07 - Oposição e governistas disputam quem irá comandar CPI dos Grampos

Quinta, 02 de agosto de 2018

13:37 - Operação sugere repetição de esquemas antigos

10:20 - Fux manda investigação contra Ezequiel Fonseca para o Tribunal de Justiça

Segunda, 30 de julho de 2018

20:10 - Sessões da Assembleia Legislativa serão retomadas na quarta-feira


// leia também

Quinta, 16 de agosto de 2018

09:55 - Juiz manda retirar outdoor favorável a Bolsonaro em Alta Floresta

07:22 - Candidatos já podem começar a pedir votos

Quarta, 15 de agosto de 2018

19:00 - Taques só entende de grampos ilegais, reage advogado do senador Medeiros

15:34 - Arthur Nogueira registra candidatura ao governo de Mato Grosso pela Rede

14:27 - Advogado vê deficiência política e afirma que Arcanjo é mais forte que Taques

11:55 - Diego fala transparência e valorização de servidores se for presidente da Câmara

09:50 - Selma Arruda acredita em ação de hacker contra Pedro Taques

07:38 - Oposição vai questionar na Justiça decreto de Taques para parcelamento

07:20 - Taques publica decreto para pagar dívidas em 11 vezes

Terça, 14 de agosto de 2018

18:44 - Taques registra candidatura e diz não temer 'complô' de adversários