WhatsApp Twuitter

Segunda, 11 de junho de 2018, 11h10

sem pressão

MDB quer Juarez como vice de Fagundes, mas senador espera convenção

Celly Silva, repórter do GD


O MDB tem buscado ficar com o cargo de vice-governador na chapa encabeçada pelo senador Wellington Fagundes (PR) para as eleições deste ano. A proposta ocorre mediante vários argumentos, como o fato de ter sido o 1º partido a apoiar o projeto do republicano, de estar no comando dos municípios com maior número de eleitores, além de ter uma bancada estadual e federal expressiva, conforme explicou o deputado federal Valtenir Pereira para o Gazeta Digital, nesta segunda-feira (11).

Marcus Vaillant

Valtenir tenta convencer Wellington de aceitar Juarez como vice

“Eu acho isso extremamente salutar e importante porque o MDB hoje, no estado de Mato Grosso, é o partido que administra cidades cuja soma do número de eleitores é a maior. As médias e grandes cidades estão nas mãos do MDB”, disse o parlamentar, citando os municípios de Cuiabá, Alta Floresta, Barra do Garças, Primavera do Leste, Pedra Preta, entre outros. “É uma força significativa para a chapa do senador Wellington Fagundes”, complementou.

De acordo com Valtenir, o MDB tem defendido nas reuniões da chapa que o vice seja o ex-prefeito de Sinop Juarez Costa, que, segundo o deputado, saiu com boa avaliação da prefeitura e representa a região Norte. “A gente está oferecendo ao senador Wellington um quadro qualificado pra poder ajudar na gestão do próximo governo de Mato Grosso”, afirmou.

O pré-candidato Wellington Fagundes, por sua vez, afirma que o nome de seu vice será discutido “no momento certo”, que acredita ser as convenções partidárias previstas para ocorrer entre o final de julho e início de agosto.


Ex-prefeito Juarez Costa

Em entrevista à Rádio Capital FM, na manhã desta segunda-feira (11), Fagundes afirmou que é natural o interesse do MDB pela vaga e confirmou que lideranças como os deputados federais Carlos Bezerra e Valtenir Pereira têm feito esse tipo de defesa.

“O MDB é um partido muito forte, enraizado, presente em todos os municípios do estado de Mato Grosso, um partido que tem uma força nacional. Claro, é natural que o MDB esteja presente em todas essas discussões. Isso a gente tem visto de forma muito presente por meio das lideranças do MDB”, relatou.

Por sua vez, Valtenir afirma que os demais partidos da composição não têm apresentado resistência à proposta do MDB já que é a legenda com a maior estrutura. Argumenta ainda que os demais partidos como PP, PSD e PC do B já apresentaram seus nome para a pré-candidatura ao Senado. Questionado se Juarez estaria participando das reuniões de chapa e viajando com Wellington pelo interior, Valtenir afirmou que o ex-prefeito tem priorizado fortalecer seu nome em sua região.



// matérias relacionadas

Segunda, 18 de junho de 2018

11:52 - Sachetti fala em disputar no grupo Mauro e Jayme

Domingo, 17 de junho de 2018

08:58 - Pré-candidata Margareth Buzetti não se apega a cargo e quer destravar economia - vídeo

Sábado, 16 de junho de 2018

08:00 - Emanuel avalia que pré-candidatura de Mauro Mendes não muda cenário

Sexta, 15 de junho de 2018

18:53 - Taques rebate críticas, fala em fake news e dá recado

18:12 - Jayme e Mauro percorrem o interior em avião

16:33 - Casal que ajudou fundar a Rede pede desfiliação

Quinta, 14 de junho de 2018

12:05 - Juíza Selma Arruda enfrenta dificuldades na formação de chapa - veja vídeo

09:45 - Emanuel Pinheiro quer senador da baixada e diz que apoia Jayme Campos

Quarta, 13 de junho de 2018

16:45 - Pivetta mantém candidatura e não quer enfrentar Mendes, diz Viana

16:08 - Vídeos antigos contra Mendes voltam a circular


// leia também

Segunda, 18 de junho de 2018

18:12 - Auditor de carreira assume a Controladoria Geral do Estado

16:20 - Taques diz que vai cancelar escolta de Selma, mas nega ilegalidade

15:43 - CPI da Saúde terá vereadores da base do prefeito como relator e membro

13:30 - Selma Arruda ganha escolta de empresa de segurança privada

07:22 - Leitão corre atrás de assinaturas para diminuir deputados e senadores

07:15 - Emanuel quer base unida para eleição da Mesa Diretora na Câmara

Sábado, 16 de junho de 2018

15:15 - Gustavo de Oliveira descumpre estatuto da FIEMT e pode sofrer impugnação

11:17 - Ex-reitora da UFMT admite dificuldade na disputa ao Senado

10:51 - Vereador propõe que cargo de chefia só pode ser exercido por servidor efetivo

Sexta, 15 de junho de 2018

14:36 - Apenas duas empresas se interessam por licitação de R$ 11 bilhões