WhatsApp Twuitter

Quinta, 28 de setembro de 2017, 15h23

Cynthia Lemos

É preciso ter coragem para ser você

Cynthia Lemos


"Aceitamos programações impostas pela sociedade sem questionar."
Sutilmente somos programados para uma mente coletiva, e muitas pessoas passam uma vida inteira sendo regidas por um pensamento coletivo que lhes foi cravado, e que simplesmente, sem questionamento aceitou, absorveu e tem repetido estes no dia a dia.

"Meninos usam azul, devem ser fortes e não podem chorar."
"Meninas usam rosa, devem ser delicadas e aprender a cozinhar, para não ficarem solteiras."
"Festa de 15 anos é tradição!"
"Homem que chora é fraco!"

Segundo esses padrões, para aqueles que fugirem a regra, resta a difícil missão de viverem a margem da sociedade, "infelizes".

Você muitas vezes acreditou nisso. Você acreditou que seguindo essas orientações impostas como verdade absoluta, conseguiria ter uma vida plena, ser aceito, reconhecido e amado.

Mas, depois de um tempo, seguindo esses padrões, tem uma grande surpresa, percebe que aquilo que lhe foi pregado por uma vida inteira, como promessa de felicidade plena, na verdade lhe trouxe um vazio muito maior.

Frustrado, perdido e infeliz, ainda segue, pois sabe, lá no seu interior, que muitas das suas decisões foram tomadas pautadas no que o outro pensava, no que a sociedade ditava, e percebe agora que essas mesmas decisões, que prometiam acolhimento e amor, acabou que o tornou assim, meio indigente, meio sem direção, frustrado.

Justo aqueles padrões que prometiam que se fossem seguidos - trariam a felicidade. Justo eles... trouxeram a angústia e o vazio.

Aí você percebe que precisa fazer alguma coisa.

NÃO dá mais para viver do jeito que viveu até agora!

Nesse momento, você resolve buscar ajuda, e entende que na verdade, a felicidade, está em primeiro respeitar sua essência... Fazer escolhas, primeiro olhando para si, sendo você mesmo, tendo CORAGEM de dizer o que pensa, de escolher outra coisa, ou até escolher o que lhe é imposto, mas de forma consciente, de livre e espontânea vontade. Sabe que a partir de agora, SER FELIZ está diretamente ligado com SER LIVRE, praticar o livre arbítrio... de olhar além do que lhe é mostrado.

Você descobre neste momento, que aplicando essa coragem, não se torna menos, não é excluído, não é rejeitado, não é ameaçado, porque na verdade, A ÚNICA PESSOA CAPAZ DE LHE DIMINUIR É VOCÊ MESMO. Por que você sim é o SENHOR de SI MESMO, e só você tem a permissão de permitir que outras pessoas tenham esse poder sobre você, sendo assim, VOCÊ PODE SER O QUE VOCÊ QUISER, pois neste momento, você sabe que a maior riqueza deste mundo esta no SER, para TER, e esta é a ordem... e nela você poderá "Honrar e Respeitar a sua História", e assim escrevê-la do jeito que quiser, porque no fim a História é sua, e você é o Autor!

 

Cynthia Lemos é Psicóloga Empresarial e Coach na Grandy Desenvolvimento Humano. Email: cynthia@grandy.com.br 



// matérias relacionadas

Sexta, 12 de janeiro de 2018

11:41 - Problemas com Funcionário? Se não der certo, troca!

Sábado, 06 de janeiro de 2018

15:17 - Como você avalia os prós e contras de suas decisões?

Sexta, 29 de dezembro de 2017

10:05 - Quem é o seu gerente?

Quinta, 14 de dezembro de 2017

15:04 - Querida Joana...

Quinta, 07 de dezembro de 2017

10:48 - Crescer exige mudanças

Segunda, 06 de novembro de 2017

11:06 - Amizade e Liderança no Trabalho, é possível?

Sexta, 27 de outubro de 2017

14:40 - Eu não sou feliz com meu trabalho, e agora?

Quinta, 31 de agosto de 2017

15:07 - Você tem o direito de errar

Segunda, 14 de agosto de 2017

16:18 - Conquistas difíceis são como jabuticabeiras

Quarta, 19 de julho de 2017

10:01 - Quantas vezes você disse sim, querendo dizer não?


// leia também

Domingo, 21 de janeiro de 2018

00:00 - Doce ilusão! Será?

00:00 - Um ponto fora do eixo!

00:00 - Trabalho Raro ou Trabalho Raso - 4

00:00 - Respeita-se, tolera-se

00:00 - A sociedade evoluiu?

Sábado, 20 de janeiro de 2018

00:00 - A política e os políticos

00:00 - Externalidades do controle externo

00:00 - O ano das atenções ao Judiciário

00:00 - As andanças do lixo ocidental

00:00 - Democracia em xeque