WhatsApp Twuitter

Terça, 25 de abril de 2017, 08h34

Economia

Decisão do Carf isenta Itaú de pagar multa de R$ 25 bi à Receita Federal


Uma decisão do Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) impôs uma derrota bilionária à Receita Federal.

Por 5 votos a 3, o órgão decidiu que o Banco Itaú não tem de pagar R$ 25 bilhões em tributos pela fusão com o Unibanco.

A maioria do conselho entendeu que a estrutura societária utilizada pelos dois bancos no processo de fusão, em 2008, foi legal.

Para a maior parte dos conselheiros, não caberia cobrar Imposto de Renda Pessoa Jurídica e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido por ganhos de capital, quando um patrimônio se valoriza ao ser vendido.

Divulgação

Vinculado à Receita Federal, o Carf julga, na esfera administrativa, a cobrança de multas e de tributos em atraso.

A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional informou que vai recorrer à Câmara Superior, a máxima instância do Carf, para tentar reverter a decisão.

Para a Receita Federal, a fusão gerou ganho de capital de R$ 17 bilhões. Isso porque, em 2008, os acionistas do Unibanco receberam ações em duas etapas: primeiramente do Banco Itaú e depois da Itaú Holding (conglomerado que controla o banco). Segundo o Fisco, as ações foram emitidas por R$ 12 bilhões, mas o Itaú recebeu R$ 29 bilhões ao repassar os papéis aos acionistas do Unibanco.

A cobrança de tributos sobre a fusão do Itaú e do Unibanco é o processo de maior valor que tramita no Carf. Em julho do ano passado, a Operação Zelotes da Polícia Federal prendeu o ex-relator do processo sob a acusação de que ele tinha cobrado propina do Itaú para votar a favor do banco. Segundo a PF, a própria instituição financeira denunciou o advogado e colaborou com as investigações. O conselheiro foi desligado do Carf.

Itaú responde

Em comunicado à Agência Brasil, no final da tarde, o Itaú Unibanco esclareceu que, no julgamento de hoje, "o Carf ratificou a regularidade e legitimidade dos atos da fusão do Itaú com o Unibanco da forma como foram integralmente aprovados pelo Banco Central, pela Comissão de Valores Mobiliários e pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). Temos convicção de que a decisão do Carf será corroborada em todas as instâncias". 



// matérias relacionadas

Quinta, 22 de fevereiro de 2018

13:33 - Previsão do Banco do Brasil é crescimento de 2,8% do PIB em 2018

Quarta, 14 de fevereiro de 2018

10:54 - Bancos de Cuiabá e VG deixam clientes na mão

09:29 - Bancos reabrem ao meio-dia; contas que venceram no carnaval podem ser pagas hoje

Sexta, 26 de janeiro de 2018

09:10 - Indicações políticas ainda predominam em bancos oficiais

Quarta, 24 de janeiro de 2018

08:47 - Conselho da Caixa destitui três vice-presidentes afastados e um volta ao cargo

Sábado, 13 de janeiro de 2018

09:35 - BNDES acerta devolução de R$ 130 bilhões ao Tesouro Nacional

Quinta, 28 de dezembro de 2017

08:34 - Agências bancárias de todo o país fecham amanhã e reabrem terça-feira

Quarta, 27 de dezembro de 2017

09:05 - Saque acima de R$ 50 mil deve ser informado com 3 dias úteis de antecedência

Quarta, 13 de dezembro de 2017

08:39 - Acordo prevê pagamento à vista para poupadores que receberão até R$ 5 mil

Sábado, 09 de dezembro de 2017

09:00 - Banco Central pode ter de explicar inflação baixa pela primeira vez


// leia também

Sexta, 23 de fevereiro de 2018

18:30 - É possível que reforma da Previdência fique para 2019, admite Meirelles

17:35 - Cerca de 43% dos municípios ainda não prestaram contas de gastos com educação

15:38 - Contribuintes podem quitar IPVA sem juros e multas até dia 28

15:06 - Quatro bancos brasileiros acumularam lucro de R$ 57,6 bilhões em 2017

14:16 - Receita exigirá mais informações do contribuinte na declaração de 2019

11:43 - País tem 2,786 milhões de pessoas buscando trabalho há 2 anos ou mais, diz IBGE

09:35 - Demonstrativo de rendimentos já está disponível no site do INSS

09:14 - Pesquisa do IBGE mostra que 26,3 milhões de pessoas estão sem emprego

Quinta, 22 de fevereiro de 2018

21:58 - CMN aumenta teto de financiamento para produtores de baixa renda comprarem terra

18:05 - Caixa abre programa de desligamento e espera economia de R$ 500 mi ao ano