WhatsApp Twuitter

Terça, 30 de maio de 2017, 08h14

convergência nas taxas

Novo presidente do BNDES defende juro de mercado em empréstimos do banco


O futuro presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, que atualmente dirige o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), defendeu a convergência dos juros da instituição de fomento com as taxas cobradas no mercado. Segundo ele, um dos principais desafios do Brasil é construir uma estrutura a termo de taxas de juros, reduzindo subsídios.

O economista lembrou que, hoje, a estrutura a termo de taxa de juros é estritamente atrelada a títulos públicos. "O Brasil tem uma carência de operações que formem efetivamente a taxa de juros de longo prazo", disse Rabello de Castro, em entrevista coletiva pouco antes do lançamento da Agência IBGE Notícias, no Rio.

Para o futuro presidente do BNDES, o banco de fomento precisa fortalecer as operações de longo prazo no mercado de capitais, com ampliação da participação privada, para que o País realmente tenha um mercado de longo prazo. "O BNDES tem que ser como um pai que ajuda a caminhar e também sabe soltar a bicicleta", afirmou Rabello de Castro.

Nesse quadro, a "taxa de juros é quase um detalhe". "As taxas do BNDES têm que convergir para o mercado", disse Rabello de Castro, lembrando que isso dependerá de medidas de políticas fiscal que não estão na alçada do BNDES. "Temos que começar a fazer o exercício do desapego desse conceito do subsídio. Temos que fazer o Brasil convergir para a normalidade", afirmou Rabello de Castro, completando que "o principal apoio que o BNDES pode dar ao mercado é a disponibilidade do apoio", e não juros baixos.

"(O mercado de crédito) tem que funcionar de modo normal. O que requer um abandono da ideia de que você tem de ter segmentos subsidiados", afirmou.

 



// matérias relacionadas

Segunda, 21 de maio de 2018

17:35 - Santander pagará à vista indenizações por perdas em planos econômicos

Terça, 15 de maio de 2018

09:24 - Bradesco reduz juro mínimo no consignado de beneficiários do INSS para 1,80%

Sexta, 11 de maio de 2018

11:57 - Lucro de grandes bancos supera gasto com calote pela 1ª vez desde a crise

Sábado, 05 de maio de 2018

10:58 - Bancos ampliam caixas compartilhados; clientes reclamam de cédulas

Terça, 17 de abril de 2018

13:12 - Quatro bancos concentram 78,5% do crédito no país

Segunda, 16 de abril de 2018

13:13 - Caixa, Santander e BB lideram ranking de reclamações contra bancos

Terça, 27 de março de 2018

09:07 - Caixa fecha 2017 com lucro recorde de R$ 12,5 bi, 202,6% superior ao de 2016

Sexta, 09 de março de 2018

11:31 - Cheque especial vai ter nova fórmula

Quarta, 28 de fevereiro de 2018

16:52 - Clientes do Santander relatam pane no sistema do banco

Quinta, 22 de fevereiro de 2018

13:33 - Previsão do Banco do Brasil é crescimento de 2,8% do PIB em 2018


// leia também

Domingo, 24 de junho de 2018

17:00 - Portabilidade de crédito cresce quase 100% em 2017

14:00 - Protesto na Alemanha pede veto ao carvão para gerar eletricidade

13:30 - Lideranças do Reino Unido advertem para risco de Brexit sem acordo com UE

11:03 - Brasileiros sem emprego aceitam ofertas abaixo de sua capacitação nos EUA

10:27 - Transportadoras afirmam que tabela do frete não está em vigor

Sábado, 23 de junho de 2018

16:00 - Interferência do governo no preço dos combustíveis atrapalha venda de refinarias

14:00 - Juiza mantém 7 na prisão por desvios no Rodoanel norte

13:30 - Com titulares poupados, seleção faz treino leve após vitória sobre a Costa Rica

13:00 - Medidas do ajuste fiscal emperram Congresso

09:10 - Projeto do pré-sal favorece Petrobras