WhatsApp Twuitter

Domingo, 01 de julho de 2018, 11h24

um aumento de 73%

Uso de tecnologias digitais por grandes empresas aumenta no Brasil


O índice de uso de tecnologias digitais entre grandes empresas brasileiras aumentou de 63% para 73% entre o início de 2016 e 2018. O dado foi divulgado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta semana em relatório sobre a adoção desses recursos técnicos nas linhas de produção, no modelo que vem sendo chamado de “indústria 4.0”.

De acordo com o levantamento, 48% das grandes empresas ouvidas afirmaram ter planos de investir em digitalização de suas plantas produtivas neste ano. Do total de entrevistas, 30% disseram não ter isso como meta para o ano e 20% não responderam.

Entre aquelas dispostas a investir na transformação digital, a intenção é reforçar o uso de tecnologias já empregadas nas fábricas, mais do que adotar novos recursos. É o caso, por exemplo, da automação de processos com a implantação de sensores para controle das linhas de produção, empregada por 46% das firmas ouvidas.

O uso de sistemas integrados de engenharia para desenvolvimento e manufatura de produtos foi a segunda ferramenta mais citada (37%), seguido por automação digital com linhas flexíveis de produção (23%) e coleta e processamento massivos de dados (big data) (21%) e monitoramento e controle remoto da produção (19%).

Na análise por área onde as tecnologias digitais são empregadas, 90% das empresas entrevistadas afirmaram utilizá-las no processo de produção, 58% no desenvolvimento de produtos e 33% em novos modelos de negócio.

Em relação ao tipo de investimento, 77% das companhias que afirmaram querer investir em tecnologias digitais têm como objetivo adquirir novos recursos técnicos, 60% desejam comprar máquinas e equipamentos, 56% pretendem melhorar a gestão do negócio e 45% disseram ter como foco fortalecer a área de pesquisa e desenvolvimento (P&D).

Na avaliação da CNI, as empresas brasileiras ainda estão na fase inicial de incorporação de tecnologias digitais. “O baixo percentual de empresas que utilizam tecnologias digitais mais avançadas (como manufatura aditiva; robôs colaborativos; sistemas inteligentes de gestão; simulações e análises de modelos virtuais; e internet das coisas) não surpreende. O avanço para essas aplicações significa uma transformação maior no modo de produção e modelo de negócio”, concluiu o estudo. 



// matérias relacionadas

Quarta, 18 de julho de 2018

14:16 - Pagamento da primeira parcela do 13º de aposentados começa em agosto

Sexta, 13 de julho de 2018

17:31 - Brasileiro é o que mais se preocupa com perda de benefícios da aposentadoria

Quarta, 11 de julho de 2018

15:16 - Vendas nos supermercados têm crescimento de 7,65% em maio

Terça, 10 de julho de 2018

17:28 - Juro do crédito cai para pessoa física e empresas em junho

14:25 - Brasil pode sentir os reflexos da crise na Argentina

Terça, 03 de julho de 2018

16:26 - Preços de pacotes bancários chegam a ter diferença de 32%

09:15 - Apenas 10% dos jovens do País têm formação técnica

08:52 - Vendas de carros não reagem e repetem resultado de maio

Segunda, 02 de julho de 2018

09:36 - Mercado financeiro aumenta estimativa de inflação para 4,03%

09:25 - Confiança Empresarial recua em junho depois da greve dos caminhoneiros


// leia também

Quarta, 18 de julho de 2018

19:45 - Orçamento de VG cresce 7,8% e chega a R$ 711 mi sem aumentar impostos

17:37 - Dólar chega a cair, mas termina dia estável em R$ 3,84 com cautela eleitoral

14:36 - Número de voos para o exterior bate recorde entre janeiro e maio

11:48 - Conta de luz subirá até 3,86% com reajuste de receita de hidrelétricas

11:43 - Com desemprego alto, inadimplência avança no RJ e em SP

11:12 - Criança de 10 anos morre em tiroteio nos Estados Unidos

Terça, 17 de julho de 2018

16:00 - Central de Emprego

14:43 - Valor bruto de produção agropecuária deve cair 1,91% em 2018

14:16 - Veja calendário de pagamentos do 13º para aposentados e pensionistas

13:20 - Aeroporto Marechal registra o dobro de movimentação de cargas no 1º semestre