WhatsApp Twuitter

Segunda, 19 de junho de 2017, 15h22

Colo-Colo anuncia acerto e aguarda Valdivia para exames


O meia Valdivia voltará a atuar no futebol chileno. O Colo-Colo anunciou nesta segunda-feira, em sua conta no Twitter, que chegou a um acordo para repatriar o jogador. Antes de ser apresentado oficialmente, o ‘Mago‘ passará por exames médicos nos próximos dias.

Valdivia estava sem clube desde que anunciou a saída do Al-Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, e chegou a ter seu nome especulado por clubes brasileiros nesta temporada. Torcedores do Palmeiras até fizeram uma campanha para seu retorno ao time que defendeu em duas oportunidades, entre 2006 e 2008 e 2010 e 2015.

Revelado na base do Colo-Colo, Valdivia também teve passagens por Universidad Concepción, Rayo Vallecano e o suíço Servette antes de jogar pela primeira vez pelo Palmeiras. Com a volta às origens, o ‘Mago‘ espera ser novamente lembrado nas convocações da seleção chilena.

O Colo-Colo foi vice-campeão do Clausura no Campeonato Chileno, com um ponto a menos do que o líder Universidad de Chile. Na Copa Libertadores, a equipe foi eliminada ainda na segunda fase da etapa preliminar depois de uma derrota para o Botafogo por 2 a 1, no Engenhão, e um empate por 1 a 1, no Monumental, em Santiago.
 



// leia também

Sexta, 15 de dezembro de 2017

15:46 - Cuiabá anuncia lateral-direito revelado pelo Grêmio

15:28 - Copa do Brasil sorteio duelos e representantes de MT não terão dificuldades

15:05 - Copa do Brasil sorteia duelos e terá Madureira x São Paulo na primeira fase

11:39 - Marco Polo Del Nero é suspenso pela Fifa por 90 dias

09:01 - Família Fittipaldi se torna esperança para o Brasil voltar ao grid da Fórmula 1

08:58 - PM do Rio de Janeiro confirma 16 detenções por tumultos no Maracanã

Quinta, 14 de dezembro de 2017

18:30 - Lateral Reinaldo acerta renovação com o São Paulo até 2020

18:07 - Cuiabá deve pegar adversário 'mais fraco' na Copa do Brasil

16:30 - Renato poupa Jael em treino e amplia mistério no Grêmio para a final

14:54 - STJD rejeita recurso e aumenta punição da Ponte Preta