WhatsApp Twuitter

Segunda, 16 de abril de 2018, 09h10

festa foi completa

Corinthians vence o Fluminense com dois gols de Rodriguinho pelo Brasileirão


Na estreia do Corinthians na edição de 2018 do Campeonato Brasileiro, a festa foi completa na arena em Itaquera. Com dois gols de Rodriguinho, o time venceu o Fluminense por 2 a 1 e somou os três primeiros pontos no torneio. No final do jogo, os atletas permaneceram no gramado e deram a volta olímpica pela conquista do bicampeonato paulista.

Na semana passada, o título foi assegurado no Allianz Parque, sem a presença da torcida corintiana. A festa fez ainda referência ao título brasileiro do ano passado. Antes da partida, o ex-jogador Marcelinho Carioca, campeão brasileiro em 1998 e 1999, entrou no gramado e apresentou a taça do ano passado para a festa da torcida.

O técnico Fábio Carille fez mudanças na equipe e escalou os volantes Ralf e Renê Junior, deixando Maycon e Gabriel no banco de reservas. A principal razão foi o estilo de jogo do rival. Ralf e Renê são mais altos e levam vantagem no jogo aéreo. O treinador corintiano estava preocupado com os cruzamentos do rival, especialmente para Gum e Renato Chaves.

O caminho escolhido pelo Corinthians para chegar ao gol do Fluminense foi o lado direito, com Fagner e Romero. Por ali, o time realizou a costumeira pressão inicial, com vários cruzamentos para a área. O termo ‘pressão‘ significou apenas que o time paulista rondava a área do rival e ficava bastante com a bola (63%), mas os lances de perigo foram raros. O time conseguiu apenas duas finalizações de longe na etapa inicial. Bem equilibrado defensivamente, no esquema 5-4-1. o Fluminense ficou devendo na parte ofensiva. A estratégia era claramente segurar pelo menos um ponto. A tática funcionou até o final do primeiro tempo. Mas foi novamente pelo lado direito que o Corinthians conseguiu o gol.

Romero conseguiu driblar o seu marcador e cruzou na cabeça de Rodriguinho, que desviou para o gol. Detalhe: no lance, o corintiano de 1,77m ganhou a disputa com o zagueiro Gum, que tem um 1,89m de altura. Depois de fazer o gol decisivo na semifinal do Campeonato Paulista diante do São Paulo, Rodriguinho voltou a marcar um gol importante de cabeça.

A preocupação de Carille com o jogo aéreo se justificou no início do segundo tempo. O Fluminense saiu para buscar no empate. Fez isso encostando Sornoza nos atacantes. E apostando no jogo aéreo. Após cobrança de lateral de Ayrton, Pedro escorou e Richard encheu o pé na frente de Cássio: 1 a 1.

Mesmo com o empate do rival e as dificuldades para criar jogadas, uma falha recorrente do campeão paulista em alguns jogos, a torcida continuou apoiando o time. No embalo de 28 mil corintianos, o time avançou. O jogo melhorou, tornou-se mais dinâmico e veloz.

Carille sentiu o momento ruim da equipe e mudou o time. Trocou Renê Junior por Maycon e colocou Emerson Sheik no lugar de Mateus Vital. O treinador do Corinthians mostrou que tem estrela: o gol da vitória do Corinthians saiu exatamente dos jogadores que saíram do banco reservas. Aos 40 minutos, Maycon tocou para Sheik na linha de fundo. Ele cruzou e Rodriguinho completou, desta vez, com o pé esquerdo, de primeira. Assim, Rodriguinho foi o grande protagonista da primeira festa corintiana do Brasileirão.

Na próxima quarta, o time estará na Argentina, onde enfrentará o Independiente, em Avellaneda, pela terceira rodada do Grupo 7 da Copa Libertadores. O Fluminense só voltará a jogar no domingo, pelo Brasileirão, contra o Cruzeiro, no Maracanã.

Ficha técnica:

Corinthians 2 x 1 Fluminense

Corinthians - Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Ralf, Renê Junior (Maycon), Mateus Vital (Emerson Sheik) e Rodriguinho; Clayson e Romero (Pedrinho). Técnico: Fabio Carille.

Fluminense - Júlio César; Renato Chaves, Gum e Ibañez (Frazan); Gilberto, Richard, Jadson, Ayrton Lucas e Sornoza; Pedro (João Carlos) e Pablo Dyego. Técnico: Abel Braga

Gols- Rodriguinho, aos 45 minutos do primeiro tempo; Richard, aos três, e Rodriguinho, aos 40 minutos do segundo tempo

Árbitro - Anderson Daronco (RS)

Renda - R$ 1.372.018,07.

Público - 28.777.

Local - Arena Corinthians, em São Paulo.



// matérias relacionadas

Domingo, 15 de julho de 2018

14:00 - Na estreia de Buffon, PSG perde amistoso para time da terceira divisão francesa

Sábado, 14 de julho de 2018

09:24 - West Ham confirma contratação do zagueiro Balbuena junto ao Corinthians

Sexta, 13 de julho de 2018

12:29 - Chelsea anuncia demissão do técnico Antonio Conte

09:15 - São Paulo acerta venda do meia peruano Cueva para o Krasnodar por R$ 38 milhões

Terça, 10 de julho de 2018

11:56 - Real Madrid confirma ida de Cristiano Ronaldo para a Juventus

Segunda, 09 de julho de 2018

11:32 - Destaque da Costa Rica anuncia que está perto de acertar com o Santos

Quinta, 05 de julho de 2018

10:44 - Por rojão, Ponte Preta é punida com perda de mais dois mandos de campo na Série B

Segunda, 25 de junho de 2018

12:18 - Atlético-MG anuncia efetivação de Larghi e técnico assina com o time até dezembro

Segunda, 11 de junho de 2018

16:50 - Lateral Régis tem contrato suspenso com o São Paulo por problemas pessoais

Segunda, 04 de junho de 2018

18:36 - Renato Gaúcho tem Luan, Léo Moura e Arthur de volta para duelo contra Palmeiras


// leia também

Domingo, 15 de julho de 2018

13:24 - França vence Croácia por 4 a 2 na final da Copa e é bicampeã mundial

13:00 - Vasco faz treino aberto antes de jogo decisivo e apresenta zagueiro colombiano

11:35 - Mulher sobrevive 7 dias após carro cair em penhasco nos EUA

11:24 - Ágatha e Duda perdem duas vezes e ficam com 4º lugar no vôlei de praia

09:24 - Final inédita da Copa terá talento e inspiração de croatas e franceses

Sábado, 14 de julho de 2018

12:21 - Bélgica bate Inglaterra, fica em 3º e alcança melhor campanha na história da Copa

09:19 - Inglaterra e Bélgica voltam a campo pelo terceiro lugar

Sexta, 13 de julho de 2018

17:24 - Brasileiro volta a fazer história e vence prova da Copa do Mundo de Mountain Bike

15:33 - Bicampeã olímpica, Jaqueline anuncia aposentadoria da seleção de vôlei

15:18 - Fifa vê Rússia 2018 como melhor dos Mundiais