WhatsApp Twuitter

Segunda, 09 de julho de 2018, 14h35

êxtase do resultado

Técnico da Bélgica afirma que vitória sobre o Brasil vingou erro de 2002


Mesmo a um dia de enfrentar a França pela semifinal da Copa do Mundo, em São Petersburgo, a Bélgica ainda vive o êxtase da vitória sobre o Brasil. Em entrevista coletiva nesta segunda-feira, o técnico da equipe, Roberto Martínez, voltou a comentar a classificação obtida na última sexta-feira, em Kazan, ao dedicar o resultado ao seu antecessor, Marc Wilmots, e falar que o placar foi uma vingança.

O ex-treinador da Bélgica estava em campo no confronto anterior com o Brasil, válido pelas oitavas de final da Copa de 2002. O então atacante Wilmots chegou a marcar de cabeça e abrir o placar naquela partida, mas o lance acabou anulado de forma equivocada pelo árbitro por falta no zagueiro Roque Junior. Depois disso, no segundo tempo, a seleção brasileira marcou duas vezes e venceu.

O atual treinador da equipe, o espanhol Martínez, disse que o resultado positivo sobre o Brasil foi uma forma de amenizar a frustração do seu antecessor pela partida de 2002. ‘Sempre que assumo uma equipe, tento aproveitar o que o treinador fez de positivo. Wilmots fez um gol contra o Brasil que foi mal anulado em uma Copa do Mundo. Então, acho que nossa vitória foi uma vingança para ele‘, comentou.

Martínez está há dois anos no comando da Bélgica e destacou na entrevista a possibilidade de fazer história. A equipe jamais chegou a uma final de Copa do Mundo e, com a campanha na Rússia, igualou o melhor resultado da seleção, o quarto lugar obtido em 1986, no México. A única final de grande torneio disputada pelo país foi a Eurocopa de 1980, na Itália, quando perdeu por 2 a 1 para a Alemanha.

O treinador tem uma dúvida para escalar o time. O zagueiro Meunier está suspenso por ter recebido o segundo cartão amarelo e deve fazer a Bélgica mudar de esquema. Em vez do 3-4-3, como usado contra o Brasil, pode ser a vez de retornar a formação com quatro defensores. ‘Em alguns jogos você precisa de um quarteto nessa última linha. Nosso grupo tem a incrível capacidade de mudar o jeito de jogar e uma inteligência para se adaptar‘, comentou. 



// matérias relacionadas

Segunda, 16 de julho de 2018

16:55 - Após título na Rússia, seleção da França é recebida com festa em Paris

Domingo, 15 de julho de 2018

13:24 - França vence Croácia por 4 a 2 na final da Copa e é bicampeã mundial

09:24 - Final inédita da Copa terá talento e inspiração de croatas e franceses

Sexta, 13 de julho de 2018

15:18 - Fifa vê Rússia 2018 como melhor dos Mundiais

12:07 - Presidente da Fifa engrossa coro e também critica quedas de Neymar

Quinta, 12 de julho de 2018

19:21 - Nenhum jogador foi flagrado no antidoping na Copa, informa a Fifa

15:34 - Fifa seleciona árbitro argentino para apitar a final da Copa do Mundo

15:23 - Modric e Lloris; um dos dois vai levantar a Taça da Copa da Rússia

Quarta, 11 de julho de 2018

16:42 - Croácia vira sobre a Inglaterra e pega a França na final da Copa

16:06 - Coutinho manda mensagem em rede social e fala de recomeço


// leia também

Sexta, 20 de julho de 2018

18:33 - Roger sofre lesão e desfalca o Corinthians em clássico com o São Paulo

17:15 - Suspenso por doping, Caio Bonfim se diz 'vítima de contaminação'

17:04 - Com Dudu em campo e 2 gols de Deyverson, Palmeiras goleia em jogo-treino

15:18 - Tênis brasileiro ainda não existe, só um ou outro jogador, diz Guga

12:00 - Em primeira aparição após Copa do Mundo, Neymar diz ver exagero em críticas

10:57 - Liverpool confirma a contratação do goleiro Alisson, da seleção brasileira

Quinta, 19 de julho de 2018

15:54 - Corinthians oficializa a contratação do volante Douglas, do Fluminense

15:40 - Santos aceita proposta e Serginho fica próximo de ir para o Kashima Antlers

11:20 - Renato elogia e se diz surpreso com atuação em jogo do Grêmio em vitória

10:59 - CBF aguarda por Tite para iniciar planejamento visando a Copa de 2022