WhatsApp Twuitter

Terça, 21 de novembro de 2017, 15h20

mandante está foragido

'Ele vai ser preso e pagar pelo que fez', diz vereador pai do personal morto a tiros

Valquiria Castil, repórter do GD


Reprodução/Facebook

Danilo foi executado com pelo menos 4 tiros

Quase duas semanas após a execução do personal trainer Danilo Nascimento de Souza Campos, 28, o mandante do assassinato, Guilherme Dias de Miranda, 34, continua foragido da Polícia Civil, enquanto os 2 executores ainda não foram identificados. Abalada, a família da vítima espera por Justiça. O caso segue sob responsabilidade da delegada Alana Cardoso, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

Ela já tomou os depoimentos de várias testemunhas, inclusive do pai de Danilo, o vereador Nilo Campos (DEM). “Ela perguntou se sabíamos desse envolvimento do meu filho com essa mulher e de ameaças. A gente não sabia de nada, fomos pegos de surpresa. Ele era um filho amado, carinhoso, respeitador. Pelo que os colegas falaram não teve envolvimento nenhum com essa mulher”, relata Nilo.

Ao Gazeta Digital ele disse que está vivendo “um dia após o outro”, inconformado com a tragédia. “Não dá para entender! Esse cara e essa mulher estavam juntos há uns 6 meses, se conheceram pela internet e ela veio do Paraná pra cá. Não tinham filhos, não tinham vínculo e por causa de ciúmes tiraram a vida do meu filho”, lamenta.

Divulgação

Vereador Nilo Campos já foi ouvido pela delegada que investiga a morte do filho dele

“O cara é um bandido, um crápula, um covarde. Pagou para matar meu filho. Mas a justiça vai ser feita, estou esperançoso que ele vai ser preso, condenado e pague na prisão pelo o que ele fez”, desabafa.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, ainda não há informações sobre o paradeiro de Guilherme, foragido desde o dia 14 de novembro, quando o juiz Flávio Miraglia, da 12ª Vara Criminal de Cuiabá, decretou sua prisão preventiva. Como os 2 executores do assassinato não foram identificados, a investigação segue na busca de Guilherme.

Conforme a Polícia Civil, Guilherme é marido de uma aluna da academia Smat Fit, em Cuiabá, onde o personal era instrutor e teria se envolvido com a mulher. Além de encomendar, o acusado teria presenciado a morte de Danilo.

O caso

Danilo foi executado no dia 8 de novembro na rua Ramiro de Noronha, no bairro Jardim Cuiabá, por volta das 21h30, depois de deixar a Academia Smat Fit, onde trabalhava no bairro Goiabeiras. Parou o veículo Honda Civic e chegou a dizer algumas palavras aos ocupantes da motocicleta. Logo em seguida foi alvejado por pelo menos 4 disparos.

Testemunhas informaram que a vítima estacionou o carro e ao descer foi alvejada por tiros, efetuados pelo garupa de uma motocicleta, com 2 homens, que posteriormente, seguiu em direção a Avenida Miguel Sutil.

Danilo teria mantido um relacionamento com uma aluna, o companheiro descobriu e chegou a tirar a mulher da academia, porém, passou a ameaçar a vítima através de telefonemas e mensagens via WhatsApp. O homem, segundo informações obtidas policiais, chegou inclusive, a ir pessoalmente ameaçá-lo na academia. 



// matérias relacionadas

Quarta, 18 de julho de 2018

19:30 - Testemunha diz que réu por morte de personal é ligado à facção criminosa

Terça, 10 de julho de 2018

14:27 - Réus por morte de personal relatam ameaças e querem proteção

Sexta, 29 de junho de 2018

14:20 - Policial confirma ameaças a personal e alertas sobre periculosidade de réu - veja como foi

Quinta, 28 de junho de 2018

17:58 - Réus por morte de personal trainer enfrentam a 1ª audiência

Sábado, 23 de junho de 2018

10:53 - Assassino contratado para matar personal é boliviano, afirma testemunha

Terça, 19 de junho de 2018

17:50 - Centro esportivo terá nome de personal assassinado

Quinta, 24 de maio de 2018

09:14 - Juiz mantém prisão de mandante e autor do assassinato de personal

Segunda, 14 de maio de 2018

07:30 - MPE cobra identificação de mais 2 envolvidos na morte de personal

Terça, 08 de maio de 2018

09:19 - Empresário e amigo viram réus por morte de personal e devem ir a júri

Segunda, 02 de abril de 2018

16:05 - Delegada finaliza inquérito sobre a morte de personal trainer e entrega ao MPE


// leia também

Domingo, 22 de julho de 2018

11:58 - Adolescente leva 8 facadas durante roubo de celular

11:14 - Força Tática prede homem por tráfico no distrito de Bom Jardim

10:21 - Trio invade posto da polícia na Salgadeira; somente um é preso

10:16 - Homem com faca aborda PM e leva dois tiros

Sábado, 21 de julho de 2018

11:54 - Advogado é preso por tentar entrar com celular na PCE

11:10 - Bisavó e avó de bebê indígena são indiciadas por 3 crimes

10:55 - Homem é esfaqueado por morador após invadir casas em residencial

10:22 - Bandidos invadem fazenda e fazem família refém

09:43 - Mulher que sequestrou bebê em MG é presa na rodoviária de Cuiabá

09:24 - PM prende pai e filho e descobre oficina de desmanche de veículos em Várzea Grande