WhatsApp Twuitter

Segunda, 08 de janeiro de 2018, 07h45

mandante está foragido

Polícia pedirá mais prazo para encerrar inquérito da morte de personal

Dantielle Venturini, repórter de A Gazeta


Reprodução/Facebook

Danilo Campos foi executado a tiros no dia 8 de novembro de 2017 num crime, apontado pela Polícia Civil, como sendo de motivação passional

Nesta segunda-feira (8) completa 2 meses do assassinato do personal trainer Danilo Campos, e a Polícia Civil vai pedir na Justiça a prorrogação do inquérito por mais 30 dias. O prazo é necessário para que a delegada Alana Cardoso, a frente do caso, conclua alguns detalhes da investigação e finalize a juntada de provas. Guilherme Dias de Miranda, suspeito de ser mandante do crime continua foragido.

O vereador de Várzea Grande, pai do Danilo, Nilo Campos (DEM), afirmou que tem acompanhado de perto o trabalho da polícia e confia que o assassino do filho irá pagar na justiça pelo crime. Segundo ele o inquérito não deixará brechas para que o empresário saia da cadeia por falta de provas. “O trabalho está sendo bem feito, o pedido da delegada de prorrogação é para concluir detalhes do inquérito, eu acredito que ele vai ser preso, julgado e condenado”.

Ele conta que Danilo era um homem trabalhador e de bom caráter, que foi morto covardemente por um “bandido”. “Sabemos que ele é bandido mesmo, por isso queremos realmente que a polícia realize o trabalho da melhor forma para que ele não volte as ruas e cometa mais crimes”. Segundo o vereador, Guilherme estaria utilizando documentos falsos para conseguir se esconder da polícia.

Reprodução/Facebook

Guilherme Miranda é apontado pela Polícia Civil como mandante do crime e continua foragido

Guilherme Miranda, marido de uma aluna da academia onde a vítima trabalhava, teve a prisão temporária decretada pela Justiça e está foragido. As investigações da polícia apontam que o carro do suspeito foi usado para acompanhar toda a ação de execução do personal trainer. Segundo a delegada, o carro foi visto fazendo o percurso provável de fuga dos executores.

O crime teria motivação passional, já que algumas testemunhas afirmaram que Danilo teve um envolvimento com a mulher de Guilherme, antes de saber que ela era casada. Apesar disso, a mulher que prestou depoimento duas vezes, nega ter tido qualquer envolvimento com a vítima.

O crime - Danilo foi executa com 5 tiros na noite do dia 8 de novembro de 2017. Ele tinha acabado de deixar o trabalho, uma academia onde era personal,e dirigiu seu carro por cerca de 20 metros, quando foi abordado por dois homens em uma motocicleta dispararam contra ele. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamada, mas ele morreu ainda no local.



// matérias relacionadas

Quarta, 18 de julho de 2018

19:30 - Testemunha diz que réu por morte de personal é ligado à facção criminosa

Terça, 10 de julho de 2018

14:27 - Réus por morte de personal relatam ameaças e querem proteção

Sexta, 29 de junho de 2018

14:20 - Policial confirma ameaças a personal e alertas sobre periculosidade de réu - veja como foi

Quinta, 28 de junho de 2018

17:58 - Réus por morte de personal trainer enfrentam a 1ª audiência

Sábado, 23 de junho de 2018

10:53 - Assassino contratado para matar personal é boliviano, afirma testemunha

Terça, 19 de junho de 2018

17:50 - Centro esportivo terá nome de personal assassinado

Quinta, 24 de maio de 2018

09:14 - Juiz mantém prisão de mandante e autor do assassinato de personal

Segunda, 14 de maio de 2018

07:30 - MPE cobra identificação de mais 2 envolvidos na morte de personal

Terça, 08 de maio de 2018

09:19 - Empresário e amigo viram réus por morte de personal e devem ir a júri

Segunda, 02 de abril de 2018

16:05 - Delegada finaliza inquérito sobre a morte de personal trainer e entrega ao MPE


// leia também

Domingo, 22 de julho de 2018

11:58 - Adolescente leva 8 facadas durante roubo de celular

11:14 - Força Tática prede homem por tráfico no distrito de Bom Jardim

10:21 - Trio invade posto da polícia na Salgadeira; somente um é preso

10:16 - Homem com faca aborda PM e leva dois tiros

Sábado, 21 de julho de 2018

11:54 - Advogado é preso por tentar entrar com celular na PCE

11:10 - Bisavó e avó de bebê indígena são indiciadas por 3 crimes

10:55 - Homem é esfaqueado por morador após invadir casas em residencial

10:22 - Bandidos invadem fazenda e fazem família refém

09:43 - Mulher que sequestrou bebê em MG é presa na rodoviária de Cuiabá

09:24 - PM prende pai e filho e descobre oficina de desmanche de veículos em Várzea Grande