WhatsApp Twuitter

Quinta, 11 de janeiro de 2018, 17h53

DE MIRASSOL D'OESTE

Traficante foragido durante troca de prisão é capturado no Maranhão

Redação PJC/MT


O criminoso mato-grossense, Geovan Firmino da Silva, 38 anos, foragido da comarca de Mirassol D’Oeste (300 km a Oeste), foi preso na tarde desta quinta-feira (11.01), na cidade de Chapadinha, interior do Estado do Maranhão. Troca de informações entre os policiais da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Civil de Mato Grosso, com a Polícia do Maranhão possibilitou a captura do foragido.

Conhecido como “Carabina”, Geovan estava com mandados de prisão preventiva e de recaptura, decretados pela Justiça de Mato Grosso. As ordens de prisão, da comarca de Mirassol D’Oeste, foram encaminhadas pelo GCCO à Polícia do Maranhão.

“Carabina” foi preso por policiais militares em conjunto com a Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Superintendência de Investigações Criminais (SEIC).

Em 15 de agosto de 2015, quando se encontrava preso pelo crime de tráfico de drogas na Cadeia Pública de Mirassol D’ Oeste (MT), Geovan Firmino da Silva fugiu durante remoção da unidade prisional. O preso aproveitou o momento que os agentes retiraram as algemas de suas pernas e empreendeu fuga. Desde então, não foi mais recapturado.

O criminoso, além de responder a processos pela comarca de Mirassol D´Oeste, pelo crime de tráfico de drogas, com pena de 5 a 15 anos de prisão, com agravantes descritas no artigo 40 da Lei 11.343/2006, também responde processo por uso de documento falso, o qual foi indiciado em inquérito policial pela Delegacia de Polícia de Cáceres.

Ele também responde por falsificações diversas tais como de documento particular descrito no artigo 298 do Código Penal Brasileiro, bem como associação para o tráfico e ainda lavagem de dinheiro, indiciado em inquérito conduzido pela Polícia Federal de Mato Grosso. Em 2008, foi preso em flagrante no Estado de Goiás por uso de documento falso.

O preso foi encaminhado nesta tarde até a sede da Superintendência de Investigações Criminais (SEIC) da Polícia Civil do Maranhão, e lá dado cumprimento aos mandados de prisão enviados pela GCCO. Em seguida, ele será transferido para o Centro de Observação Criminológica e Triagem de São Luís (MA), onde permanecerá à disposição da Justiça.



// matérias relacionadas

Sexta, 17 de agosto de 2018

10:52 - Polícia Civil prende suposto traficante com droga e dinheiro no CPA

10:42 - Suspeitos são presos com mais de duas mil unidades de LSD em Mato Grosso

Segunda, 13 de agosto de 2018

15:54 - Mulher tenta levar drogas em suco para presidiário e é presa em flagrante

Sexta, 10 de agosto de 2018

11:23 - Polícia Civil desarticula boca de fumo em Várzea Grande comandada por irmãos

Sexta, 03 de agosto de 2018

17:35 - PRF apreende 450 quilos de maconha em carro capotado na BR-364

10:15 - Polícia apreende 11 kg de maconha em quitinete

08:40 - Mulheres são detidas por tráfico na BR-364

Quinta, 02 de agosto de 2018

16:55 - Polícia prende irmãos que comandavam o tráfico e apreende R$ 10 mil

Quarta, 01 de agosto de 2018

15:46 - Polícia apreende arma de fogo e porções de drogas em boca de fumo

Terça, 31 de julho de 2018

09:17 - Polícia Militar fecha boca de fumo e 5 traficantes são presos em flagrante


// leia também

Domingo, 19 de agosto de 2018

10:42 - Homem põe mão embaixo da camisa, simula que tem arma de fogo e rouba casa

10:28 - Jovem é preso em flagrante por comercializar droga em Cuiabá

10:07 - Homem discute com idosa e é vitima de tentativa de homicídio

09:42 - Menina denuncia estupro de padrasto após mãe reatar relacionamento

Sábado, 18 de agosto de 2018

18:19 - Quadrilha troca tiros com a polícia após assaltar loja

14:59 - Mulher ateia fogo em marido após ser espancada

12:46 - Médico é baleado ao chegar em tentativa de assalto e bandido foge

12:16 - Motorista e passageiro são presos com arma e munições na BR-070

11:59 - Dois são presos com moto furtada e carro adulterado em Rondonópolis

11:21 - Dois bandidos especializados em roubos a casas e chácaras são presos