WhatsApp Twuitter

Terça, 17 de abril de 2018, 07h30

atropelamento na miguel sutil

Delegado solicita imagens para confirmar quem dirigia carro que matou verdureiro

Valquiria Castil, repórter do GD


Gazeta Digital

Delegado Christian Cabral é responsável pelo inquérito que investiga acidente envolvendo médica que atropelou verdureiro. 

O delegado Christian Cabral, da Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran), responsável pelo inquérito que investiga o atropelamento do verdureiro Francisco Lucio Maia, 48, já começou a ouvir as testemunhas do acidente.

Além disso, imagens de câmeras de segurança são utilizadas para identificar quem dirigia o Jeep Compass se, de fato, era a médica Letícia Bortolini, 37, que foi presa e ganhou habeas corpus na tarde desta segunda-feira (16), ou o marido dela, também médico, Aritony de Alencar Menezes, 37, que fugiu durante o registro da ocorrência.

Segundo o delegado, não há nada de concreto nas investigações que possam indicar que Letícia tenha assumido a culpa para livrar o marido. Porém após algumas informações que surgiram durante as investigações, tal possibilidade também é apurada.

“Já ouvimos a testemunha flagrou o acidente e perseguiu o veículo até o condomínio. Apesar de dizer que não viu com nitidez quem dirigia o carro, afirmou com certeza que a pessoa que conduzia tinha cabelos compridos, o que conduz à médica”, relatou Cabral em entrevista ao Gazeta Digital.

Divulgação

Letícia Bortolini é acusada de dirigir o carro que matou o verdureiro e fugiu do local sem prestar socorro. Ela estaria embriagada. 

O casal participada do evento Braseiro, no Rancho Dourado localizado, no bairro Coophamil, aproximadamente há 2 Km de distância do local onde ocorreu o acidente. Imagens registradas pelas câmeras de segurança serão analisadas durante as investigações.

“Estamos correndo atrás de imagens do evento, de onde o casal veio dirigindo, todo o trajeto percorrido após o acidente e as câmeras do condomínio para verificar realmente quem estava dirigindo”, explicou.

Conforme o delegado, que ainda tem o prazo de 30 dias para concluir o inquérito, mesmo a juíza plantonista tendo entendido que a médica deve ser processada pelo crime de homicídio doloso, quando há intenção de matar (ou se assume o risco), os elementos da investigação levam ao crime de homicídio culposo, quando não se tem intenção de matar.

“Vamos ver o que tem de provas para ver se surge algum elemento que prove que ela no mínimo assumiu o risco de causar esse acidente. Mas pelo que tem até agora foi uma fatalidade combinada com excesso de imprudência”, finalizou Christian.

Ao ser presa em flagrantes, Letícia foi autuada por omissão de socorro, lesão corporal, homicídio culposo e direção perigosa.

O caso

Divulgação

Veículo usado pelo casal de médicos após o atropelamento na Avenida Miguel Sutil.

O caso foi registrado no sábado (14), por volta das 19h50, quando o casal de médicos, Letícia e Aritony de Alencar Menezes, 37, passou em um Jeep Compass e atropelou o trabalhador que chegava próximo do canteiro central da pista. O veículo era conduzido pela mulher que não prestou

Testemunhas que presenciaram o fato ligaram na delegacia e para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para prestar socorro, mas o óbito foi confirmado.

Depois de receber as características do veículo, a PM saiu à procura e localizou a motorista e o passageiro em um condomínio no bairro Jardim Itália. A mulher apresentava sinais visíveis de embriaguez. Ela estava com os olhos vermelhos e se recusou a fazer o teste do bafômetro.

Porém foi levada a Central de Flagrantes, onde foi autuada por omissão de socorro, lesão corporal, homicídio culposo e direção perigosa e de lá encaminhada à audiência de custódia.

A Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran) iniciou as investigações. As imagens de câmeras instaladas próximas do local devem ajudar no trabalho da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).



// matérias relacionadas

Quinta, 19 de abril de 2018

17:25 - Politraumatismo craniano matou verdureiro, aponta laudo da Politec

Quarta, 18 de abril de 2018

19:07 - Câmeras registram momento em que verdureiro é atropelado - veja vídeo

Terça, 17 de abril de 2018

18:15 - Médico envolvido em acidente diz que dormia e não viu atropelamento

15:23 - Médico envolvido em acidente que matou verdureiro presta depoimento

15:10 - Justiça não serve para ricos, desabafam filhas de verdureiro após soltura de médica

Segunda, 16 de abril de 2018

18:59 - Desembargador revoga prisão de médica que atropelou verdureiro

17:10 - Médica que matou verdureiro atropelado pede liberdade e cita filho de 1 ano

15:47 - Conselho instaura processo contra médica que atropelou verdureiro

Domingo, 15 de abril de 2018

17:20 - Juíza nega fiança e decreta prisão de médica que matou vendedor atropelado

08:00 - Vendedor de verduras morre atropelado por médicos


// leia também

Sábado, 21 de abril de 2018

11:18 - Membro de quadrilha de roubos a veículos é preso pela Polícia Civil

11:12 - Suspeito com várias passagens é preso em flagrante com carro furtado

10:57 - PM aposentado é preso em flagrante por contrabando de cigarros

10:44 - Adolescentes de GO e DF são detidos por furto no Shopping Pantanal

10:02 - Homem é assassinado e outro baleado em VG

08:13 - Usuário de tornozeleira é executado com tiros na cabeça e peito

Sexta, 20 de abril de 2018

17:23 - Rapaz envolvido em disputa agrária é assassinado com 8 tiros

16:19 - Bando acusado de roubo a banco é preso com armas e munições

15:23 - Foragido por estupro de vulnerável é preso pela Polícia Civil no interior

15:11 - PRF apreende 174 tabletes de maconha em carro clonado na BR-364