WhatsApp Twuitter

Quarta, 27 de setembro de 2017, 14h18

overdose de remédios

'Rei das fake news' é encontrado morto nos EUA

Ansa


O norte-americano Paul Horner, de 38 anos, que ficou famoso por divulgar notícias falsas na internet durante a campanha à Presidência dos Estados Unidos, foi encontrado morto em sua casa em Laveen, no Arizona.

Em entrevista nesta quarta-feira (27), o porta-voz do xerife do condado de Maricopa, Mark Casey, informou corpo de Horner foi achado na cama de sua casa e que há a crença de que ele morreu há cerca de 10 dias.

Os médicos legistas acreditam que o escritor faleceu de overdose de remédios, já que ele possui um histórico de uso compulsivo de medicamentos.

Os resultados precisos da autópsia, no entanto, podem demorar de 3 a 6 meses.

Horner foi um dos grandes contribuidores das "fake news". Em uma delas, afirmava que o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama era gay e um muçulmano radical.

Contudo, o escritor ganhou destaque no ano passado por veicular diversas notícias

Reprodução/Facebook

Horner foi um dos grandes contribuidores das "fake news". Em uma delas, afirmava que o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama era gay e um muçulmano radical.

 falsas sobre os até então candidatos Donald Trump e Hillary Clinton, sendo batizado pela imprensa norte-americana de "Rei das Fake News".

Em vida, Horner acreditava ainda que Trump só foi eleito por causa das histórias que inventou, pois os leitores publicavam as suas "notícias" sem verificar se era verdade.

O irmão de Paul Horner, JJ Horner, postou em sua rede social uma homenagem.

"Ele nos deixou pacificamente em seu sono, na segunda-feira, 18 de setembro, na casa de nossa mãe em Laveen. Ele era um filho e um irmão amoroso, um artista , um escritor heroico e contador de histórias. Sobretudo, ele era o homem mais amado e generoso que já conheci. Ele sentirá grande falta. Descansa em paz, irmão. Eu te amo muito, eu sei que você está lá em algum lugar", concluiu. 



// matérias relacionadas

Quarta, 18 de outubro de 2017

16:03 - Tiroteio deixa mortos e feridos nos Estados Unidos

Terça, 17 de outubro de 2017

13:54 - Promotoria da Luisiana decide não processar advogado brasileiro por estupro

Segunda, 16 de outubro de 2017

17:01 - 'Espero que Hillary concorra novamente à presidência', diz Trump

12:41 - Explosão em plataforma de petróleo deixa 1 desaparecido em lago

Domingo, 15 de outubro de 2017

10:48 - Em seis dias, incêndio na Califórnia deixa ao menos 40 mortos

Sexta, 13 de outubro de 2017

14:34 - Trump mantém acordo com Irã, mas nega 'certificação'

14:10 - Ventos fortes mantêm incêndio fora de controle na Califórnia

08:39 - Dirigente da ONU lamenta saída dos Estados Unidos da Unesco

Quinta, 12 de outubro de 2017

12:03 - EUA devem aprovar US$ 36,5 bi para lidar com furacões e incêndios no país

11:21 - Nos EUA, sobe a 23 número de mortos em incêndios na Califórnia


// leia também

Quarta, 18 de outubro de 2017

17:24 - Governador de Porto Rico anuncia fim do toque de recolher

10:31 - Presidente chinês defende autoridade Comunista e promete avançar com reformas

10:25 - Ministra do Interior de Portugal renuncia após série de incêndios florestais no país

08:45 - Dória diz que decisão sobre Aécio foi 'serena e soberana'

Terça, 17 de outubro de 2017

17:27 - Avião do Greenpeace cai no Amazonas e mata uma pessoa

14:06 - Portugal amanhece sem focos de incêndio

12:46 - Aprovação do governo Trump é de 37%; reprovação chega a 57%

Segunda, 16 de outubro de 2017

21:37 - EUA questionam eleições estaduais na Venezuela

19:12 - Michel Temer condena atentado na Somália

16:01 - União Europeia adota novas sanções contra programa nuclear norte-coreano