WhatsApp Twuitter

Segunda, 09 de outubro de 2017, 23h15

Governo Trump anuncia que vai derrubar Plano de Energia Limpa de Obama


O titular da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA, na sigla em inglês), Scott Pruitt, anunciou nesta segunda-feira (9) que a entidade vai derrubar o Plano de Energia Limpa, implementado pelo ex-presidente Barack Obama para controlar as emissões de gases de efeito estufa. A informação é da agência EFE.

Estadão Conteúdo

Ao lado do líder da maioria republicana no Senado, Mitch McConnell, Pruitt anunciou no estado do Kentucky que assinará amanhã a proposta de revogação do plano. "Quando se pensa no que essa regra significava, tratava-se de escolher os ganhadores e os perdedores. O poder regulador não deveria ser utilizado por nenhum órgão regulador para escolher os ganhadores e perdedores", disse.

"A administração passada estava usando cada pedaço de poder e autoridade para usar a EPA e escolher ganhadores e perdedores e como geramos eletricidade neste país", afirmou Pruitt.

Segundo o documento de revogação, divulgado pela imprensa americana, a EPA acata as ordens executivas do presidente Donald Trump pedindo a revisão do plano e questiona a legalidade da regra original.

"Sob a interpretação proposta nesta notificação, o Plano de Energia Limpa excede a autoridade estatutária da EPA e será derrubado", diz o texto. A proposta também diz que a EPA ainda tem que determinar se criará uma regra adicional sobre o regulamento dos gases de efeito estufa.

O plano promovido por Obama requer que os estados cumpram com os padrões específicos de redução de emissões de dióxido de carbono com base no seu consumo individual de energia e também inclui um programa de incentivos para que os estados consigam um avanço no cumprimento das normas sobre a utilização de energias renováveis e a eficiência energética.

No governo Obama, a EPA calculou que o Plano de Energia Limpa poderia prevenir de 2.700 a 6.600 mortes prematuras e de 140.000 a 150.000 ataques de asma em crianças.



// matérias relacionadas

Terça, 19 de junho de 2018

19:30 - Líder republicano diz apoiar lei que deixa famílias imigrantes juntas nos EUA

Domingo, 17 de junho de 2018

11:09 - Tiroteio termina com suspeito morto e 20 feridos nos EUA

Segunda, 11 de junho de 2018

10:10 - Pressão para Trump obter acordo com Kim aumenta após fracasso no G-7

09:34 - Homem atira em policial e faz crianças reféns em apartamento nos EUA

Sábado, 09 de junho de 2018

11:47 - G-7 deveria criar zona comercial livre de tarifas, diz Trump

Sexta, 08 de junho de 2018

18:07 - EUA retiram mais dois americanos de Cuba após suspeita de ataques sonoros

Quinta, 07 de junho de 2018

19:30 - Certamente convidaria Kim Jong-un à Casa Branca 'se tudo der certo', diz Trump

17:01 - Homem devolve bilhete da loteria de US$ 1 milhão nos EUA

14:54 - Trump diz que cúpula com Kim Jong-un está pronta para ocorrer

Quarta, 06 de junho de 2018

17:01 - Ryan descarta versão de Trump sobre 'espião' do FBI contra sua campanha em 2016


// leia também

Quarta, 20 de junho de 2018

11:14 - Ex-presidente do Panamá Ricardo Martinelli cumprirá pena em uma penitenciária

10:36 - Jornalista dos EUA chora ao vivo ao noticiar separação de crianças dos pais

Terça, 19 de junho de 2018

14:29 - Merkel e Macron se unem por orçamento do euro e combate à imigração ilegal

14:16 - Tailândia cumpre primeira pena de morte em nove anos

13:30 - Crime cresce na Alemanha desde que país passou a aceitar imigrantes, diz Trump

12:00 - Temer vincula impopularidade à crise de governos passados

09:36 - Norte-americanos têm dificuldade para diferenciar fatos de opiniões

09:28 - Separadas dos pais nos EUA, crianças dormem no chão em gaiolas de metal

Segunda, 18 de junho de 2018

15:51 - Líderes do Mercosul assinam declaração para pressionar a Venezuela

09:30 - Nova geração chega para governar com todos, diz novo presidente da Colômbia