WhatsApp Twuitter

Quinta, 12 de outubro de 2017, 16h12

União Europeia cria entidade para investigar fraudes


Vinte países da União Europeia concordaram em criar uma entidade para investigar e processar pessoas que prejudiquem os interesses financeiros do bloco. O escritório terá sede em Luxemburgo e vai analisar fraudes, podendo realizar sondagens policiais, prender suspeitos e apreender ativos que atravessem fronteiras.

A ministra da Justiça da Estônia, Urmas Reinsalu, disse, ao anunciar a decisão nesta quinta-feira: ‘mesmo que os criminosos atuem através das fronteiras, agora poderemos garantir que eles sejam julgados pela justiça e que o dinheiro dos contribuintes seja recuperado‘.

Apenas 20 dos 28 países da UE estão participando, devido à oposição de alguns sobre a renúncia à soberania acerca de certos assuntos de justiça. O escritório estará pronto e em funcionamento dentro de três anos.



// matérias relacionadas

Sábado, 09 de dezembro de 2017

09:38 - UE e Japão finalizam termos para acordo de Parceria Econômica

Segunda, 13 de novembro de 2017

16:16 - UE e Chile iniciam negociações para modernizar acordo de associação nesta semana

13:37 - Vinte e três países da UE concordam em criar uma união militar

Quinta, 09 de novembro de 2017

10:19 - Pela primeira vez, União Europeia e Mercosul estão próximos de acordo

Terça, 07 de novembro de 2017

22:07 - Vice-presidente da UE vem ao Brasil para negociações do acordo com Mercosul

Sexta, 02 de junho de 2017

11:03 - Com promessas sobre clima, UE e China assinam 10 acordos

Quinta, 06 de abril de 2017

10:08 - União Europeia amplia sanções contra Coreia do Norte

Domingo, 03 de julho de 2016

10:10 - Candidatos a primeiro-ministro divergem sobre prazo de saída da UE


// leia também

Quarta, 13 de dezembro de 2017

15:27 - Em reunião, UE deve isolar Trump sobre crise em Jerusalém

14:59 - Coreia do Norte é acusada de roubar bitcoins em ataque hacker

10:12 - México proíbe Odebrecht de obter contratos públicos no país por quatro anos

10:09 - Israel bombardeia postos do Hamas em Gaza após lançamento de mísseis

Terça, 12 de dezembro de 2017

15:06 - Banco Mundial deixará de financiar exploração de gás e petróleo depois de 2019

14:53 - Dicionário norte-americano elege 'feminismo' como a palavra do ano

11:36 - Explosão em usina de gás natural na Áustria mata 1 e fere 18

09:41 - Embaixador dos EUA no Reino Unido diz esperar visita de Trump no próximo ano

09:34 - Mortes violentas na Venezuela superam as de países em guerra

Segunda, 11 de dezembro de 2017

14:25 - Reforma tributária nos EUA pode distorcer o comércio internacional