WhatsApp Twuitter

Quinta, 12 de outubro de 2017, 17h15

Macron negocia reforma trabalhista com sindicatos


O presidente francês, Emmanuel Macron, está lançando o segundo passo na reforma trabalhista, com foco em benefícios de desemprego e em treinamento. Macron se encontrou nesta quinta-feira com os principais sindicatos de trabalhadores e empregadores da França para começar as negociações, que devem durar meses.

As discussões ocorrem quando trabalhadores e sindicatos ainda estão protestando contra um primeiro conjunto de medidas trabalhistas que o Macron assinou no mês passado, com o objetivo de facilitar contratações por parte de empresas.

Ativistas da esquerda organizaram um protesto violento nesta quinta-feira, perto de uma conferência de recursos humanos na floresta de Bois de Boulogne, de Paris, onde o ministro do Trabalho Muriel Penicaud deveria falar sobre as políticas econômicas de Macron.

Penicaud cancelou seu discurso, citando um ‘problema de programação‘.

Uma declaração da polícia de Paris informou que cerca de 80 pessoas queimaram três carros e jogaram projéteis contra a polícia. A informação é de que 41 pessoas foram detidas e nenhum policial ficou ferido.

O governo francês quer estender os benefícios relacionados ao desemprego a empresários, fazendeiros e comerciantes que vierem a falir. O líder do sindicato CGT de extrema esquerda, Philippe Martinez, alertou que ‘não é uma opção reduzir os direitos das pessoas sem empregos‘, após seu encontro com Macron.

Macron, eleito em maio em uma plataforma profissional, diz que suas políticas econômicas visam a impulsionar o crescimento e a contratação e a oferecer mais recursos franceses e estrangeiros para o país. A taxa de desemprego na França tem crescido cerca de 10% durante anos.

O governo quer aprovar as novas medidas trabalhistas até o verão de 2018.



// matérias relacionadas

Quinta, 16 de novembro de 2017

15:25 - França tem novo dia de protestos contra Macron e suas reformas econômicas

Quarta, 08 de novembro de 2017

16:29 - França vende à Argentina cinco aviões de combate Super Étendard usados

Domingo, 24 de setembro de 2017

13:07 - Boca de urna aponta vitória de Merkel na Alemanha com 32%

13:00 - Macron corre risco de derrota em eleição para o Senado da França

Sexta, 22 de setembro de 2017

15:09 - Em meio a protestos na França, Macron aprova reforma trabalhista

Sexta, 15 de setembro de 2017

10:12 - Homem ataca soldado no metrô de Paris; polícia investiga caso como terrorismo

Quarta, 13 de setembro de 2017

14:59 - Homem esfaqueia ao menos 5 pessoas em Toulouse, na França

Terça, 12 de setembro de 2017

16:27 - França autoriza reprodução assistida para todas as mulheres

11:23 - França tem protesto contra mudança em leis trabalhistas defendida por Macron

Segunda, 21 de agosto de 2017

09:49 - Motorista avança contra pontos de ônibus e deixa um morto em Marselha


// leia também

Quarta, 13 de dezembro de 2017

15:27 - Em reunião, UE deve isolar Trump sobre crise em Jerusalém

14:59 - Coreia do Norte é acusada de roubar bitcoins em ataque hacker

10:12 - México proíbe Odebrecht de obter contratos públicos no país por quatro anos

10:09 - Israel bombardeia postos do Hamas em Gaza após lançamento de mísseis

Terça, 12 de dezembro de 2017

15:06 - Banco Mundial deixará de financiar exploração de gás e petróleo depois de 2019

14:53 - Dicionário norte-americano elege 'feminismo' como a palavra do ano

11:36 - Explosão em usina de gás natural na Áustria mata 1 e fere 18

09:41 - Embaixador dos EUA no Reino Unido diz esperar visita de Trump no próximo ano

09:34 - Mortes violentas na Venezuela superam as de países em guerra

Segunda, 11 de dezembro de 2017

14:25 - Reforma tributária nos EUA pode distorcer o comércio internacional