WhatsApp Twuitter

Quarta, 10 de janeiro de 2018, 10h22

Espanha

Separatistas na Catalunha fecham acordo para reeleger Puigdemont


Os principais partidos separatistas do território da Catalunha anunciaram hoje o fechamento de um acordo para reeleger Carles Puigdemont como presidente da região ainda neste mês, embora ainda não se saiba como tornar isso legalmente possível.

Puigdemont, que está foragido em Bruxelas desde que foi deposto em outubro, após a fracassada tentativa de separar a Catalunha da Espanha, estará sujeito à prisão imediata se retornar para casa. Ele espera ser nomeado pela maioria separatista no Parlamento regional, apesar de sua ausência.

O regulamento da assembleia catalã é ambígua em relação a essa possibilidade, mas a oposição contrária à independência da Catalunha argumenta que um presidente regional não pode governar à distância.

‘É evidente que para governar a Catalunha, é preciso estar na Catalunha, não dá para fazer isso via WhatsApp ou usando um holograma‘, afirmou Inés Arrimadas, líder do partido anti-independentista Cidadãos.

Em eleição realizada em dezembro, partidos separatistas conquistaram 66 de 135 assentos no Parlamento da Catalunha.  



// matérias relacionadas

Quarta, 11 de abril de 2018

17:00 - Brasileiro é condenado por terrorismo na Espanha

Sábado, 07 de abril de 2018

09:35 - Após ser solto em Berlim, Puigdemont quer abrir diálogo por independência catalã

Sábado, 24 de março de 2018

14:00 - Catalunha suspende eleição parlamentar após prisão de líder separatista

Terça, 13 de março de 2018

14:06 - Madrasta confessa ter matado menino espanhol Gabriel Cruz

Domingo, 04 de março de 2018

11:42 - Milhares de pessoas protestam contra independência da Catalunha em Barcelona

Quinta, 08 de fevereiro de 2018

10:00 - Separatistas catalães ainda tentam acordo para formar governo

Terça, 30 de janeiro de 2018

10:17 - Parlamento catalão adia posse de Puigdemont

Sexta, 19 de janeiro de 2018

16:46 - Presidente destituído da Catalunha insiste em governar de Bruxelas

11:46 - Ex-líder da Catalunha diz que pode governar a partir da Bélgica

Quinta, 18 de janeiro de 2018

10:03 - Portugal e Espanha desarticulam quadrilha que traficava cocaína em abacaxis


// leia também

Sábado, 21 de abril de 2018

16:30 - Principal aliada da Coreia do Norte, China exalta suspensão nuclear

13:30 - Membro do Hamas é morto na Malásia, um dia após ameaça de Israel

12:30 - Rebeldes sírios deixam mais três cidades e governo assume regiões

09:34 - FBI oferece recompensa de US$ 1 mi por jornalista desaparecido na Síria

09:30 - Síria - EUA abandonaram Raqqa após vitória na cidade, dizem moradores

Sexta, 20 de abril de 2018

18:30 - Democratas processam campanha de Trump, seu filho, genro, Rússia e Wikileaks

15:40 - Cambojano mata ex-mulher e transmite seu suicídio no Facebook

15:20 - Anotações de Comey mostram que Trump falou com ele sobre prostitutas russas

09:43 - Kim cede em exigências para se desarmar, diz presidente da Coreia do Sul

Quinta, 19 de abril de 2018

20:00 - Díaz-Canel promete continuidade ao assumir como presidente de Cuba