WhatsApp Twuitter

Terça, 16 de janeiro de 2018, 16h11

mais da metade

Metade da população da República Centro-Africana precisa de ajuda humanitária


O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICR) advertiu nesta terça-feira (16) que as condições na República Centro-Africana estão se agravando rapidamente devido à violência e alertou que metade da população necessita de ajuda humanitária. As informações são da EFE.

Em um comunicado, a organização indicou que uma em cada cinco pessoas nesse país foi obrigada a deixar seu lar, o que representa o maior nível de deslocamento desde o início da crise em 2013, e indicou que as áreas mais afetadas são o Noroeste e o Sudeste do país.

"A região da República Centro-Africana é uma das tragédias humanitárias mais esquecidas do mundo", ressaltou o presidente do Comitê Internacional da Cruz Vermelha, Peter Maurer, durante visita de trabalho à capital do país, Bangui.

Maurer afirmou que "as necessidades humanitárias são enormes e não há financiamento suficiente, de tal forma que a Cruz Vermelha e outras organizações estão sobrecarregadas assegurando que os afetados tenham acesso a serviços básicos".

Segundo o organismo, a população necessita não apenas de água, comida e refúgio, mas também de sentir segurança no meio de um entorno instável e no qual a violência sexual aumenta de maneira "desenfreada".

A República Centro-Africana registra o número mais alto de incidentes contra trabalhadores humanitários e da área de saúde.

"É crucial que o que está ocorrendo na República Centro-Africana não seja esquecido e nem ignorado. Faço uma chamada urgente a uma maior atenção e compromisso por parte da comunidade internacional", manifestou Maurer.

O chefe da Cruz Vermelha visitou o país durante quatro dias e se reuniu com o presidente Faustin Archange Touadéra, bem como com ministros, trabalhadores humanitários e diplomatas. 



// matérias relacionadas

Quinta, 05 de julho de 2018

14:50 - Caçadores são devorados por leões em reserva na África do Sul

Terça, 03 de julho de 2018

15:10 - Mulher é encontrada viva em geladeira de necrotério na África do Sul

Quinta, 15 de fevereiro de 2018

10:25 - Cyril Ramaphosa é eleito presidente pelo Parlamento da África do Sul

Quarta, 14 de fevereiro de 2018

11:43 - Sou injustiçado por meu partido e não dizem por que devo sair, diz Zuma

Terça, 13 de fevereiro de 2018

10:37 - Governistas entregam ao presidente ordem para que ele renuncie na África do Sul

Segunda, 18 de dezembro de 2017

16:00 - Cyril Ramaphosa é eleito presidente do principal partido da África do Sul

Segunda, 29 de maio de 2017

11:49 - Presidente da África do Sul sobrevive a nova moção de desconfiança

Sexta, 21 de abril de 2017

11:44 - Acidente com transporte escolar mata 18 crianças e 2 adultos na África do Sul

Sexta, 25 de novembro de 2016

09:45 - Pastor usa inseticida para 'curar' pessoas

Segunda, 31 de outubro de 2016

10:26 - Promotoria arquiva acusação contra ministro da África do Sul


// leia também

Domingo, 19 de agosto de 2018

16:00 - Na França, 840 pontes correm o risco de desabar, segundo auditoria

09:54 - Trump volta a negar conluio com Rússia e critica jornal

09:33 - Chuvas de monção matam mais de 350 e forçam 800 mil a deixar casas na Índia

Sábado, 18 de agosto de 2018

13:00 - Plano de Alckmin prevê mais poderes na Fazenda

11:11 - Morre Kofi Annan, ex-secretário-geral da ONU

10:41 - No Twitter, Trump reafirma que país tem feito 'grandes acordos comerciais'

Sexta, 17 de agosto de 2018

15:34 - Alemanha faz acordo com Grécia para barrar imigrante com pedido de asilo aberto

13:36 - Secretaria de saúde na Colômbia recomenda não fazer sexo durante onda de calor

10:55 - Acidente de ônibus deixa 16 feridos no norte da Alemanha

09:07 - Ameaças de bomba afetam 8 voos e prejudicam 400 passageiros no Chile