WhatsApp Twuitter

Domingo, 28 de janeiro de 2018, 15h00

Rei da Jordânia defende Jerusalém Oriental como capital da Palestina


O rei da Jordânia afirmou seu apoio neste domingo para o estabelecimento de uma capital palestina em Jerusalém Oriental, destacando suas diferenças com a administração Trump em uma questão central no conflito entre Israel e Palestina.

Abdullah II falou no início de uma reunião com o presidente alemão Frank-Walter Steinmeier, que também expressou preocupação com o reconhecimento de Jerusalém como capital de Isreal pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

‘Eu acho que há muito bons motivos para questionar a teoria de que o reconhecimento unilateral de Jerusalém como a capital de Israel contribuiria para a consolidação da paz no Oriente Médio‘, disse Steinmeier, dizendo ao jornal jordano Al-Ghad em um entrevista publicada no domingo.

Um dos pilares da posição da Alemanha sobre o conflito israelo-palestino ‘é a necessidade de preservar o status dos sítios sagrados e negociar o status final de Jerusalém no âmbito da solução de dois estados‘, disse Steinmeier.

O monarca da Jordânia serve como guardião de um importante santuário muçulmano em Jerusalém oriental, anexa a Israel, e a dinastia Hashemita do reino deriva grande parte da legitimidade política de seu papel em Jerusalém. A Jordânia também abriga uma grande população palestina.

‘Eu acho que nossas opiniões sobre Palestina e Jerusalém são bem conhecidas por você‘, disse o rei ao presidente alemão. ‘Nós acreditamos em uma solução de dois estados, com Jerusalém Oriental como capital para os palestinos‘.

Ao mesmo tempo, a Jordânia é um país aliado dos Estados Unidos e um grande destinatário da ajuda econômica e militar norte-americana.

O rei da Jordânia recebeu o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, na semana passada, e disse que os EUA continuam sendo um corretor indispensável, indo em direção contrária à posição tomada pelo presidente da Palestina, que após o anúncio de Trump, afirmou que os EUA não tinham mais condições de intermediar as conversas com Israel. 



// matérias relacionadas

Segunda, 23 de julho de 2018

16:05 - Negociaremos com Irã só quando país parar com teste nuclear

Sábado, 21 de julho de 2018

14:30 - Israel e Hamas concordam em cessar-fogo após mortes na Faixa de Gaza

Quinta, 19 de julho de 2018

11:47 - Israel aprova lei que define o país como 'Estado-nação do povo judeu'

Domingo, 15 de julho de 2018

09:50 - Israel e Hamas acertam trégua após embates mais intensos desde 2014

Terça, 22 de maio de 2018

13:06 - Israel anuncia ataques com aviões caças F-35 em combate no Oriente Médio

Segunda, 21 de maio de 2018

09:51 - Paraguai inaugura embaixada em Jerusalém, seguindo decisão de EUA e Guatemala

Quarta, 16 de maio de 2018

10:49 - Paraguai poderá ser o 3º país a transferir embaixada em Israel

Segunda, 14 de maio de 2018

16:33 - Número de mortes em Gaza chegaria a 50; genro de Trump culpa palestinos

10:37 - Enviados de Trump inauguram embaixada dos EUA em Jerusalém

09:08 - Protestos contra abertura da embaixada dos EUA em Jerusalém deixa 37 mortos


// leia também

Sexta, 17 de agosto de 2018

15:34 - Alemanha faz acordo com Grécia para barrar imigrante com pedido de asilo aberto

13:36 - Secretaria de saúde na Colômbia recomenda não fazer sexo durante onda de calor

10:55 - Acidente de ônibus deixa 16 feridos no norte da Alemanha

09:07 - Ameaças de bomba afetam 8 voos e prejudicam 400 passageiros no Chile

Quinta, 16 de agosto de 2018

16:42 - Itália e UE entram em desavença por responsabilidade por colapso de ponte

15:49 - Médico da rainha Elizabeth II morre em acidente de bicicleta

11:56 - Queda de ponte em Gênova acende polêmicas nacionalistas na Itália

11:49 - Mais de 300 jornais norte-americanos se unem contra Trump

Quarta, 15 de agosto de 2018

16:31 - Senado adia debate sobre buscas em imóveis de Cristina Kirchner

16:22 - Novo presidente do Paraguai promete combater a impunidade