WhatsApp Twuitter

Domingo, 28 de janeiro de 2018, 15h00

Rei da Jordânia defende Jerusalém Oriental como capital da Palestina


O rei da Jordânia afirmou seu apoio neste domingo para o estabelecimento de uma capital palestina em Jerusalém Oriental, destacando suas diferenças com a administração Trump em uma questão central no conflito entre Israel e Palestina.

Abdullah II falou no início de uma reunião com o presidente alemão Frank-Walter Steinmeier, que também expressou preocupação com o reconhecimento de Jerusalém como capital de Isreal pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

‘Eu acho que há muito bons motivos para questionar a teoria de que o reconhecimento unilateral de Jerusalém como a capital de Israel contribuiria para a consolidação da paz no Oriente Médio‘, disse Steinmeier, dizendo ao jornal jordano Al-Ghad em um entrevista publicada no domingo.

Um dos pilares da posição da Alemanha sobre o conflito israelo-palestino ‘é a necessidade de preservar o status dos sítios sagrados e negociar o status final de Jerusalém no âmbito da solução de dois estados‘, disse Steinmeier.

O monarca da Jordânia serve como guardião de um importante santuário muçulmano em Jerusalém oriental, anexa a Israel, e a dinastia Hashemita do reino deriva grande parte da legitimidade política de seu papel em Jerusalém. A Jordânia também abriga uma grande população palestina.

‘Eu acho que nossas opiniões sobre Palestina e Jerusalém são bem conhecidas por você‘, disse o rei ao presidente alemão. ‘Nós acreditamos em uma solução de dois estados, com Jerusalém Oriental como capital para os palestinos‘.

Ao mesmo tempo, a Jordânia é um país aliado dos Estados Unidos e um grande destinatário da ajuda econômica e militar norte-americana.

O rei da Jordânia recebeu o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, na semana passada, e disse que os EUA continuam sendo um corretor indispensável, indo em direção contrária à posição tomada pelo presidente da Palestina, que após o anúncio de Trump, afirmou que os EUA não tinham mais condições de intermediar as conversas com Israel. 



// matérias relacionadas

Terça, 22 de maio de 2018

13:06 - Israel anuncia ataques com aviões caças F-35 em combate no Oriente Médio

Segunda, 21 de maio de 2018

09:51 - Paraguai inaugura embaixada em Jerusalém, seguindo decisão de EUA e Guatemala

Quarta, 16 de maio de 2018

10:49 - Paraguai poderá ser o 3º país a transferir embaixada em Israel

Segunda, 14 de maio de 2018

16:33 - Número de mortes em Gaza chegaria a 50; genro de Trump culpa palestinos

10:37 - Enviados de Trump inauguram embaixada dos EUA em Jerusalém

09:08 - Protestos contra abertura da embaixada dos EUA em Jerusalém deixa 37 mortos

Domingo, 13 de maio de 2018

13:00 - Israel se prepara para abertura de embaixada dos EUA em Jerusalém

Sábado, 21 de abril de 2018

13:30 - Membro do Hamas é morto na Malásia, um dia após ameaça de Israel

Sábado, 31 de março de 2018

10:34 - Israelenses ameaçam atacar 'grupos terroristas' em Gaza se violência continuar

Quarta, 21 de fevereiro de 2018

15:40 - Entenda os escândalos envolvendo o primeiro-ministro de Israel


// leia também

Sexta, 25 de maio de 2018

14:59 - Na Rússia, Macron faz aceno a Putin, em teste para relação com Trump

14:39 - Greve de caminhoneiros repercute na mídia internacional

10:12 - Coreia do Norte reagiu bem ao cancelamento de reunião, disse Donald Trump

Quinta, 24 de maio de 2018

19:12 - Contestado, Maduro toma posse para novo mandato na Venezuela

16:54 - Três ativistas sauditas são libertadas após 10 dias presas

14:06 - Míssil russo derrubou voo da Malaysia Airlines em 2014, afirmam investigadores

09:50 - Coreia do Norte cumpre e detona local onde testes nucleares eram realizados

09:41 - EUA realizam novo ataque à Síria, diz agência síria

Quarta, 23 de maio de 2018

16:57 - Espionagem eleitoral pode ser 'um dos maiores escândalos' dos EUA, diz Trump

14:59 - Filha de ex-espião russo dá 1ª entrevista após envenenamento